sexta-feira, 24 de maio de 2013

o espírito santo e você

TEXTO BASE  RM 8: 8 =10

INTRODUÇÃO

TEMA: O Espírito Santo e você

8° e os que estão na carne não podem agradar a Deus.
9° Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
10° Ora, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça.
Em Romanos sete observamos que não há uma referencia sequer ao Espírito Santo, mas a palavra pecado aparece treze vezes, a palavra lei vinte e três vezes.

No capítulo oito observamos quatro referencias a pecado, quatro a lei e dezessete menções do Espírito Santo.
Este é um dos capítulos mais fascinantes da bíblia.



O que ele nos ensina sobre a pessoa maravilhosa do Espírito Santo?

I° O Espírito Santo habita no crente.

“Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Se, porém, Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito é vida, por causa da justiça”(RM 8: 9,10).

Esta verdade aparece também em:
“Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?”(1° Co 3.16).
“Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?”(1° Co 6: 19).

II. O Espírito Santo guia o crente.

“Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”( RM 8: 14).

Veja também:

“Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei”(Gl 5.18).

“quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir” (Jo 16.13).


III. O espírito Santo mortifica os feitos do corpo.

“Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis”(RM 8: 13).

Confira também:

“E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências” (Gl 5: 24).

“Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria”(Cl 3: 5).

IV. O Espírito Santo vivifica o crente.

“Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita”(RM 8: 11).

Este texto é uma garantia da nossa ressurreição (2° Co 5.5; Ef 1.13,14),

Porém não se aplica somente à ressurreição, mas também à vivificação do nosso corpo no que tange à vida física.

V. O Espírito Santo testifica no crente.

Ele lhe confirma que agora ele é filho de Deus (Abba dá ideia de intimidade) e herdeiro, coerdeiro com Cristo.

VI. O espírito Santo no crente é uma antecipação do gozo celestial.

“E não somente ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, igualmente gememos em nosso íntimo, aguardando a adoção de filhos, a redenção do nosso corpo” (RM 8: 23).

Primícias são o mesmo que primeiros frutos, começos.

VII. O Espírito Santo Assiste o crente.

“Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos”(RM 8: 26,27).

É o Espírito Santo que nos sustenta contra todo inimigo e particularmente na nossa fraqueza.

Esta assistência é prestada pelo “Consolador”, pelo “Ajudador”, pelo “Paracleto”.

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco” (Jo 14: 26).

“mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito”(Jo 14: 26).

“Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim”(Jo 15: 26).

“Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (Jo 16: 7,8).

Conclusão 

O Espírito Santo não é um hóspede, ele veio para habitar em nós, para ficar para sempre conosco (Jo 14: 16,17). Ele quer ser íntimo seu, estar em você.

Ele é a sua provisão. Deixe que ele flua em você

“No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou:

Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.

Isto ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito até aquele momento não fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado” (Jo 7: 37 =39).

  A ser=viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário