quarta-feira, 11 de setembro de 2013

dez razões bíblicas para não ser católico apotólicos romano

TEXTO BASE EFESIOS 2: 8 =9

INTRODUÇÃO

TEMA: DEZ MOTIVOS BÍBLICOS PARA NÃO SER CATÓLICO APOSTÓLICO ROMANO

8° “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”
9°” não vem das obras, para que ninguém se glorie”.

O Catolicismo Romano afirma ser o único representante na terra da fé Cristã. 
Ensinam que fora da igreja Católica Romana não há salvação. 


Quando o papa Bento 16 veio ao Brasil em 2007, disse em seu discurso que os Católicos devem ser mais práticos em sua fé, com o objetivo de deter o avanço das seitas (ele considera como seita, todo seguimento cristão que não tem vínculo com a igreja Católica) na América do Sul.



Será a seita Romana a verdadeira representante de Cristo na terra? 
Será que salvação em Cristo só no Catolicismo Romano? 
Estará certo o papa Bento 16, ao chamar de seita qualquer outro seguimento Cristão que não esteja ligado ao Catolicismo. 
Iremos responder a estas e outras indagações neste estudo.

DEZ RAZÕES BÍBLICAS PORQUE NÃO SOU CATÓLICO APOSTÓLICOS ROMANO.

I – A igreja de Cristo não nasceu em Roma, mas em Jerusalém.
1° O catolicismo romano nasceu somente em 325 d.C. com o concílio de Nicéia, promovido por Constantino, imperador de Roma. 
Ela recebeu esse nome em 381 com o imperador Teodósio.
2° A bíblia revela que o início da igreja cristã foi trezentos anos antes em Jerusalém, e não em Roma. Lc. 24: 47-49; At.1:4, 8, 12-14; 2: 1-5, 37-47.

II – A autoridade da bíblia está acima da autoridade de qualquer igreja.
1° A igreja católica em 1546 colocou a tradição da igreja em pé de igualdade com as escrituras. Isto significa que só a igreja romana determina o que é verdade e o que não é na bíblia.
Exemplo: No século IV a igreja romana estabeleceu as orações pelos mortos e sinal –da- cruz feito no ar. 
No ano de 1100 d.C. introduz na igreja o culto dos anjos.
2°  Mt.15: 3; Mc.7: 13; II Tm.3:16. A bíblia tem autoridade suprema e não a igreja. Devemos aceitar a verdade da palavra de Deus e não uma interpretação particular de uma entidade. I Co.4: 6; Ap. 22:18

III - A história da igreja e acima de tudo a bíblia nos ensina que só devemos aceitar 66 livros da escritura como inspirado por Deus e não 73.
1° Os 7 livros a mais na bíblia católica foram acrescentados em 8 de Abril de 1546 no Concilio de trento (1545-1563). 
São estes os livros: Tobias, Judite, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico, Baruque, A epístola de Jeremias, 1 e 2 Macabeus e acréscimos feitos a Ester e a Daniel.
2° Wayne Grudem alista 4 fatos que comprovam que você não deve recebê-los com Palavra de Deus.
3° Eles não atribuem a si a inspiração divina; b.2. Não foram considerados como palavra de Deus pelo povo judeu; 
4° Não foram considerados como escritura por Jesus nem pelos escritores do novo testamento; 
5° Contêm ensinos incoerentes com o restante da bíblia.
Exemplos: Baruc diz que Deus ouve as orações dos mortos (3: 4); 

II Macabeus pede desculpas por seus erros, 15: 36=39.

IV – Seguir o Catolicismo é praticar espiritismo, que é condenado por Deus.
1° A partir do momento que os sacerdotes católicos ensinam os seus seguidores a intercederem a Maria, João, José, Pedro ou a qualquer outro que está morto. Ensinam praticas espíritas que é consultar os mortos.
2° Deus condena veementemente consultar os mortos, Dt.18: 9-14; Is. 8:19=22.

V – A idolatria é um grande pecado diante de Deus.
3° catecismo-p. 75 da igreja católica ensinam que se deve prestar honra e veneração às imagens de escultura.
4° A imagem de escultura que é o mesmo que ídolo é condenado expressamente por Deus, Ex.20: 4; Dt. 7: 25=26; Hc.2: 18-19; Os. 4: 12; Mt. 4: 10.

VI – O batismo é uma confirmação de fé e não um meio de Salvação.
1ª A igreja católica ensina que o batismo infantil deve ser realizado como meio de salvação. 
Acredita-se que se a criança morrer sem se batizar, irá para o limbo e ficará numa sombra eterna sendo considerada pagã.
2° Segundo a bíblia o batismo trata de um ato de obediência que expressa fé do batizando em Cristo. 
Uma criança não tem entendimento suficiente para obedecer e expressar sua fé em cristo. 
Aliás, o próprio salvador foi batizado aos 30 anos de idade, Lc. 3: 21=23; Mc.16:15,16.

VII – A palavra de Deus me ensina que só Jesus não cometeu pecado algum.
1° Hb.9: 28.1. O ensino católico diz que Maria a mãe de Jesus foi uma mulher que não cometeu pecado algum.
2° Em Lc. 6: 46=47 A própria Maria declarou-se pecadora como qualquer outra pessoa. Em Lc.2: 22=24, ela mesma se incluiu no sacrifício de um par de rolas pelo seu pecado.

VIII – Jesus é o único intercessor entre Deus e os homens.
1° I Tm.2: 5
1. A igreja católica coloca Maria e muitos outros como intercessores entre Deus e os homens.
2. O próprio Jesus nos ensinou que Devemos pedir ao Pai em Seu Nome, Jo. 15:16; 16: 23, 34.

IX – Cristo é o único e grande fundamento da igreja.
1° A história revela que o papado foi instituído com fins políticos. 
O primeiro papa foi Leão I (440-461d.C.) e não Pedro. O título de papa não existe na bíblia, Ef. 4:11.2. 
Usa-se Mt. 16: 16-19 para afirmar-se que Pedro foi o primeiro papa. 
O termo usado por Jesus para Pedro é pedra. Contudo a palavra no grego é “petrós”. 
Jesus empregou-a com o sentido de “pedrinha”. 
Já para a palavra pedra, da frase “sobre esta pedra edificarei a minha igreja”. 
Jesus usou o termo grego “petras” para designar rocha (grande pedra). 
A bíblia ensina que Pedro não passa de uma pequena parte da edificação. 
Ele mesmo escreveu que Jesus é a pedra de esquina, I Pe. 2: 4=10.

X – Salvação Eterna só em Cristo Jesus.
1° Para o catolicismo, as boas obras ajudam na salvação.
2° Tal crença despreza o grande amor de Deus. Somos salvos pela graça e não por méritos pessoais. 
A bíblia nos dá grandes respostas sobre a doutrina da salvação:
2° 1. A salvação só vem de Deus, Is.12: 2; 25: 19; I Tm. 4:10; 
2. Salvação só por meio de Cristo. Jo.10: 9; At.4:12; Rm.5: 1,9; I Ts. 5: 9; 
3. A salvação é um dom imerecido de Deus, Jo.3:16; Ef. 2: 8, 9.
“Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade”. II Cor. 13: 8
Fonte: Marcas de Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário