quarta-feira, 24 de outubro de 2012

sexo-parte -2


Razões (Bíblicas) Pelo Sexo - Parte 2

Provérbios 5 aconselha o casal casado a procurar esta satisfação mútua como forma de evitar a imoralidade: Bebe a água da tua própria cisterna, e das correntes do teu poço. . . Sejam para ti somente e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores, e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias" (Pv 5:15-19). O livro de Cantares foi escrito para exaltar a beleza de amor romântico e sexual dentro do plano matrimonial de Deus. Estes textos certamente desmentem a idéia de que o sexo por prazer está fora da vontade de Deus!





O Novo Testamento ecoa este aspecto de satisfação sexual mútua no casamento. O apóstolo Paulo alista desejos sexuais como uma das principais razões por que casar-se ("é melhor casar do que viver abrasado", 1 Co 7:9). Também adverte os casais a não absterem por muito tempo da união sexual "para que Satanás não vos tente por causa da incontinência" (7:5).

3. O sexo existe para refletir aspectos da imagem de Deus no ser humano.

Muito mais importante que todas as razões citadas acima é o fato de que existe profunda relação entre a sexualidade humana e a teologia. Ou seja, o casal casado tem o privilégio de refletir um pouco do próprio ser de Deus.

"Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou"(Gn 1:27). "Homem e mulher os criou" (à imagem de Deus) significa que o casal como casal revela aspectos profundos da Pessoa de Deus. O casal espelha unidade em diversidade, assim como vemos na Santa Trindade, onde há três pessoas distintas, com funções diferentes, mas com harmonia total.
O casal também reflete a imagem de Deus através da intimidade de seu relacionamento. Há aspectos da personalidade de Deus, seus atributos, que somente se vêem em comunidade, tais como amor incondicional, bondade, longanimidade e misericórdia. Deus criou o casal, e deu-lhes o sexo, como forma de demonstrar esta união de "dois-em-um" com amor incondicional.

Por isso Deus odeia aberrações sexuais-- sujam sua imagem aqui na terra! O plano de Deus exige que uas pessoas do sexo oposto, porém unidas por "aliança", se unam para refletir essa unidade em diversidade. Qualquer relacionamento sexual que não seja entre um homem e uma mulher casados implica em jogar grafiti na imagem de Deus. Homossexualismo (unidade sem diversidade), prostituição (unidade sem aliança), pornografia (exploração), e até o "ficar" (exploração sem compromisso) são todas aberrações que pervertem a imagem de Deus e o plano dEle para nossa sexualidade. Não é que Deus quer acabar com a "festa"; Ele quer proteger a Sua imagem.

4. O sexo existe para a procriação de novas imagens de Deus, e do casal.

Infelizmente alguns no decorrer dos séculos têm limitado o propósito do sexo para a reprodução da espécie. Embora procriação não seja o único propósito para o sexo, certamente é um propósito. É interessante que o primeiro mandamento na Bíblia tem a ver com o sexo e a reprodução: "Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a . . . " (Gn 1:28).

Autor(a): Pr. Davi Merkh

Nenhum comentário:

Postar um comentário