terça-feira, 2 de outubro de 2012

quatorse provisões no salmos 23


EXTO BASE  SL 23: 1 = 14

INTRODUÇÃO 

TEMA: 14 PROVISÕES EVIDENTES NO SALMO 23= I




O Salmo 23 é profundo e intrínseco, por muitos meses tenho estudado e analisado esse tão precioso e importante salmo. Num ponto de vista reflexivo e homilético destaco 14 provisões do Pastor do Salmo à ovelha de Cristo, a qual se submete exclusiva e inteiramente às Suas sábias instruções:



1° Comida: “Pastos verdejantes”.
2ª Calma: “águas tranqüilas”.
3ª Consolo: “refrigera minha alma”.
4ª Condutor:  “guia-me por amor de Seu nome”.
5ª Companhia: “Tu estás comigo”.
6ª Coragem:  “não temerei mal algum" .
7: Correção: “vara e cajado”.
8ª Comunhão: “preparas uma mesa”.
9ª Confiança: “perante meus inimigos”.
10ª Comissão: “unges minha cabeça”.
11ª Contentamento: “o meu cálice transborda”.
12ª Certeza:  “certamente a bondade e o amor me seguirão”.
13ª Completude: “todos os dias de minha vida”.
14ª Casa: “habitarei na casa do Senhor”.
Todas as expressões do salmo 23 apresentam um Deus vivo, dinâmico e presente:

Esse Deus é pessoal, se importa com cada um de Seu rebanho.

Esse Deus é poderoso, supre cada uma das necessidades daqueles que O seguem.

Esse Deus é onisciente, sabe das condições de cada uma de Suas ovelhas.

Todas as palavras do salmo 23 dão certeza e segurança aos servos do Deus-pastor:

Nenhuma outra porção bíblica proporcionou tanta tranquilidade, animosidade e esperança ao povo de Deus quanto os poéticos versos do conhecido salmo 23.

Todas as linhas do salmo 23 mostram que Deus não é remoto, ausente e insensível:

Os pronomes pessoais encontrados no salmo expressam a experiência relacional percebida por cada pessoa, que humildemente como uma indefesa e frágil ovelha encontra segurança e proteção junto aos cuidados do Pastor Jesus Cristo.

A ser viço do re Pr. João Nunes Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário