sábado, 29 de setembro de 2012

filhos e a educação sexual



TEXTO BASE HB 13: 4

INTRODUÇÃO 

TEMA: Filhos e a Educação Sexual=VII

Sendo muitas vezes um assunto constrangedor tanto para filhos quanto para os pais todos podem ficar sabendo que não é tão acadêmico quanto acham. 
Desde o fato que os pais passarem a terem filhos já tem iniciada a educação sexual para seus filhos. 

Desde que os filhos chegaram a ter consciência de si mesmos também já têm iniciado as lições da sua sexualidade. 
O assunto é honroso (Heb 13: 4), desde que esteja entre os contextos nos quais Deus o deu.



Como o lar é o berço de caráter, costumes, morais e hábitos podemos entender que o lar é uma sala de aula também. Todos as atitudes de amor e respeito de um e outro no lar dão uma educação imperceptível nas atitudes que os filhos terão sobre sexo. 
As atitudes que os filhos desenvolvem sobre o assunto eles são vista primeiramente nas vidas dos pais. 

O pai que é feliz de ser pai e que ama a sua esposa, já está dando aos filhos uma lição de sexualidade masculina. 
A mãe que é feliz nas suas tarefas de mãe e uma mulher que está em paz com a sua posição no lar já está dando às filhas uma aula particular de sexualidade feminina. 
Os pais que amam um ao outro e não têm medo de viver o seu amor publicamente dão aos filhos o alicerce de atitudes saudáveis. 
E tudo isso, sem nenhuma palavra dada “oficialmente” sobre o assunto.

Mesmo que a vida dos pais dão lições inesquecíveis aos filhos, palavras mais cedo ou tarde também devem ser dadas para os treinar mais particularmente. 
Provérbios 5 é um exemplo de um pai cuidadosamente ensinando seu filho sobre os caminhos da vida.
Que Rebeca tinha treinamento por exemplo e por palavra, é evidente quando ela encontrou o servo de Abraão, que buscava uma mulher para seu filho Isaque (Gên. 24). 
Há detalhes que devem ser dados sobre as características distintivas que Deus fez nas pessoas. 

O alvo de toda a instrução, seja pelo exemplo, seja pela palavra, é que “que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra” (I Tess 4;1-5; ver também II Tim 2:19 =22 junto com o aviso de Rom 12: 1 e I Cor 6:18 =20).
 A hora certa de falar dos papéis expressos de cada filho é determinado pelos pais. 
Só deve ser enfatizado que este esclarecimento esteja feito mesmo pelos pais e antes que os filhos necessitem das informações. 
Informado antes preparados estão. 

Preparado antes é ser maduro. Ser maduro é ser sábio quando a informação certa é necessária para dirigir a vida. 
Mas, mesmo assim, há um certo mistério saudável sobre o assunto que só a realização de uma vida casada realmente desvendará (
Provérbios 30:18,19). 

Pastor Calvin G. Gardner 



Nenhum comentário:

Postar um comentário