quinta-feira, 9 de maio de 2013

comunicação no lar


TEXTO BÍBLICO JR. 17: 9

INTRODUÇÃO

TEMA: Comunicação no Lar

Todos os males da ansiedade, sejam financeiros, políticos, trabalhistas, escolares ou religiosos têm a sua origem no coração do homem. Sabemos como é o coração do homem (Jer. 17: 9; Rom 3: 10 =23).
A instituição que Deus estabeleceu, ainda no  jardim do Éden, que ajuntou duas pessoas em maneiras especificas para ser uma unidade é o que chamamos de família.
O ambiente que é formado pelo amor exercitado entre todos da família cria o que chamamos de “o lar”.
O lar tem suma importância na vida humana pois é o berço de costumes, hábitos, caráter, crenças e morais de cada ser humano, seja no contexto mundial, nacional, municipal ou familiar.
Então, podemos dizer, como vai o lar vai o mundo, e também, o que é bom para a família é bom para o mundo.



Tal lar, tal mundo
Reconhecendo a existência e influência do pecado, sabemos que todos os lares não estão operando com as mesmas regras e propósitos com os quais um lar cristão opera.
Aprender o que a Bíblia ensina sobre o assunto do lar é uma garantia que atingiremos o alvo o que Deus tem para nós na relação de família.

I. A IMPORTÂNCIA DE COMUNICAÇÃO - Salmos 19:14 
A. A Comunicação definida
Comunicação é o ato ou efeito de comunicar (-se), que é de emitir, transmitir e receber mensagens.
É a capacidade de trocar ou discutir idéias, de dialogar, de conversar, com vista ao bom entendimento entre pessoas. A comunicação social, próprias dos seres humanos, é baseada em sistemas de signos em oposição à comunicação baseado em sistemas de instruções ou comandos, como a se faz entre animais ou máquinas. - Dicionário Aurélio Eletrônico
Qualquer tentativa de fazer saber ou tornar comum algo é de comunicar-se.
Comunicação tem como objetivo de travar ou manter entendimento. É de ligar ou unir por exposição oral. - Novo Dicionário Aurélio, 1a edição.
Vendo essas definições, podemos concluir que comunicação é o ato de uma pessoa relatando à uma outra as suas idéias, sentimentos, crenças, sugestões ou ordens.
Mesmo que se transmite sentimentos, a comunicação não é sentimentos em expressão, mas palavras expressando sentimentos.
Geralmente, no contexto familiar, os problemas na comunicação centram no erro que comunicação é um diálogo de emoções. Não é. Comunicação é um dialogo de palavras que expressam as emoções.
Comunicação - Usando palavras para expressar pensamentos e emoções
B. Os Exemplos de Comunicação

1. Deus fez o homem na sua própria imagem que determina a diferença do homem de qualquer outra parte da criação. Foi ao homem que Deus dirigiu quando a sua voz “passeava no jardim pela viração do dia” (Gên. 3: 8 =12).
Então o primeiro exemplo de comunicação humana na Bíblia é Deus com o homem.
Para ter o sublime exemplo de como comunicar bem e efetivamente o amor, desgosto, dor, doutrina, repreensão e como dar uma variedade de lições para grupos diversos de seres tanto humano como angélico, estude as próprias conversas de Deus relatadas na Bíblia Sagrada.

2. A própria Bíblia é a comunicação de Deus para o homem na qual tudo que Deus quer revelar para o homem é relatado, e isso para sua esperança (Rom 15: 4).
É com palavras que Deus usa para nos comunicar a Sua mente.
Podemos estudar Êxodo 20 (os dez mandamentos) para ver que quando Deus trata assuntos de altíssima
importância, Ele, mesmo assim, mantém as palavras diretas mas de fácil compreensão.

3. O Espírito Santo comunica com o mundo em geral (Sal 145: 9; Prov. 21: 1; Atos 17: 27,28), e com os eleitos em particular (João 14:26; 15:26; 16:7-14).
Mesmo que o Espírito de Deus reprova ou conforta e isso na Sua maneira misteriosa Ele comunica trazendo a nós as palavras de Deus (Luc 12:12; João 14:26).
Nisso podemos dizer que Ele também comunica usando expressão verbal e é um exemplo notável de comunicação (Isa 30:21, “ouvirão a palavra...”).
4. A natureza declara as coisas invisíveis de Deus, “desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade” de uma voz tão eficaz que todos “se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas” que eles ficam “inescusáveis” (Rom 1: 20).
É dita que a natureza usa uma voz e palavras numa linguagem que “estende por toda a terra” (Sal 19: 1 = 4).
Então podemos dizer que a natureza é ativa em comunicação também e merece menção como uma meta para nós imitarmos em nossas conversas.

5. Oração é uma transmissão de mensagem a Deus pelo homem, e mesmo que esta atividade envolve sentimentos que vem das profundezas do coração, ela não escapa de ser uma exposição oral de uma pessoa a uma outra (I Samuel 2:1-4; Mat. 6: 9 =13).

6. Diversos:
Rute estabeleceu a sua firmeza de propósito à Noemi (Rute 1: 15 =18) tornando comum a sua disposição verbalmente mas isso sem briga, xingamentos, ou exposições que descaracterizaram ninguém.
Na ocasião de Jesus ser ungido com um ungüento de grande valor, alguns dos discípulos de Jesus indignaram-se. Mesmo nesta altura de emoção podemos ter um exemplo de como expressar um ponto de vista contrario ao que está sendo exposto (Mat. 26: 6 =13) tanto dos discípulos como de Cristo.
Veja também Paulo conversando com Pedro - Gal. 2:11 =13.
No encontro com Satanás temos o exemplo de Cristo (Luc 4: 3 =14), dos anjos (Judas 9) e os mandamentos para nós (I Ped 5: 8,9), todos dos quais envolvem manifestações verbais sem a liberdade que a natureza pecaminosa do homem seja inflamada.
Vendo estes exemplos de comunicação pela Bíblia somos instruídos como devemos enunciar nossas idéias e sentimentos um para com o outro e para com Deus também.
A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário