sábado, 1 de junho de 2013

timóteo, obreiro aprovado=parte 1

TEXTO BASE 2° TM 2: 15

 INTRODUÇÃO

TEMA: TIMÓTEO, OBREIRO APROVADO, PARTE=I

O homem sem a direção de Deus não espera o tempo Ec. 3: 1 escolhe e impõe as mãos I Tm 5: 22ª ungi a qualquer um como obreiro sem consultar a Deus Is. 30: 1, 2; Mt. 23: 15 condenando pessoas sem conhecimento Oséias 4: 6ª e sem ser aprovado por Deus e pela sua Palavra a viver debaixo de maldição Jr. 48: 10ª; Pv. 18: 9.
Para conseguirmos um emprego, quase sempre precisamos além de um bom currículo.

Fazer testes, prestar concursos, ou seja, precisamos passar por provas.

E na obra de Deus não é diferente, obreiros são pessoas preparadas, provadas por Deus e a sua Palavra.

Isaias 48: 10 =17 para fazer a obra, para trabalhar na seara, serviços internos ou externos da igreja Mt. 9: 35 – 38; Mt. 20: 1 ser obreiro de Deus, ao contrário de que muitos pensam não é nada fácil.



Quem deseja ser obreiro de Deus excelente coisa deseja I Tm. 3: 1.

Um obreiro aprovado por Deus e por Sua Palavra pode ser verdadeiramente ser chamado de “Homem de Deus’ II Reis 4: 8, 9.

1º. EM CASA: 
Primeiro - o obreiro começa a ser formado em sua casa, um homem para trabalhar na obra de Deus ele tem que aprender a administrar a sua casa, a governar a sua família.

Como ele vai administrar a igreja de Deus se ele não consegue governar a sua família, como ele vai governar a igreja que é composta de multidões e famílias, cada um com seus problemas, seu jeito de ser um diferente do outro.

Por isto o aprendizado do obreiro começa em casa. Itm 3: 2 -5 e Itm 5: 8.

2º. OS QUE ESTÃO DE FORA: 
Segundo - o obreiro para ser aprovado por Deus também tem que ser aprovado por seus visinhos, parentes, colegas de trabalhos, amigos, comerciantes, patrões, a boa reputação é uma exigência de Deus e da sua Palavra. Atos 6: 3ª; I Tm. 3: 7.

Alguém pode dizer- “Como eu vou ter aprovação de pessoas do mundo, se o mundo é nosso inimigo”?

Nós somos luz do mundo, o mundo tem que ver através das nossas atitudes, postura e caráter a presença de Cristo nas nossas vidas. Gl. 2: 20; Lc. 6: 27 – 36; IÇO. 5: 8 – 13; Mt.5:13 – 16.

3º. NA OBRA: 
Terceiro – Tem que ser um homem preparado a qualquer momento para praticar boas obras, ou seja, tem que ser um homem benigno, um homem do bem, acostumado a fazer boas coisas, pronto para socorrer, ajudar sempre pronto para praticar o bem. IITm. 3: 14 – 17; Tg. 2: 14 – 18.

Um homem do bem que não se envolve em rebeliões, contendas, mexericos, ou seja, um homem que está sempre preparado para contribuir com o crescimento do Reino de Deus, e não para destruir. IITm. 2: 14- 21.

4º. NO EVANGELHO: 
Quarto – A timidez é inimiga e não levará para o Céu, muitos obreiros tímidos que tem vergonha de testemunhar e falar de Jesus. Jz. 7: 3; Mt. 10: 32, 33.

O Evangelho é poder de Deus, o Evangelho é a mensagem de Jesus, é boas novas através do Evangelho que pessoas aceitam a Jesus, são curados, libertos, perdoados (salvos) e ganham a vida eterna. Rm. 1: 16, 17.

5º. NA PALAVRA: 
Quinto - o obreiro tem e deve conhecer a Palavra, ainda que ele não tenha nenhum curso teológico ele com certeza têm a Bíblia e também com certeza o Espírito Santo para ensiná-lo. Jô. 14: 25, 26; II Tm. 2: 15; IITm.3: 14 – 17.

6º. DEBAIXO DE AUTORIDADE: 
Sexto – o obreiro tem que seguir o exemplo de seu mestre Mt. 11: 29; Fp. 2: 5 – 9. Reconhecer aquele é superior, reconhecer aquele que está acima, estar debaixo de autoridade e respeitar, isto faz um verdadeiro obreiro. Rm. 13: 1 – 5.

7º. SUJEITO A DISCIPLINA MILITAR: 
Sétimo – A Palavra de Deus fala de guerra, estamos em guerra.

A Batalha Espiritual é uma realidade e não podemos ignorá-la. Ef. 6: 10 – 12; Mt. 16: 18.

O obreiro tem que seguir estratégia militar, estratégia de guerra, aprender a usar armas, estar preparado para atacar e ser atacado, em tempo de guerra não se tem tempo para descanso. Mq. 2: 10ª.

Para dormir Pv. 10: 5; Mc. 13: 35 – 37; Ef. 5: 14 – 16.

O obreiro é um soldado e tem que agir como tal. II tm. 2: 3, 4; Hb. 12: 1

8º. EXPERIÊNCIA: 
Oitavo – pessoas novas no evangelho, pessoas inexperientes não podem ser obreiros, como trabalhar na obra, trabalhar com o publico, guerrear, lutar contra Satanás e seus demônios, o obreiro tem que ser pessoas experientes, pessoas que tenham bom testemunho, passado por provas, pessoas que tenham conhecimento da Palavra de Deus, conhecimento do Reino de Deus, e do mundo espiritual. I Tm. 3: 6; I Co. 13: 11; I C0. 2: 13 – 15; II Tm. 2: 22; Tt. 2: 12.

9º. CHEIO DO ESPÍRITO SANTO: 
Nono – Ninguém pode ser obreiro do Senhor cheio do mundo e de pecado, cheio das obras do diabo, se alguém está cheio do mundo, cheios dos desejos da carne, cheios das obras do diabo e de pecado com certeza ele está vazio do Espírito Santo. Tg. 3: 4; Rm. 8: 8; Ef. 4: 27; Jõ. 8: 34. Para o obreiro ser cheio do Espírito Santo ele tem que se esvaziar destas coisas. II Tm. 2: 21.

Há obreiros que não tem nem idéia do que é ser cheio do Espírito Santo, para eles ser cheio do Espírito Santo é pular, gritar, rodar, cair, falar em línguas estranhas desordenadamente.

Ser cheio do Espírito Santo é ser cheio de Deus, é ter uma vida no altar, ser cheio de amor, misericórdia, justiça. Ef. 5: 1 – 21; I Co. 13; Jr. 9: 23, 24.
Alguns podem dizer – “Mas quando Jesus escolheu os discípulos eles eram vazios”.

É verdade, mas quem estava andando com eles, até então eles não precisavam ser cheios, mas quando chegasse a hora deles fazerem a obra eles iriam precisar ser cheios. Mc. 2: 18 – 22; Atos 1: 6 – 8; Atos 2: 1 – 4; Atos 6: 1 – 3; Atos 4: 8.

10º. CHEIO DE FÉ: 
Décimo – Como podemos imaginar alguém fazendo a obra sem fé, fica impossível de acreditar em um obreiro sem fé fazendo a obra, sem fé ele está em pecado. Rm. 14: 23b.

Você já imaginou Paulo, Pedro, Tiago, João, Estevão, Felipe fazendo a obra sem fé.

Atos 6: 8; Hb. 10: 37 – 39; Rm. 10: 8; Hb. 11: 6.

11º. CHEIO DE OUSADIA: 
Décimo primeiro-Ousadia é visão é coragem, sem ousadia o homem não faz nada, muitos ficam esperando Deus descer do Céu para falar para ele tomar atitude e fazer a obra.

Deus não vai fazer isto a Palavra já está ai a Bíblia já está na sua mão, lance a mão do arado e não olhe pata trás. Dt. 30: 11 – 14; Lc. 9: 57 – 62; Atos 4: 143 – 20; Nm. 14: 1 – 9.

12º. CHEIO DO TEMOR DO SENHOR: 
Décimo segundo – Se obreiro não tem temor do Senhor ele pode ter todas as qualidades para ser um bom obreiro, mas não vai ser abençoado por Deus Pv. 15: 16.

Sem temor do Senhor ele não fará a obra com sabedoria, sem temor do Senhor o homem rebela, peca, segue qualquer vento de doutrina e não usa a Palavra de Deus como base. Jó 28: 28; Pv. 8: 13; Pv. 10: 27; Pv. 14: 26, 27.

CONCLUSÃO

Para o homem ser obreiro com certeza não é o homem, não é o dinheiro, conhecimento (nome), estudo teológico, conhecimento humano de Deus que vai fazer dele um verdadeiro obreiro. Somente aqueles que obedecem a Palavra de Deus e deixarem a Palavra de Deus produzir o fruto serão os obreiros do Senhor. João 15: 1 – 5; João 1: 14; Ap. 19: 11 – 13.
A ser-viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário