sexta-feira, 12 de outubro de 2012

frutos espirituais


TEXTO BASE JOÃO 15: 1 = 8

INTRODUÇÃO

TEMA: O VERDADEIRO FRUTO ESPIRITUAL=I


O segredo da produção de frutos é a permanência Nele.
O que é fruta verdadeiro? Produzi pois frutos dignos de arrependimento.
I - Jesus a videira, o Pai o lavrador.
a) Cavou e limpou das pedras, plantou excelentes vides, edificou torre, construiu um lagar e esperou. (Is. 5.1-6).
b) O frutífero é podado para produzir mais (sofrimento).






II - Permanência Nele:

1° A seiva ( Espírito Santo), deve fluir para produzir frutos.
2° Não pode haver obstáculos ao fluir da seiva.
3° De nós mesmos não podemos produzir frutos.
4° Que frutos? Crescimento interior é mais do que serviço.
(alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, temperança, domínio próprio.

III - A NÃO permanência Nele conduz a:

1° Ser Lançado fora.
2° Não presta mais para nada a não ser ao fogo.
3° Ramos infrutífero é cortado, não há meio termo (Hb. 6: 8).
4° Conseqüência de sermos cortados. (Quem está ligado a nós.)

IV - Devemos ser motivados por amor e temor.

1° Isaías foi motivado por temor.
2° Desejamos produzir frutos para agradá-lo: amor (Paulo, Pedro).

V - Ligados à videira e Suas palavras em nós.

1° Respostas à oração, condição primordial (JOÃO 15:. 7)
2ª Glorifica o Pai (JOÃO 15: 8).
3° Prova de discipulado (JOÃO 15: 8).
4° Galho carregado se arca.
5° Andar como Ele andou. (I Jo 2: 6).
A produção de frutos está intimamente ligado à nossa intimidade com Ele.

A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário