domingo, 2 de junho de 2013

um coração nodelo

TEXTO BASE DT 6: 5=9

INTRODUÇÃO

TEMA: UM CORAÇÃO MODELO, UM CORAÇÃO DE HONRA - PARTE =I

“Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.
E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.
Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
“E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.” (Deuteronômio 6: 5-9)
“E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.” (Mateus 22: 37)
Tudo o que nós precisamos é ter um coração na direção de Deus. Deus não Se agrada de filhos que andam com o coração dividido. Da Nação ao
indivíduo, não podemos ter coração dividido.



Nosso coração precisa ser movido por Deus e em Deus. E, para isso, precisamos:
1° Ter no coração a força de que Deus nos encaminhará em tudo;
2° Ter o coração em Deus para destruir inimigos. Esta semana, veremos o primeiro tópico.
1. Ter no coração a força de que Deus nos encaminhará em tudo
Isso significa ter um coração forte. Certamente você já recebeu uma notícia ruim e ficou com o seu coração disparado. O coração é a sede do tesouro.

Onde está o seu tesouro, aí está o seu coração (Mateus 6: 21).
Deus escolheu o coração para acumular tesouros.
Posso ter um coração que bate para a vida ou posso ter um coração que bate para a morte, ou seja, um coração que maquina o erro.
Esse é o coração de um homem que não tem a vida de Deus.
O coração de alguém que tem a vida de Deus é um coração dominado por Deus, cheio de força, um coração forte.

A Bíblia diz que no dia que disseram: Israel, teu filho Benjamim será levado, porque o homem do exército mandou buscar Benjamim, o coração de Israel parou por um tempo.
Então, ele teve uma parada cardíaca por causa da notícia que haviam levado seu filho.
Quando mexem na nossa descendência ou naquilo que é importante para nós, ficamos como loucos.
É nesse momento que mediremos a saúde do nosso coração.
Quando falamos de coração, estamos falando da mola propulsora que mexe com todo o organismo.
O Brasil tem um coração e vai para a mão de Deus; as instituições têm um coração que vai para a mão de Deus; a família tem um coração e vai para a mão de Deus; você tem um coração e vai para a mão de Deus, porque Deus não quer tratar com corações divididos. Deus não tem uma Noiva que tem um coração que ama ao Senhor e ama as coisas deste mundo.

Ele tem uma Noiva que tem um coração que bate na direção dEle.
E nós vamos descobrindo que o coração precisa ser cheio de força.
A Bíblia diz que o seu coração deve gestar intimidade a ponto de toda a sua alma, ou seja, toda a sua vontade se dirigir para Deus.

Às vezes, cantamos, pregamos, ministramos e testemunhamos o que ainda não é uma verdade sobre nós, ainda não faz parte da nossa realidade.
Se não vigiarmos, o momento do louvor e adoração pode ser um dos que mais mentimos.
Quantas vezes cantamos que estamos dispostos a pagar qualquer preço para servir a Deus, mas na primeira chamada de Deus, no primeiro teste, o coração aborta a promessa?
Mas Deus levantará nesta geração homens e mulheres inseduzíveis que não deixarão nada corromper a alma, a essência, a força, a vontade.

Tudo será direcionado para o Deus Todo Poderoso e Ele nos dará um coração transformado.
Deus limpará todas as coronárias do seu coração.
Ele vai tirar toda a gordura, toda doença e toda enfermidade.
O Senhor limpará o nosso coração, pois Ele disse:
‘Arrancarei o coração de pedra e colocarei um coração de carne que bata na minha direção e lhe darei um espírito novo.’
Deus quer entregar a você um coração novo para bater somente na direção dEle.
Então, devemos amar ao Senhor com toda a força. Amar ao Senhor com o coração e com a vontade.
Você sabia que a vontade pode ser gerada? Vontade nasce por estímulo.
Muitos dizem que não estão com vontade de comer, mas quando começam a comer só param se receberem ordem.

Não há como o faminto negar sua fome, não há como o sedento negar sua sede.
Então, precisamos entender que vontade é decisão.
Deus está dizendo-nos:
‘Tome uma decisão em seu coração de Me amar acima de todas as coisas’. Ora, se é decisão, então decida!
Muitos dizem que não oram e não leem a Palavra porque não estão com vontade.
Mas, a carne não sente vontade de adorar a Deus, a carne não sente vontade de ajoelhar, a carne não é convertida, a carne é uma inimiga que anda com você 24 horas.
A carne não existe para dar ordem ao espírito, mas o espírito deve dominar a carne.
É o espírito que é senhor sobre a carne.
Deus lhe dará habilidade para você dizer a sua carne que você está no governo do espírito.
A carne se sujeitará ao curso da vontade de Deus, porque você é nascido de novo e a vida de Deus está dentro de você.

Um coração transformado, um coração modelo, é um coração de honra.
Esse coração é um coração em Deus, um coração circuncidado.
Em Deuteronômio 30: 6, vemos que Deus irá circuncidar o nosso coração.
Paulo diz: Deus não está interessado na circuncisão da carne, mas na do coração (Gálatas 6: 15).
Quando o diabo vier em sua direção, querendo roubar o seu coração, verá a circuncisão do Deus Todo Poderoso.

Deus disse que Ele mesmo quer fazer uma circuncisão no seu coração.
Deseje isso, deixe Ele fazer a obra em seu coração.
O Senhor vai circuncidar o seu coração, o coração dos seus filhos, o coração da sua família e toda a sua descendência para amar ao Senhor e para que viva você e toda a sua casa.
E Deus não mente em Sua Palavra jamais.
Esta é a promessa de Deus: O Senhor pegará o coração da sua casa e fará um milagre sobrenatural!
Você sabe qual o nosso maior problema?
É que muitos estão habilitados para falar, mas muitos falam de fé sem fé.
Há mulheres que ao lerem uma promessa como essa, por exemplo, não creem que o marido irá se converter.

Há maridos que creem que a esposa não irá se converter.
Há pais que não acreditam que seus filhos podem servir a Deus.
Mas eu quero lembrar-lhe que o Senhor irá armar uma cilada santa, pegará a sua família e a colocará em ordem.
Ele mesmo circuncidará o coração dos seus descendentes e todos passarão a amar a Deus com toda a alma, com toda a força e com todo o entendimento.
A Palavra de Deus está perto de você, na sua boca e no seu coração para que se cumpra o que Deus falou (Deuteronômio 30: 14 / Romanos 8:10).

Deus fará uma virada na sua casa e começará uma obra espetacular na sua família. Será uma lixa, será Deus tratando a sua vida, a sua casa, a sua família e fazendo o que precisa ser feito.
Chegou a hora de Deus fazer o que Ele prometeu.
Mantenha firme a sua confissão, pois Fiel é Aquele que prometeu (Hebreus 10: 23).
Se o coração não for circuncidado, desviaremos dos caminhos do Senhor e das promessas que Ele nos fez.
Deuteronômio 8: 14 nos diz que há pessoas que elevam o coração e se esquecem de onde Deus lhes tirou: de uma terra de servidão.
Há muitas pessoas com coração soberbo, nariz empinado. Deus gosta de nariz empinado, porque fica mais fácil de puxar pelo anzol.

Quem não é pescado pela rede, é pescado pelo anzol no nariz (Isaías 37: 29).
O anzol dói, mas o Senhor trará pela rede ou pelo anzol, porque ninguém da sua casa escapará da mão forte de Deus. Virá aquele que é rebelde, aquele que é difícil.
Deus mesmo trará e mostrará quem Ele é, o Deus Todo Poderoso, o Senhor da sua casa e família.
Se o coração não for circuncidado, desvia, empina o nariz, passa a se achar grande coisa.
Muitos se dizem crentes, cheios do poder, cheios do Espírito Santo, mas na hora da prova do caráter, da prova da submissão, negam com seus atos o que falaram, pois estão cheios de si, não possuem nada de Deus.
Deus disse que as pessoas que não são circuncidadas no coração se auto elevam e se desviam do caminho eterno.

“Eu te conheci no deserto, na terra muito seca.
“Depois eles se fartaram em proporção do seu pasto; estando fartos, ensoberbeceu-se o seu coração, por isso se esqueceram de mim.” (Oséias 13: 5,6)
“Para que o seu coração não se levante sobre os seus irmãos, e não se aparte do mandamento, nem para a direita nem para a esquerda; para que prolongue os seus dias no seu reino, ele e seus filhos no meio de Israel.” (Deuteronômio 17: 20)

A promessa de Deus para aquele que não eleva o coração sobre os irmãos é que ele viverá dias prolongados na terra, terá reinos e viverá dias sossegados com os filhos.
Anule todo coração altivo e entregue seu coração para Deus.
A ser-viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário