quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

pecado - a separação entre a criatura e o criador

TEXTO BASE IS 59: 1 -2

INTRODUÇÃO

TEMA: PECADO - A SEPARAÇÃO ENTRE A CRIATURA E O CRIADOR

1° Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir;

2° “mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça. Perguntamos ao amigo leitor: o que é pecado?”

Pecado é desobedecer a Deus. Quando fizemos algo que vai contra a vontade de Deus cometemos um pecado, por exemplo: quando mentimos para alguém cometemos pecado, pois Deus é verdade, Deus é Santo, e na sua santidade não tem lugar para desonestidades (como a mentira).

Uma coisa é certa, durante toda história humana o homem tem tentado apagar o seu pecado mas descobriu que:



boas obras não o livram do pecado; boa moral não o livra do pecado; tempo não apaga o peso de um pecado; promessas não pagam o peso do pecado; puro arrependimento não resolve.
Sabe o que resolve o peso de um pecado?

É exatamente isso que explicaremos neste estudo.

Mas qual a conseqüência deste pecado?

O pecado separa a criatura (nós, homens) do criador (Deus).

Este pecado cria um abismo entre o pecador e Deus, mas isto cria uma separação não porque Deus não ama o pecador, mas isto cria uma separação porque Deus, que é Santo, não pode conviver com o pecado.
Há muitos exemplos na Bíblia disto, por exemplo em Gênesis 3:9, após o pecado de Adão e Eva (pecado original) nota-se visivelmente a separação entre Deus e o homem, pois depois de Adão ter pecado Deus pergunta a Adão: - "Onde Estás?" e não o que tu fizeste?.

Deus sabia que Adão tinha pecado, pois este pecado separou Adão de Deus.
Em Isaías 59:1-2 nota-se claramente que o pecado rompe a comunhão entre Deus e os homens, pois diz que a mão de Deus não está encolhida para que Ele não possa salvar, nem seus ouvidos surdos que não possam ouvir, porém nossos pecados fazem separação (um abismo) entre nós e nosso Deus, e com isso perdemos nossa comunhão com Ele.
O pecado também:

corrompe a natureza humana; mortifica o nosso espírito; nos deixa com sentimento de culpa (peso);
cria uma insatisfação que não sabemos donde vem; nos torna indecisos e sem propósito de vida (pois nós separamos de Deus, e como a Bíblia diz, fomos criados para estarmos com Deus).
Quem é pecador?
"Como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus, todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.
A garganta deles é sepulcro aberto; com a língua, urdem engano, veneno de víbora está nos seus lábios, a boca eles a têm cheia de maldição e amargura; são os seus pés velozes para derramar sangue, nos seus caminhos, há destruição e miséria; desconhecem o caminho da PAZ. Não há temor de Deus diante de seus olhos... porque não há distinção, pois todos pecaram e carecem da glória de Deus." (Romanos 3:10-18, 23).

Quero dizer que TODOS os homens não prestam diante de Deus, e que nenhum homem é santo, não há homem puro e bom diante de Deus, para Deus todos são inúteis, todos são pecadores;

TODOS PRECISAM DE JESUS PARA ALCANÇAREM A SALVAÇÃO.

Veja o que Jesus fala:

"Ide por todo o mundo e pregai o evangelho* a toda criatura.

Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado." (Marcos 16: 15-16)

A palavra "evangelho" significa boas novas que são a morte de Jesus para tirar os nossos pecados e sua ressureição.

Recapitulando, senão até eu vou me perder: 

1. Pecado é desobedecer a Deus.

2. Todos são pecadores.

3. Quem não crê em Jesus será condenado.

Vamos adiante...
"porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor." (Romanos 6: 23)

Isto é muito sério, só se paga o pecado com morte, então, amigo, como eu posso satisfazer a morte? Só dando a VIDA. Foi o que Jesus fez por nós na cruz.

Ele pagou os nossos pecados lá com a sua vida.

Cristo veio para que todos tenham vida, veio para acabar com a lei do pecado que exigia morte para que fôssemos salvos.

Cristo veio para que todos tenham vida e vida em abundância.

Esta vida em abundância que Cristo veio nos trazer é uma vida de felicidade e paz, que mesmo nós estando em dificuldades teremos conforto e paz em nossos corações.

Vida esta onde não carregaremos peso algum de pecados, pois temos o perdão deles. Vida esta que o mundo não pode ter, pois ignora o perdão do Senhor Jesus e assim assina sua sentença de morte.
Vejamos mais, sem sangue não há perdão dos pecados, veja:

"Com efeito, quase todas as cousas, segundo a lei, se purificam com sangue; e, sem derramamento de sangue, não há remissão." (de pecados) (Hebreus 9: 22).

O que se pode fazer para voltar a ter uma verdadeira comunhão com Deus e apagar este pecado?
Para eliminarmos o nosso pecado de nós, e assim fazermos Deus voltar-se a nós, temos que nos arrepender desses delitos, confessá-los a Deus que nos perdoa de tudo de errado que cometemos (não importa o tamanho do nosso pecado), pois Ele ama o homem (João 3: 16) e não deseja dele se afastar.
"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça" (I João 1: 9)

No Salmo 32 (por favor, leia todo este salmo) Davi fala sobre confissão de pecados ao Senhor.
Só quem morreu pelos nossos pecados tem poder para perdoá-los, a saber, quem morreu pelos nossos pecados, foi Jesus Cristo, foi a morte de um justo pelos injustos, a morte de um homem para salvar a humanidade.

O homem só é salvo em Jesus. Para explicar melhor vou usar uma parábola.

Existem dois mendigos miseráveis, não podem nada, não tem capacidade para nada.

Mas ambos tem uma dívida para pagar com um Senhor.

Então o filho deste Senhor se compadece da miséria dos mendigos e vem até os dois, e oferece o que tem de melhor de si para que possam pagar as suas dívida com o Senhor. Um mendigo aceita, e logo é perdoado pelo Senhor.

O outro, no seu orgulho (mesmo miserável), não aceita o que o filho do Senhor quer dar a ele e permanece sem ter sua dívida paga.

Mas chegará um dia que o Senhor cobrará deste mendigo sua dívida, o que terá ele para dar?

Vamos explicar:
Os mendigos somos nós, homens;

A dívida é o nosso pecado;

O Senhor é Deus;

O filho do Senhor é Jesus;

O que o filho do Senhor dá para pagar a dívida é o que ele tem de mais precioso, sua própria vida para nos salvar. Sua morte e ressurreição por nós na cruz;

O mendigo que aceita o presente de Jesus é o mendigo que é perdoado por Deus e que é salvo do fogo do inferno;

O mendigo que por orgulho não aceita o presente de Jesus (sua morte pelos nossos pecados) é aquele que permanece com a dívida, e no fim, vai pagar a sua dívida com a morte do fogo do inferno.

Que dureza, não? Mas graças a Deus que o Jesus morreu por nós, já pensou ter que pagar a nossa dívida com Deus com a nossa vida, isto é muito duro, é melhor que Jesus page por nós.

Por isto precisamos aceitar a Jesus, só ele pode nos dar vida eterna.

Voltando a Jesus, Ele carregou o preço do nosso pecado, mesmo sendo Ele Deus e não tendo nem um pecado em si (I Pedro 2: 24), para que nós tenhamos VIDA.

Confessando a Jesus e crendo que Ele (com o derramamento de Seu sangue precioso na cruz para nos salvar da lei do pecado) nos perdoou como diz a Bíblia, nos voltamos a Deus.

Bom, agora é fácil reestabelecer o teu propósito de vida, tua distância em relação a Deus, teu peso que tu não sabes de onde vem, confesse e Jesus te limpará de toda a iniqüidade.

"Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor, porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei." Jeremias 31: 34.

CREIA, que se confessares o teu pecado a Deus Ele é fiel e justo para nos perdoar e a nós não atribuir falta alguma (I João 1: 9). Deus perdoa todos os pecados, basta confessá-los a Jesus.

Deus conhece a nossa natureza e sabe que ela tornou-se corrompida pelo pecado. Mas o que fazer para vencer essa natureza pecadora?

Em Gálatas 5: 17 o apóstolo Paulo diz que a carne milita contra o espírito e este com a carne.

É como dois cachorros que estão em nosso interior, um branco (o espírito) e outro preto (a carne) duelando continuamente, um buscando a morte do outro; e tu sabes quem destes dois cachorros vencerá a batalha? Resposta: o que melhor alimentado estiver.

Portanto, se estás nascido no espírito (João 3: 6) alimente-se de coisas espirituais (como ler Bíblia, orações, jejuns, boas obras, busca de Deus...) e não de coisas carnais (como a sexualidade, impureza, ira, ciúme, discórdia, bebedices, inimizades...). Portanto, para vencermos a nossa natureza pecadora (que teremos em nós até o fim de nossos dias na terra) devemos alimentar o espírito para que este seja maior que a nossa carne e ele a vença em todo o momento.

Não podemos esquecer que não lutamos sozinhos contra o pecado, pois Deus também luta conosco, pois a função do Seu Espírito Santo (que toda a pessoa que aceita Cristo, como Senhor e Salvador tem) é nos administrar no caminho da salvação.

Este Espírito de verdade, que nas escrituras é chamado de Consolador, nos conduz com retidão ao caminho do Senhor Jesus, pois este Espírito é o encarregado (nos dias de hoje) pela obra de Deus.

Cristo é o remédio para o pecador, é um Santo remédio. Livra de tudo.

O que eu não posso fazer é tomar o remédio por ti, pois ele fará efeito em mim, e não em quem está doente.
O remédio é este: tu entrega os teus pecados a Jesus (confessando-os) e Ele te devolve a vida (e vida eterna).
"Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus. Portanto, convertei-vos e vivei" (Ezequiel 18: 32).

Não te deixe enganar, Deus não quer que ninguém morra ou vá para o inferno, JESUS TE AMA, veja...
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crêr não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3: 16).

Olha só o que Jesus fala para você:

"Eis que estou a porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo." (Apocalipse 3: 20)
A porta é o teu coração, Jesus quer que tu abra o teu coração para ele, que tu ouça a Sua voz, e tu verás o poder de Deus.

Alguns dos pecados mais comuns:

- impureza; idolatria (algo no lugar ou acima de Deus), adultério (relação sexual ilícita), homosexualismo, roubo, avareza (amor ao dinheiro), bebedices, glutonarias, maldições (pecados da língua), prostituição, feitiçarias, inimizades, ciúmes, iras, discórdias, invejas, incredulidade e mentira (qualquer tipo). (referências bíblicas: I Coríntios 6: 9-10; Gálatas 5: 19-21 e Apocalipse 21: 8).

Vamos recapitular de novo, porque Jesus quer que você saiba o que ele fez por você, ele quer que você saiba que: 

1. Pecado é desobedecer a Deus.

2. Todos são pecadores.

3. Quem não crê em Jesus será condenado.

4. Todos mereceriam o inferno.

5. Só Jesus, no seu sangue derramado na cruz, pode nos livrar do pecado e nos conduzir a Deus e a Salvação.

6. Tu é salvo pela fé em Jesus Cristo, aceitando o seu sacrifício na cruz por ti pessoalmente.
Agora tu sabe quem resolve a nossa dívida com Deus? Sabe o que purifica o homem? Só Jesus com o Seu sangue pode apagar o pecado.

A decisão é tua amado leitor!

A serviço do rei Pr João Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário