terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

vida sim, aborto não


TEXTO BASE  JEREMIAS 1: 5

INTRODUÇÃO 

TEMA: VIDA SIM , ABORTO NÃO=I

Discurso voraz Contra o Aborto

 “Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei; às nações te dei por profeta.”

Existe várias pessoas agregadas em defesa daquilo que julgam importante para si:
Defesa dos animais “Entre a crueldade para com o animal e a crueldade para com o homem, há uma só diferença: a vítima” Lamartin
Defesa dos equinos (cavalos e burros= jumentos): “Eu sou à favor dos direitos dos animais, bem como dos direitos humanos.
Essa é a proposta de um ser humano integral” Abraham Lincoln
Defesa da Natureza, Defesa do Consumidor de Crédito Bancário , Defesa dos Consumidores do Sistema Financeiro,Defesa dos Direitos dos Passageiros do Transporte Aéreoe, Defesa do Direito de Defesa, Defesa dos pacientes e do SUS, Defesa dos direitos do Trabalhador, Defesa dos Direitos Civis e do Consumidor, Defesa dos manguezais, etc..




Defesa dos “direitos humanos” que se levantam em uma só voz em favor de homicidas, ladrões e até marginais.
Aprovo todas as manifestações porém apregoar o martírio das crianças no ventre, lutar pelo direito e a celebração da morte, através do aborto considero algo de uma frieza descomunal.
Avaliando a situação atual que impera sobre o mundo aonde o mal é cultivado e defendido me preocupo com a situação do aborto, o modo que tentam incutir esta idéia na cabeça do povo.

Apoiar o aborto tornou-se símbolo de sabedoria e boa política, já que os chavões usados são, acabarão as crianças de ruas, não terão mais abandonados, etc…

Isto me preocupa muito, pois este sermão hipócrita e perverso nada mais é do que uma inquisição, escolha de quem deve viver ou morrer, isso é nazismo, qual a diferença entre Hitler que via nos alemães a raça ariana excelente e condenava os judeus como escória da terra.

A inquisição também segue esta linha de massacre e assolação em massa, porém o alvo eram os que ousavam entender ou raciocinar diferente da Igreja Católica Romana.

Estes discursos atuais são nazistas, o sermão tem sido este varramos da terra os miseráveis e mal -amados, limpemos as ruas dos desamparados e abandonados, governantes não precisarás ter gastos astronômicos (tereis mais dinheiro para si), nem precisareis manterdes casas de recuperações, Lares abrigos ou orfanatos pois esta linhagem de excluídos será eliminada desde o ventre de suas mães.

È desta forma que estas reivindicações soam aos meus ouvidos , quando vejo o clamor daqueles que pedem pela legalização da morte, não preciso raciocinar muito para entender que aquele feto trata-se de um bebê, não é necessário muito estudo para entender isto, é só ver que podo a alguém o direito de viver…

Desperte humanidade, o caos tem se instaurado na alma dos vilões que apregoam a morte sem piedade…
Gritam em altas vozes defendendo o egoísmo, o culto ao eu, a auto satisfação ainda que para isso tenham que massacrar e exterminar vidas.

Matemos no ventre! eles bradam, extirpemos toda espécie que possa trazer mal estar para nossas vidas e famílias, não haverá o pedinte, não haverá o desamparado , o órfão , o abandonado…

Não terá nas ruas o errante e nem vagueando na escuridão os párias, pois matá-los-emos no ventre das suas mães. Não precisarás te preocupar, pois não haverá olhares miúdos provenientes de uma criança doente sobre o teu lanche Mc Donald`s, pois na terra só existirá uma espécie `selecionada`, aqueles que foram amados, queridos e desejados ao nascer.

Inquisição, Nazismo…legalização do Aborto para mim é tudo igual…
Não podem tirar o direito á vida de um ser humano antes mesmo dele nascer, permitam ao ser humano o exercer misericórdia e amor pelo próximo, estender o braço, adotar, auxiliar financeiramente uma instituição, permitam que pensemos em alguém além de nós mesmos e nos incomodemos um pouco a ponto de ajudar.

Não cometam de forma ainda mais repugnante os grandes genocídios cometidos no decorrer dos anos, não queiram amenizar o peso da culpa, criando leis, Hitler tinha base e legislações que apoiavam todos os seus atos doentios porém ele estava errado e seus atos aviltados, a inqusição também tinha suas bases legais e todo o legalismo permitiu massacres iguais…

Agora legalizar o aborto dizer que eu não verei mais crianças sofrendo, sem auxílio pois na verdade nós podemos exterminá-las da terra de uma vez ainda no ventre, impedir uma pessoa de tentar superar , vencer seus abandonos, decepções e tristezas é covardia, é covardia impedir um Milton Nascimento de nascer, é covardia impedir tantos jovens regenerados de viver, é covardia matar antes de nascer, pelo simples entendimento que viverei melhor se isto fizer.
Tenho conhecido tantos casos de tentativas furiosas de aborto que falharam e hoje as crianças vivas são pessoas fabulosas , defendo a vida, não aceito este destrato com a vida, esta aversão repentina, esta seleção para matança…
Não matem, não tirem a vida…assumam as vossas responsabilidades, o fruto dos vossos atos, já foi comprovado que o número de conscepção por estupro é infímo, na verdade querem liberar o aborto para amenizar os estragos da vida promíscua que incitaram e envolveram nossas crianças desde a infância, ao invés de reconhecerem que toda esta libertinagem e sexualidade tão apregoada é um erro, eles preferem calar a voz das consequências para sempre, matando e matando tão grande população…em nome de uma limpeza?

A verdadeira limpeza deve ocorrer no coração da nossa juventude e adolescentes, que precisam desenvolver o intelecto, a mente ao invés de multiplicarem a visão do sexo animal, inconsequente movido por uma vida de instintos.
O fim da miséria, do abandono não está no massacre das crianças ainda no ventre, mas está na mudança de mente, no respeito ao próximo, na fidelidade, no casamento, na estrutura familiar e social.

Despertemos a mente das nossas crianças para que preparadas, estruturadas e resolvidas possam alcançar a vida adulta com responsabilidade e sem abortarmos:

Deus nos conhece desde o ventre:
Jeremias 1: 5 Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei: às nações te dei por profeta.
Sou contra o Aborto!
Extremista ou radical julgue-me como quiserdes, porém acredito no poder da regeneração, restauração e força da vida humana.
A ser viço co rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário