quinta-feira, 16 de maio de 2013

os 7 segredos do sussesso


TEXTO BASE MT. 25: 14 - 30

 INTRODUÇÃO

TEMA: OS SETE SEGREDOS DO SUSSESO

O sucesso é variável em seus aspectos de acordo com a compreensão de cada um.
Para alguns, o sucesso é ser rico; para outros, terem uma família harmoniosa; e, para muitos, pescar bem. Sucesso é fazer bem feito o que precisa ser feito. Ver Mateus 25. 14-30.
I° ESTABELECER UM OBJETIVO CLARO, BEM PLANEJADO.
Sirva de exemplo positivo a edificação de uma casa, a escritura de um livro ou a descoberta de uma vacina.
O coração, o sentimento, a vontade atenderá sempre à voz do objetivo prioritário.
Não ter objetivo definido e ter dúvida sobre o objetivo proposto amarram os braços e algemam as mãos do sonhador, e nada sai do papel.



II° IDENTIFICAR OS BENEFICIÁRIOS DO OBJETIVO.  
Uma força gigantesca nasce no interior de quem se propõe a criar, construir algo para o conforto de alguém ou de uma comunidade.
Satisfazer as necessidades do ser humano é obra de amor; será impossível deter o altruísta determinado.
O sacrifício mais prazeroso é o de se gastar pelo bem da vida de alguém.

III° ESCOLHER E SABER OPERAR AS FERRAMENTAS ADEQUADAS.
Obras rendem mais e são bem estruturadas, dependendo da escolha das ferramentas a serem usadas. Seja uma caneta, um estetoscópio ou serrote.
O pastor precisa estudar a Bíblia e aperfeiçoar a oratória; o pintor, zelar dos pincéis e criar telas maravilhosas; e o músico, cuidar de seu instrumento e dominá-lo.
O uso improvisado de maquinários inadequados, remendos emergenciais e peças defeituosas derrotarão qualquer projeto.

IV° SELECIONAR OS AUXILIARES E CAPACITÁ-LOS. 
O líder, o executivo não pode fazer vista grossa sobre seus ajudantes. Eles são seu maior recurso.
Moisés escolheu os honestos e capacitados. Jesus escolheu homens simples, mas preparou-os de modo completo.
O executivo que não dá o exemplo e autonomia aos seus aliados terá uma equipe de medrosos e medíocres.

V°  INICIAR AS OPERAÇÕES SEM PERDA DE TEMPO.
Os mais belos projetos não podem ficar engavetados ou escondidos no cérebro.
O planejamento dirá a hora do início das obras: agora! Se estiver tudo dentro de coordenadas sábias, esperar mais o quê?
Um exército seguirá o líder que comanda! Não batalhará, porém, se o comandante for medroso e procrastinador.

VI° SER CAPAZ DE DAR PRIMAZIA ABSOLUTA AO PROJETO PROPOSTO.
Não cair na armadilha de servir a dois senhores.
Não se deixar abalar por censuras, críticas ou intromissões.
Deverá poder dizer de seu projeto e sonho: isto é a minha vida!

VII° APRENDER COM JESUS O MECANISMO DE PERSEVERAR. 
A coroação virá ao que operar sua obra passo a passo até sua conclusão.
Será galardoado por uma emoção feliz ao dizer: está consumado!
O homem que tem um sonho valioso lutará por ele, ainda que tenha de nadar contra a correnteza e passar entre leões famintos.
As maiores edificações do mundo são obras da perseverança, mais até do que da capacidade.
Conclusão
O homem sem um norte não sentirá jamais o verdadeiro sabor da vida.
Não se trata de ser notável ou reconhecido, mas realizador de obras abençoadoras de pessoas mundo afora.
É ser inspiração para aqueles com quem se relacionar.
A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário