quarta-feira, 3 de outubro de 2012

a mulher que nada pediu e tudo recebeu


TEXTO BASE LC 7: 36 = 50

INTRODUÇÃO

TEMA: A Mulher Que Nada Pediu e Tudo Recebeu=I


"36 - Convidou-o um dos fariseus para que fosse jantar com ele. Jesus, entrando na casa do fariseu, tomou lugar à mesa.
37 - E eis que uma mulher da cidade, pecadora, sabendo que ele estava à mesa na casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento;
38 - e, estando por detrás, aos seus pés, chorando, regava-os com suas lágrimas e os enxugava com os próprios cabelos; e beijava-lhe os pés e os ungia com o ungüento.
39 - Ao ver isto, o fariseu que o convidara disse consigo mesmo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, porque é pecadora.
40 - Dirigiu-se Jesus ao fariseu e lhe disse: Simão, uma cousa tenho a dizer-te. Ele respondeu: Dize-a, Mestre.
41 - Certo credor tinha dois devedores: um lhe devia quinhentos denários, e o outro cinqüenta.
42 - Não tendo nenhum dos dois com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Qual deles, portanto, o amará mais?
43 - Respondeu-lhe Simão: Suponho que aquele a quem mais perdoou. Replicou-lhe: Julgaste bem.
44 - E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés; esta, porém, regou os meus pés com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos.
45 - Não me deste ósculo; ela, entretanto, desde que entrei não cessa de me beijar os pés.
46 - Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta com bálsamo ungiu os meus pés.
47 - Por isso te digo: Perdoados lhe são os seus muitos pecados, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa pouco ama.
48 - Então disse à mulher: Perdoados são os teus pecados.
49 - Os que estavam com ele à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este que até perdoa pecados?
50 - Mas Jesus disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz."Lucas 7: 36 = 50




Este não é o mesmo incidente que ocorreu em Bethânia, na última semana de vida de Cristo, descrito em Mt 26:6-13; Mc 14:3-9 e Jo 12:1-8.
Não é descrito o tipo de pecado que publicamente era praticado por esta mulher. Porém, é muito provável que ela fosse uma prostituta.
Contudo, não há nenhuma base bíblica para se acreditar que esta mulher fosse Maria Madalena, principalmente porque em Lc 8:2, ao referir-se a Maria Madalena, Lucas cita que dela saíram sete demônios.
Normalmente em momentos de libertação, os demônios se manifestam, reagem violentamente, deixando a pessoa fora de si, gerando convulsões e atirando a pessoa ao chão.
E, neste episódio, nada disto ocorreu.
Ao contrário, a mulher permaneceu o tempo todo consciente e serena, em profundo ato de contrição e de adoração.
1° Vaso de Alabastro com ungüento:
Frasco de gargalo comprido, feito de material delicado e translúcido.
O alabastro era um gesso branco, finíssimo, uma pedra mais suave do que o mármore.
Ungüentos e perfumes preciosos eram transportados em frascos dessa natureza.
A maioria desses frascos era proveniente de Damasco, na Síria, ao passo que o mais excelente ungüento, de nardo, procedia de Tarso, na Cilícia.
2° Denário - era uma moeda romana, feita de prata, e valia um dia de trabalho de um lavrador:
500 denário correspondiam a 500 dias de trabalho...
A mulher pecadora não falou nada, não pediu nada, mas recebeu tudo!
O estudo do texto nos revela:
1) o que devemos fazer para alcançar a bênção de Deus;
2) o que podemos esperar de Deus!
Vejamos...
A ser viso do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário