sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

quando o filho ta errado, de quem é a culpa?= 2013


TEXTO BASE EFESIOS 6: 1= 3

INTRODUÇÃO 

TEMA:QUANDO O FILHO TA ERRADO, DE QUEM É A CULPA ?=VI

Estou arrasada, disse aquela mãe, pois ontem o pastor afirmou no seu sermão, que, todos os filhos que tomaram um caminho tortuoso na vida, os pais são os culpados, porque não fizeram o que deveria ser feito. Essa mãe é uma das muitas mães que vem lutando com um filho que assumiu a sua homossexualidade e está decidido a sair de casa para morar com o seu namorado.
Dá para você imaginar a decepção e o sofrimento desta mãe?
Diante da afirmação do pastor, como ficaria o pai do filho pródigo1. Lembre-se que o pai que Jesus desenha na parábola era partilhador, generoso, perdoador, sensível, hospitaleiro, gracioso etc, mesmo assim, um dia o seu filho mais novo resolveu sair de casa para gastar a sua parte da herança com meretrizes vivendo sem regras e limites.




Não demorou muito para que aquele rapaz estivesse no pior lugar que um “judeu” poderia estar, entre os porcos. Sem dinheiro, amigos, completamente abandonado e infeliz.
A pergunta é, de quem foi a culpa? Teria o pai errado?
Nem sempre a culpa é dos pais, isto porque, por melhor que um pai faça pelo filho, ninguém pode escolher no lugar dele.

Vamos pensar em um filho que cresceu em uma família disfuncional.
A mãe se prostituia para sustentar a casa, os três filhos cada um era de um pai e nunca conheceram o pai biológico. Nesta casa nunca houve um clima emocionalmente positivo.
Mas na escola um dos filhos sem que ninguém o acompanhasse de perto era disciplinado, aplicado, estudioso e sempre tirava as melhores notas na classe.

Esse garoto ganhou uma bolsa de estudo, e com iniciativa próprio foi buscando oportunidades, prestou vestibular em uma faculdade federal, passou e optou pelo curso de direito.
Como sempre, se tornou um dos alunos mais bilhante da classe.
Logo que se formou, passou a trabalhar em um conhecido escritório de advocacia se tornando um dos melhores advogados do Brasil.

Agora a pergunta é, quem foi o responsável pelo sucesso deste filho?
A mãe ausente e prostituta, não conheceu o pai biológico, tinha tudo para dar errado mas deu certo.
É claro que o papel dos pais é decisivo nas escolhas que os filhos fazem, porém está questão mais complexo do que muitos pensam.

Os pais tenho a missão de contribuir para que o caráter dos seus filhos seja talhado de acordo com um código de valores baseados na Palavra de Deus.
Quando os pais cumprem sua tarefa como educador, com esta consciência, colocando sempre o seu melhor nesta missão, a probabilidade de os filhos darem certo é sempre maior.
Você já ouviu a frase que diz:

“Na excelência não há arrependimento.” Quem faz o melhor que pode, não precisa sofrer com a dor do arrependimento. Se você é pai, procure sempre colocar excelência na sua missão como discipulador dos seus filhos, a probabilidade de eles darem certo será sempre maior.
Uma palavra aos pais que estão sofrendo com o(a) filho(a) que não está sendo como vocês sempre sonharam, pelo contrário, estão trazendo dor e sofrimento.
Nunca percam a esperança, nunca desistam do seu filho, nunca fechem a porta da reconciliação, creiam em milagre e se coloquem diante de Deus pedindo sempre discernimento e sabedoria para lidar com esta situação.

Lembrem-se, as nossas orações não caem no vazio, não se perdem no tempo, pelo contrário, elas ficam guardadas em odres sagrados diante de Deus e no tempo certo de acordo com o relógio de Deus a resposta virá.

As palavras que Jesus disse para Jairo, um líder religioso que estava com a filha morta em casa, serve para todos os pais que estão vivendo um momento muito difícil em sua família em relação ao filho, disse Jesus aquele pai aflito, Jairo “Não temas, crê somente.”
A Palavra do Senhor é como um lugar seguro onde nós podemos descansar o nosso coração em tempos de aflição.

Que o Senhor nos ajude ser o melhor pai que os nossos filhos precisam. Amém!

A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário