quinta-feira, 15 de novembro de 2012

restauração da vida em cristo


TEXTO BASE RM 14: 8 / Jo 10: 10

INTRODUÇÃO

TEMA: RESTAURAÇÃO DA VIDA EM CRISTO=I

Paulo escreve isto porque os primeiros cristãos estavam sendo perseguidos e deliberadamente mortos por sua crença, ensina que tanto faz viver ou morrer, para Cristo era o mesmo.
Viver morrendo para morrer vivendo. - “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro.” Fp 1.21




I - O que não é o viver de Cristo
a) Não é uma experiência religiosa
b) Não é dar mostras de entusiasmo passageiro
c) Não é fazer confissões parciais
d) Não é continuar como antes
e) Não é envolver-se apenas para não ser questionado.
h) Não é freqüentar a igreja a pedido dos pais ou líder.

II - Como se vive em Cristo
a) Captando o que Deus tem a nos dizer na sua palavra
b) Ouvindo a voz de Deus. Is 55.3
c) Como os apóstolos, que morreram por Cristo

III - Se se vive em Cristo deve ser na sua integralidade, isto implica em:
1) Viver como Ele viveu
a) Viver para e como Cristo significa viver p/ o próximo também, porque desemboca nisto.
b) Chorar com os que choram e pelos que não choram.
c) Ninguém é sua própria finalidade na vida, mas o interesse do Senhor.
d) Saber que não somos propriedade nossa mas do Senhor. I Co 6.19
e) Viveu de tal forma que este viver glorificou ao Pai
f ) Impactava a todos com sua visão do reino - sua simplicidade para com os gregos, sua falta de jogo de cintura, disse: “É chagada a minha hora”.

g) Saber que se vive com um propósito bem definido - no caso de Jesus a morte para salvação de outros.
h) Paulo vivia assim porque havia sido conquistado por Jesus. Ef 3.12
h) Viver para Cristo significa viver apaixonadamente por Ele ainda que isto implique em abandonar a vida como gostaria de vivê-la, isto é morrer para o mundo.
Na nossa vida há vida para o Senhor, ou cheiro de morte?

A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário