quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

As Barganhas de Satanás

TEXTO BASE ÊX 5: 1-2

INTRODUÇÃO

TEMA: As Barganhas de Satanás

1ª Depois foram Moisés e Arão e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto.

2ª “Mas Faraó respondeu: Quem é o Senhor, para que eu ouça a sua voz para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor, nem tampouco deixarei ir Israel.”

No livro de Êxodo nós temos um modelo, uma matriz do processo de libertação de Deus em nossas vidas e a oposição satânica a este processo.



A história de Êxodo se repete em toda alma humana que busca a libertação do mundo.
O povo de Israel foi para o Egito para ficar debaixo da mão de José, que estava livrando a população mundial de uma terrível seca.

Mas o tempo passou e se levantou um faraó que não conhecia José (At 7: 18), esse faraó escarvizou o povo de Israel.

Podemos interpretar o significado da Bíblia na passagem de Êxodo da seguinte maneira:

Faraó - simboliza o diabo;

Egito - simboliza o Mundo;

Moisés - simboliza Jesus, nosso Libertador;

Povo hebreu - somos nós, que outrora fomos cativos.

1 – UMA ORDEM DIVINA

“Depois foram Moisés e Arão e disseram a Faraó:
Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto.
Mas Faraó respondeu: Quem é o Senhor, para que eu ouça a sua voz para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor, nem tampouco deixarei ir Israel.” Ex 5:1-2.
Porque Faraó se impressionaria com o Deus dos hebreus, mais um no pagão Egito, um Deus de 2ª categoria, um Deus de escravos?

2 – REVIDE DE SATANÁS (FARÁO)
“Naquele mesmo dia Faraó deu ordem aos exatores do povo e aos seus oficiais, dizendo: Não tornareis a dar, como dantes, palha ao povo, para fazer tijolos; vão eles mesmos, e colham palha para si.
Também lhes imporeis a conta dos tijolos que dantes faziam; nada diminuireis dela; porque eles estão ociosos; por isso clamam, dizendo: Vamos, sacrifiquemos ao nosso Deus.
“Agrave-se o serviço sobre esses homens, para que se ocupem nele e não dêem ouvidos a palavras mentirosas.” Ex 5: 6-9.

Todos os que manifestam o desejo de servir a Deus e colocar suas vidas em ordem, sofrerão um contra-ataque maligno. São inúmeras as pessoas que levavam uma vida “aparentemente” tranqüila, quando foram ajeitar suas vidas, parece que tudo ficou de “pernas para o ar” .
O que é isso? É o desespero de satanás quando vê que um escravo quer a libertação.
Note que a ordem era sair do Egito para um DESERTO. Deus dá a opção para as pessoas:

SER ESCRAVO NO EGITO OU LIVRE NO DESERTO? O que você prefere? Se prefere o deserto, então,

pare de murmurar e de ser saudosista: “Oh, aquele tempo ...”

E mesmo que o diabo coloque seu cônjuge, seus colegas de trabalho ou escola (antes sempre amigos) contra você, não desista. Continue com este propósito de se batizar, ser cristão, etc.

3 – NEGOCIAÇÃO DA LIBERTAÇÃO
Passamos agora para o que eu chamo de Negociação da Libertação, que são as barganhas malignas.
Quando Faraó vê o firme propósito de Moisés/Arão/povo de saírem do Egito, faz a:

3.1 – 1ª PROPOSTA
“Então chamou Faraó a Moisés e a Arão, e disse: Ide, e oferecei sacrifícios ao vosso Deus nesta terra.” Ex 8: 25
Servir a Deus no Egito é servir a Deus no mundo. Quem dá as regras é o diabo. É um sistema mundano de adorar a Deus.

Existem inúmeras igrejas que têm caído na tentação de adorar a Deus no Egito, conforme as necessidades dos membros-clientes.

Atualmente, algumas igrejas não estão mais correndo atrás das almas perdidas, mas do bolso dos
indivíduos, fazendo propostas mirabolantes e exóticas, tais como:

“Você não tem fé, nós temos para você”;

“Está precisando de oração? Ligue para o disk-oração (SOS Espiritual).

Nós faremos uma oração forte para você. Nossa oração afasta a energia negativa, o mau olhado, o encosto, o olho gordo ...”
“Com maldição do passado? Aqui nós fizemos quebra de maldição, caso o Sangue do Cordeiro não tenha adiantado”.

É fato que devemos orar pelas pessoas e libertá-las em Nome do Senhor. É nosso dever orar e abençoá-las em Nome de Jesus.

Contudo, tudo isso deve ser feito NUM CONTEXTO DE COMPROMISSO COM DEUS E RELACIONAMENTO SINCERO COM OS IRMÃOS.

Precisamos acabar com esta mentalidade de que a Igreja é um comércio ou uma prestadora de serviços espirituais.
As pessoas estão vindo para a igreja apenas pela prestação destes serviços. E, se o serviço não agradá-las, sabe o que fazem? Vão para outra igreja “concorrente”.

A Igreja de Jesus não é assim (Veja Is 56. 7).

A Igreja não é um centro de macumba onde as pessoas pagam o “trabalho” e vão embora. Na Casa de Deus, o Espírito Santo quer te pegar e ter um relacionamento íntimo com você.

A bênção faz parte do pacote, mas não é o foco. O que importa é a comunhão com o Dono da Bênção. Com o Doador, não a doação.

Igreja (Eclésia) = chamados para fora. Temos que sair do Egito, do mundo ...

3.2 – 2ª PROPOSTA
“Então disse Faraó: Eu vos deixarei ir, para que ofereçais sacrifícios ao Senhor vosso Deus no deserto; somente não ireis muito longe; e orai por mim.” Ex 8: 28
Essa é a 2ª proposta do diabo: “Não vá muito longe. Fique aqui por perto ... na fronteira, assim podem voltar a hora que quiserem.

Pode se batizar, mas não vire fanático. Uma vez por semana na igreja está mais do que bom. Se o pastor lhe pedir algo, não se envolva. Dê sempre as mesmas desculpas: “Não posso. Tenho família. Trabalho”.
Não vá muito longe. Continue freqüentando o bar, as boates, casas de massagem, adulterando de vez em quando, amasiado ... Não vá muito longe. Cuidado com o extremismo.

3.3 – 3ª PROPOSTA
“Replicou-lhes Faraó: Seja o Senhor convosco, se eu vos deixar ir a vós e a vossos pequeninos! Olhai, porque há mal diante de vós. Não será assim; agora, ide vós, os homens, e servi ao Senhor, pois isso é o que pedistes: E foram expulsos da presença de Faraó.” Ex 10: M10-11.
Faraó só quis deixar os homens ir. Porquê? Porque tirando o homem, desestrutura o lar. Tirar a figura do pai é desorganizar, dividir uma família.

É tirar a provisão, que está sobre os ombros masculinos, já que mulher é a auxiliadora.
Nunca aceite esse proposta do diabo. Queira cultura a Deus no deserto COM TODA TUA FAMÍLIA. Estão desviados? Ore, jejue mais um pouco. Profetize como Josué: “Eu e minha casa, serviremos ao Senhor”.

A promessa do Senhor é At 16.31.

3.4 – 4ª PROPOSTA
“Então mandou Faraó chamar Moisés, e disse: Ide, servi ao Senhor; somente fiquem os vossos rebanhos e o vosso gado; mas vão juntamente convosco os vossos pequeninos.” Êx 10. 24.
Esta é a última armadilha do diabo: ir cultuar sem os bens/dinheiro.

Quanta gente boa que já não está mais no Egito, está cultuando a Deus no deserto, mas só de boca, porque seus bens/dinheiro continuam no Egito, a serviço de Faraó. Estão de mãos vazias.

Faraó sabia que o sacrifício hebreu consistia em matar um animal, por isso queria ficar com os animais. Em segundo lugar, iriam viver do quê?. Iriam comer carne de quem, beber leite de quem no deserto.
O diabo sabe que se nossos bens ficarem no Egito morreremos cedo ou tarde.
Não deixe seus bens no Egito. Dizime, oferte, e, sempre que possível, disponha eles para a obra ...

CONCLUSÃO
“Então mandou Faraó chamar Moisés, e disse: Ide, servi ao Senhor; somente fiquem os vossos rebanhos e o vosso gado; mas vão juntamente convosco os vossos pequeninos.
Moisés, porém, disse: Tu também nos tens de dar nas mãos sacrifícios e holocaustos, para que possamos oferecer sacrifícios ao Senhor nosso Deus.

“E também o nosso gado há de ir conosco; nem uma unha ficará; porque dele havemos de tomar para servir ao Senhor nosso Deus; porque não sabemos com que havemos de servir ao Senhor, até que cheguemos lá.” Ex 10: 24 - 26

Glória a Deus que existem cristãos como Moisés, que falam.
“Então Faraó chamou Moisés e Arão de noite, e disse: Levantai-vos, saí do meio do meu povo, tanto vós como os filhos de Israel; e ide servir ao Senhor, como tendes dito. Levai também convosco os vossos rebanhos e o vosso gado, como tendes dito; e ide, e abençoai-me também a mim.

E os egípcios apertavam ao povo, e apressando-se por lançá-los da terra; porque diziam: Estamos todos mortos.

Ao que o povo tomou a massa, antes que ela levedasse, e as amassadeiras atadas e em seus vestidos, sobre os ombros.

Fizeram, pois, os filhos de Israel conforme a palavra de Moisés, e pediram aos egípcios jóias de prata, e jóias de ouro, e vestidos.

“E o Senhor deu ao povo graça aos olhos dos egípcios, de modo que estes lhe davam o que pedia; e despojaram aos egipcios.” Êx 12.31-36.

Para saber o resultado desta convicção e determinação de Moisés.
Durante séculos os egípcios tinham acumulado os tesouros de todas as nações através de guerras e conquistas. E tudo isso ficou para quem? PARA O POVO DE DEUS.
Sabe o que é isso?

“O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos; a riqueza do pecador, porém, é reservada para o justo.” Pv 13: 22.

Se os pecadores bento-gonçalvenses não se arrependerem, a riqueza deles será nossa, os justificados pelo Sangue do Cordeiro Pascal.

Por quê isso? Porque é a indenização que o mundo nos deve por tantos anos sem remuneração como escravos. Deus é Justo.

Não se desvie da Palavra do Senhor. Fique firme. Não aceite as negociações malignas. Quem se converter, não mendingará no deserto, Deus proverá maná, colunas, etc.

Orei pelos novos convertidos que estavam sofrendo com o revide maligno e para aqueles que viram que estavam negociando alguma área de suas vidas com o diabo.

Autor: Rafael Pasqualotto

A serviço do rei Pr João Nunes e Juçara Graczcki



Nenhum comentário:

Postar um comentário