segunda-feira, 22 de abril de 2013

águia ou galinha


TEXTO BASE PV 23: 7ª / Mateus 23: 37=39

INTRODUÇÃO 

TEMA: ÁGUIA OU GALINHA
"Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele" (Provérbios 23:7a)
O escritor Leonardo Boff é o autor de um interessantíssimo livro chamado A águia e a galinha,que já vendeu milhares de exemplares e se tornou um best-seller no Brasil.
Nesse livro, Boff, fazendo uso de uma metáfora, conta a história de uma aguiazinha ferida que, caída à beira de uma estrada, foi encontrada por um homem, o qual, compadecido dela, levou-a para casa, tratou de seus ferimentos e se propôs a criá-la.
Como a aguiazinha se tornasse maior e esbarrasse nos objetos da casa, o homem pediu ajuda a seu vizinho, que se propôs a ajudá-lo.



De boa fé, sem maiores preocupações, o vizinho colocou a pequena águia no galinheiro para ser criada junto com as suas galinhas.
Como o leitor pode imaginar, o tempo se passou, a aguiazinha se tornou adulta, mas, mesmo com as suas enormes asas, ela agia como uma perfeita galinha: ciscava o chão à procura de minhocas e à tardinha batia as asas somente até o poleiro, como as demais galinhas.
No corpo, era uma forte e saudável águia, potencialmente habilitada para voar até às grandes altitudes, sem nada para limitá-la.
Na cabeça, porém, era apenas uma galinha, que tentava cacarejar e ficava confinada aos limites de um galinheiro.

Essa situação se perpetuou.
Até o dia em que passando por aquelas paragens um biólogo, este não se conformou com tamanho disparate.
Disposto a fazer a falsa “galinha” a recuperar sua  identidade de águia, ele iniciou um penoso treinamento que, a princípio, parecia fadado ao insucesso.
Depois de repetidas tentativas, um dia, levantando-se de madrugada, levou a águi a uma alta montanha.
Ali, quando o sol começava a nascer, ele disse:

“Águia, você não é uma galinha, você não nasceu para passar a vida ciscando o chão de um galinheiro, você tem um CORAÇÃO DE ÁGUIA! Voe, águia! Voe!”
E, dando um safanão com o braço, fez com que a águia se soltasse no ar.
A princípio desajeitada, ela começou a bater as asas, assustada, mas….percebeu que VOAVA NAS ALTURAS!

Começou a bater as asas mais mansamente, planou, voou em círculos e subiu, desaparecendo no horizonte.
Naquele dia, morreu uma galinha e nasceu uma águai, destinada à vastidão dos céus.
Minha pergunta para você, prezado leitor, que me acompanhou até aqui:
O que você está fazendo com a sua vida?
O que você tem feito com os talentos que o Criador lhe concedeu?
Será que você está “ciscando” o galinheiro como uma galinha ou voando nas altitudes sem limites, como uma águia?

Seja sincero em sua resposta.
Quem sabe, uma falsa “galinha” está se transformando numa águia, neste momento?
Crente águia ou crente galinha: a escolha é sua!
"Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele" (Provérbios 23: 7a)
Esse pequeno, mas poderoso versículo da Bíblia nos chama atenção para algo simples, mas de suma importância: somos o que pensamos!

Estive em um culto na igreja onde o pastor mencionou uma pesquisa feita por uma universidade americana sobre o poder da mente sobre o corpo humano e suas ações.
Na pesquisa, os cientistas verificaram que só de as pessoas pensarem em algo o corpo (os cinco sentidos: olfato, visão, audição, paladar e tato ) respondia ao estímulo do pensamento de forma que a pessoa podia jurar que estava vivendo ou experimentando aquilo.
Um exemplo diário disso é quando sonhamos.
O sonho ou o pesadelo acontece na mente, mas às vezes a sensação é tão real que acordamos com medo ou rindo, dependendo do que se sonhou.

Eu lembro uma vez de ter sonhado que estava bebendo muita água e acordei com uma sede inexplicável! Lembro-me também que meu marido já estava dormindo e eu estava lendo ao lado dele quando de repente ele soltou uma gargalhada e ria sem parar.
Por um momento eu não entendi, mas logo vi que ele estava sonhando.
Mas foi muito engraçado porque ele rolava na cama. Tentem imaginar essa cena às 2h da manhã!
Então, eu fique assustada (mas rindo também) e o acordei.
E pedi para ele me explicar porque ele ria tanto! E ele rindo ainda disse que estava vendo dois homens vestidos de girafas correndo no meio de uma avenida movimentada do Rio.
A nossa mente influencia MUITO as nossas ações, até de forma inconsciente.
Por isso é importante temos pensamentos bons!
E pensamento bom é aquele de acordo com o que Deus diz.
Muitos crentes ainda fazem uma confusão sobre o que é essa coisa de ser espirito, ter alma etc.
O que as pessoas precisam entender é que somos um ser espiritual, que tem uma alma e habita em um corpo físico.

O espírito é a eletricidade. O corpo é a lâmpada.
A lâmpada sem a eletricidade fica apagada, sem função.
Logo esse exemplo nos ajuda a entender melhor que o corpo é um instrumento para o exercício do nosso espírito enquanto estivermos neste mundo.
O espírito é a parte que se relaciona com Deus. A alma é a parte humana que concentra os pensamentos, os desejos.

E o corpo responde e reflete aos comandos da alma ou do espírito:
Vai depender de quem estará dominado. Como assim? Vou explicar melhor.
A alma são os pensamentos da mente, do coração, as emoções e a razão humana.
É a nossa parte humana que, sem o controle do espírito convertido pode até nos envergonhar, fazer com que tomemos decisões erradas, com que tenhamos valores distorcidos.
A alma não se converte. Quem se converte é o espírito.
Mas a alma continua sendo parte de nós, é a nossa memória, o nosso baú de informações, ela não é jogada fora. Mas ela pode e deve ser direcionada para pensar agora conforme Deus pensa.
E isso é um exercício diário! Ou você já viu um atleta treinar uma vez só, um único dia do ano, e conseguir ser campeão em todas as competições?

Quando nos convertemos a transformação ocorre no nosso espírito.
Confessamos a Cristo como nosso Senhor e Salvador e o Espírito Santo passa a habitar em nós, Ele se une ao nosso espírito, nos tornamos novas criaturas.
Não é um remendo! É um espírito novo com a presença eterna de Deus!
"Mas o que se une ao Senhor é um só espírito com Ele" (1° Coríntios 6:17)
Antes de sermos de Cristo, estávamos mortos em delitos e em pecados, fazendo a vontade do príncipe deste mundo. Com o espírito novo, ou seja, tendo o Espírito de Deus em nós, temos agora uma capacidade que antes não tínhamos: pensar como Deus pensa, falar como Deus fala.
 Porque somos um com Ele!

É o nosso espírito que tem comunhão (relacionamento) com Deus.
Se estamos em constante relacionamento com Deus (e isto não tem nada a ver com ser membro de igreja, ter uma Bíblia e ir à igreja aos domingos e dar o dízimo) temos a consciência de quem somos e tendo a consciência correta agimos de forma correta. Porque somos o que pensamos!
“Uma pessoa dominada pela sua alma, sendo que sua alma não está submetida ao pensamento correto, ao pensamento de Deus, pode ser crente do alto da cabeça à planta  dos pés, pode saber todos os jargões de igreja e o evangélicas completo, mas ela será guiada pelas suas emoções e não pela orientação de Deus, pois seus pensamentos, não estão em linha com a Palavra”.

E sendo assim essa pessoa não experimenta a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.
"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12: 2)
A nossa mente, a nossa alma, precisa se conformar não com os pensamentos do mundo, com a lógica humana, com o diagnóstico médico, com o "não tem jeito", mas precisa se conformar (ou seja: se ajustar, entrar em acordo) com o que Deus diz!
Se não renovarmos a nossa mente com a Palavra não desfrutamos das promessas porque não conseguimos enxergá-las acontecendo!

Por isso é que o apóstolo Paulo fala para mantermos os nossos pensamentos cativos, atrelados, à obediência de Cristo, à Palavra de Deus.
Assim conseguimos resistir aos pensamentos que não são de Deus, aos pensamentos destrutivos que Satanás sopra em nossa mente para acharmos que não somos capazes, que não somos merecedores.
"Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo" (2° Coríntios 10: 5)
Ó óbvio que não somos merecedores, mas GRAÇAS A DEUS que tudo o que temos é por GRAÇA! Porque Deus nos ama incondicionalmente e quer nos abençoar e para nos abençoar Deus usa princípios e com certeza um deles é a fé.
E com certeza também digo que Deus nunca usa o princípio do merecimento para nos dar absolutamente nada!

Ele dá porque Ele é a Graça, o favor imerecido.
A bronca do diabo é esta, que mesmo a gente sem merecer Deus nos ama e nos dá tudo! Aleluia! Tendo essa consciência você consegue declarar a Verdade, que é o que Deus a seu respeito, por mais que APARENTEMENTE você esteja vendo ao contrário.
Mas lembre-se: nós somos dos que crêem e vivemos pela fé e não pelo o que vemos! Eu creio por isso eu falo! Não é "eu estou vendo por isso eu falo".
"E temos, portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos." (2° Coríntios 4: 13)

DECLARAMOS O QUE PENSAMOS! CUIDADO COM O QUE VOCÊ FALA.
POIS O QUE VOCÊ FALA É O QUE VOCÊ PENSA E SE QUE O VOCÊ PENSA NÃO ESTÁ EM LINHA COM O QUE DEUS PENSA, VOCÊ NÃO ESTÁ NO CENTRO DA VONTADE DE DEUS, POR MAIS FREQUENTADOR DE IGREJA QUE VOCÊ SEJA! POR MAIS DVD DE PREGAÇÃO QUE VOCÊ ASSISTA!
Temos um potencial maravilhoso dado por Deus para voarmos como águia, mas a verdade é que muitos de nós vivemos ciscando como galinhas, ainda que sejamos águias e possamos voar alto.
A águia é impressionante e eu me regozijo em ver na Palavra o profeta Isaías, inspirado por Deus, comparando aquele que tem fé em Deus com uma águia.
A águia voa acima das tempestades.
Ela não se intimida com os raios, ela passa a tempestade e voa acima dela.
A galinha é medrosa. Ouve uma trovoada e sai correndo. Não voa.
Se você pegar uma águia e desde filhote ensiná-la a viver como uma galinha, ela terá comportamento de galinha.

Vai ciscar, vai ter medo de trovão, não vai usar as pelas asas para voar.
O nosso pensamento pode fazer a nossa vida avançar ou regredir. Lembra da história do patinho feio?
O patinho feio nem pato era! Mas ele foi criado com patos e por ser diferente, ele se via feio, isolado.
Um dia ele descobriu que era um lindo cisne porque ele viu a sua imagem refletida na água de um lago.
Nós somos a imagem e a semelhança de Deus!
E descobrimos isso lendo a Palavra, conhecendo quem somos! Do contrário andamos como patinho feio!
Você pode ser um crente-águia ou um crente-galinha.
Deus te fez para voar como águia! Assuma quem você é em Cristo!
"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão". (Isaías 40: 31)
Quanto crentes que não sabem verdadeiramente quem são!
Não entendem e não assumem a sua identidade espiritual!
Não se vêem curados, não se vêem prósperos, não se vêem libertos.
Por isso não recebem a cura, não vivem com prosperidade e vivem cheios de amarras.
Veja o que Paulo diz: pensem de si mesmos de acordo com a fé! De acordo com o que Deus diz sobre vocês!

O que Deus diz sobre nós:
Que somos Dele, somos salvos, mais que vencedores, vasos de honra, podemos tudo em Cristo, somos reis e sacedortes, assentados em lugares celestiais, servos do Deus Altíssimo, luz do mundo, sal da terra.
Essa é a nossa realidade e assim é que devemos pensar e agir.
"Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um" (Romanos 12: 3)
Somos um espírito com Deus, temos a mente de Cristo e o nosso corpo é templo do Espírito Santo.
Que tenhamos sempre essa consciência. Deus te abençoe!
A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário