quinta-feira, 15 de novembro de 2012

perdão


TEXTO BASE  Isaías 1: 15 =18

INTRODUÇÃO

TEMA: PERDÃO=I

Retribuem-me o mal pelo bem, e o ódio pelo amor. Salmos 109: 5
O ódio excita contendas; mas o amor cobre todas as transgressões. Provérbios 10: 12
O que encobre o ódio tem lábios falsos; e o que espalha a calúnia é um insensato. Provérbios 10:18
Pronto. Acabei tudo com ela. Basta.

Não foi uma noite, mas dez anos, de luta, frustração, aferroado de ira vivida dia a dia.
Agora iria por um ponto final com sua esposa.
Tudo tinha começado tão diferente.
A ternura do namoro, aqueles primeiros gestos, o entusiasmo quando nasceu o primeiro filho e depois os outros.
Então aconteceu a noite em que ela não quis falar, erguendo-se qualquer coisa cinzenta entre eles, algo impenetrável, uma distância intransponível.
O silêncio entre eles vagarosamente se estendeu meses afora.
Quando estavam juntos em casa, suas vidas estavam ainda vazias, marcadas pelas irritações, desprezo, e falta de perdão.




AFIRMAÇÃO
Todos nós enfrentamos situações em que somos ofendidos.
Ficamos revoltados, amargurados e finalmente guardamos rancor, inimizade e desprezo para com quem nos ofendeu.
Será esta a única forma de reagirmos frente a estes problemas?

PROVA
POR QUE EU DEVO PERDOAR?
POR QUE ALGUÉM TEM DE PERDOAR?
Todos nós temos uma convicção intima de que a pessoa que se comportou mal tem de pagar por seus erros.
Ela tem de ser punida, olho por olho, dente por dente.
Mas na maioria das vezes o acerto de contas fica além das possibilidades.

VINGANÇA
Assim surge a vingança.,
Se você não pode obter pagamento exato ou restituição de que o logrou, de quem lhe ofendeu, ao menos pode vingar-se.
Pague-lhe na mesma moeda.
Sirva-o com o mesmo molho.
Vingue-se dele.
Quando você se vinga, pagando na mesma moeda, você torna-se igual a quem lhe ofendeu.
Você desce ao nível dele e mesmo abaixo.
Há um ditado que diz:

"Ultrajando teu inimigo, tu te colocas abaixo dele; vingando uma injustiça, estas no mesmo nível com ele; perdoando, estás acima dele."
A vingança não só o rebaixa ao nível do seu inimigo, pior que isso, ele retorna sobre você.
A vingança é a arma mais inútil do mundo. Ela destrói o vingador e ao mesmo tempo consolida ainda mais o inimigo no seu erro.
Ela inicia, uma excursão sem fim;

RANCOR, REPRESÁLIAS, IMPIEDOSAS DESFORRAS.

ÓDIO
Bom se eu não me vingar, poderei odiar, até aparecerem cascos, chifres, cauda e tudo o mais.
O ódio no íntimo do ser humano pode ocasionar resultados tremendos:
1° Transformará uma senhora agradável, em uma mulher, desconfiada e crítica.
2° Um homem afável, amigável, em senhor cínico e cáustico.
3° A ira incubada levará um homem a perder amigos.
4° um comerciante a perder fregueses.
5° um médico pacientes,
6° um advogado, clientes.

Além disto o ódio ocasiona:

1° pressão alta, má digestão,
2° úlceras estomacais,
3° e até um esgotamento nervoso.
4° É um suicídio lento.
5° Se você quer continuar a odiar, continue, queime-se lentamente.
DESPREZO
Outra opção para que se sente ofendido, é o desprezo.
Dizem eles:
"Vou ignorá-lo, viverei e deixarei viver, esqueça a amizade, de hoje em diante tudo vai ser diferente."
Se cumprimentar-me, serei frio.
Se conversar, falarei somente o essencial.

VINGANÇA, ÓDIO, DESPREZO, tem separado as pessoas.

ENCARANDO A REALIDADE
Precisamos enfrentar o caso honestamente, você não pode permitir-se a luxúria dúbia de um coração que não perdoa.
Pois cada um de nós precisa de perdão constantemente.
Perdão de nossos companheiros e muito mais seriamente, o de Deus.
Aquele que não perdoa, queima a ponte por onde ele mesmo terá de atravessar para ser perdoado.
A pessoa que recusa a perdoar aos seus irmãos coloca-se à parte do perdão de outros.
Um coração que não perdoa é imperdoável.
É interessante notar que na Bíblia, Jesus Cristo entrelaça o perdão com o ser perdoado.
Ler Mateus 6:14,15.
Com relação ao amor, a Bíblia coloca de forma semelhante, o amor para com Deus implica em amor para com o próximo.
"Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor." I João 4: 8
Ler Mateus 18: 23 =25
dinheiro ou denário = 4 gr. de prata
dinheiro talvez de um empréstimo
um talento = 6.000 denários, dez mil talentos = 60 milhões de denários
1 denário salário de um dia de trabalho.
Era muito dinheiro.

Compare: Impostos anuais pagos pela Judéia, Iduméia e Samaria chegavam a apenas 600 talentos e os da Galiléia e Peréia chegavam a apenas 200 talentos.
Uma dívida impossível de ser paga.
Talvez seu débito fora aumentado pelo processo de muitos anos. Gastara esse dinheiro com o decorrer do tempo.

Este homem, talvez um sátrapa, um ministro real, ignorava suas responsabilidades e abusara de sua posição e autoridade por longos anos.
Um débito impossível de ser pago.

PERORAÇÃO
Irmãos e amigos, tem vocês guardado rancor contra alguém, seja ele, seu esposo ou esposa, irmão ou irmã, algum membro da igreja, seu chefe ou patrão.
Ore por ele, quanto maior a ofensa, mais ore por ele, confesse sua incapacidade de perdoar, e sua vontade de pagar na mesma moeda.
Busque a Deus de todo o vosso coração, pois Ele é fiel e justo para lhe dar o escape desta situação difícil. Amém.

A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário