quinta-feira, 3 de outubro de 2013

as últimas (geniais) palavras de 10 grandes homens

As últimas (geniais) palavras de 10 grandes homens

Se você for famoso e estiver prestes a morrer, é melhor começar a pensar nas últimas palavras que você vai falar. 

Dependendo da sua importância na história, as frases serão lembradas por séculos e séculos depois. 

A genialidade desses dez grandes homens permitiu que eles se despedissem da vida com frases incríveis, verdadeiras pérolas de sabedoria, honra e até humor (bem diferentes de quem fica apenas em pedidos de perdão).

Eis as últimas palavras de dez grandes homens: Pablo Picasso

“Bebam por mim, bebam por minha saúde. Vocês sabem que não posso mais beber.”

Ou seja, na próxima vez que você servir seu Chivas, obedeça o pintor espanhol: beba por ele.








Oscar Wilde


“Eu e meu papel de parede estamos em um duelo mortal. Um de nós precisa ir”
Foram as últimas palavras do mestre das citações antes de morrer, em 1900, em um quarto de hotel. Depois disso, o hotel decidiu redecorar todo o quarto igual ao flat onde Wilde vivia. Ou seja, não teve vencedores nesse duelo.








Winston Churchill

“Estou de saco cheio de tudo isso.”
O homem que liderou a Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial, e tinha uma língua afiada, mostrou mais uma vez seu temperamento explosivo.






Bob Marley

“Dinheiro não pode comprar vida.”
Sábio como poucos homens, a última frase de Bob devia ser emoldurada e pendurada na casa de muitas pessoas. 

Bob falou essa frase a seus filhos Stephen e Ziggy pouco antes de morrer.






Ludwig Van Beethoven

“Aplausos, meus amigos. 



A comédia está encerrada.”
Como se fosse uma ópera, o famoso compositor se despediu do planeta em grande estilo.












George Harrison

“Amem uns aos outros.”
O integrante mais esotérico dos Beatles não poderia ter dito outro coisa… Quem ouviu a frase foram seus filhos e esposa.













Groucho Marx


“Morrer, querida? Pra quê? Isso seria a última coisa que eu faria.”
Quem é comediante de verdade consegue encarar até os últimos momentos da vida com bom humor.


Charlie Chaplin

 

“E por que não teria? Afinal, pertence a Ele”
Chaplin teria dito essa frase logo após o padre ter feito a extrema-unção e falado “que o Senhor tenha piedade de sua alma”.

Joe DiMaggio

“Finalmente poderei rever Marilyn.”
Joe tornou-se um mito na história por dois motivos: primeiro por ter quebrado recordes no beisebol, depois por ter se casado com Marilyn Monroe. 

Suas últimas palavras provam que, para um homem, uma linda mulher consegue fazer qualquer coisa. Até mesmo tornar a morte num momento otimista.






Leonardo da Vinci


“Eu ofendi a Deus e à humanidade porque meu trabalho não alcançou a qualidade que deveria.”
Um dos maiores gênios da humanidade falou isso, e você aí todo orgulhoso por ter entregado apenas com um dia de atraso

Nenhum comentário:

Postar um comentário