segunda-feira, 1 de abril de 2013

7 atitudes de um avivamento


TEXTO BASE DN 12: 13a

INTRODUÇÃO

TEMA: SETE ATITUDES DE UM AVIVAMENTO =I

"E você, Daniel, continue firme até o fim." (NTLH)
Daniel é um claro exemplo de uma vida que experienciou um contínuo e verdadeiro avivamento.
A ideia de avivamente disseminada por muitos em nossos dias precisa ser revista.
Muito daquilo que chamam de avivamento na atualidade não passa de momentos emotivos e pontuais.
As sete atitudes que aprendemos com o profeta Daniel, que possibilita e identifica um avivamento contínuo e verdadeiro em nossas vidas são:
1ª) Receber uma boa fundamentação espiritual, fruto do aprendizado equlibrado e sério dos rudimentos da fé.
Como filho de Judeus ele certamente recebeu isso em seu lar (Dt 6.1= 9),


Pois caso contrário, teria socumbido na fé em face as calamidades que enfrentou ainda muito jovem, chegando ao ponto de ser levado cativo para a Babilônia (Dn 1: 1 =6).
2ª) Tomar decisões dirigidas por princípios, e não pelas circunstâncias.
Com o propósito de levar vantagens ou de não ser sofrer perdas ou danos, muitos tomam decisões relativizando os princípios espirituais, morais e éticos das Sagradas Escrituras (Dn 1: 8).
3ª) Ter convicção daquilo (dons, talentos, habilidades e etc) que recebeu do Senhor, para que possa reconhecer os próprios limites e possibilidades como escolhido de Deus para um propósito específico (Dn 1: 17).
4ª) Manter-se simples e humilde diante do crescimento, do sucesso e da projeção acadêmica, profissional,, ministerial e etc., não se tornando arrogante e prepotente (Dn 2: 48 =49).
5ª) Manter a regularidade e a disciplina na prática devocional da oração (Dn 6: 10).
6ª) Ser um assíduo leitor e estudante das Sagradas Escrituras (Dn 9.1-2).
7ª) Desejar, buscar e crescer em experiências pessoais e sobrenaturais com Deus e na realização de sua obra (sonhos, visões, iluminação das verdades bíblicas, pregação e ensino com autoridade e poder, intervenções do Senhor no curso da história, sabedoria e conhecimento vindos do Senhor e etc. (Dn 2: 19 / 4: 19 / 5: 24 =31 /  7: 1 / 8: 1 / 9: 21 / 10: 1 ss).
Conclusão
Siga o exemplo de Daniel para não apenas começar bem a sua trajetória de fé e serviço, mas viver plenamente, continuamente e verdadeiramente um avivamento até ao fim.
http://www.creio.com.br/2008/esboco01.asp?noticia=407
A ser viço do rei PR. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário