sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

como distinguir os pastores dos lobos

TEXTO BASE TITO 1: 5 – 16

INTRODUÇÃO

TEMA: COMO DISTINGUIR OS PASTORES DOS LOBOS

Encargo de organizar a igreja de Creta e reprimir falsos doutores

5. Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei:

6. Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes.

7. Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância;

8. Mas dado à hospitalidade, amigo do bem, moderado, justo, santo, temperante;

9. Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes.

10. Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão,

11. Aos quais convém tapar a boca; homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância.

12. Um deles, seu próprio profeta, disse: Os cretenses são sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos.

13. Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé.

14. Não dando ouvidos às fábulas judaicas, nem aos mandamentos de homens que se desviam da verdade.

15. Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados.

16. Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra.

É importante ressaltar aqui quatro verdades:

1. A liderança da igreja deve ser composta de um colegiado.

2. A liderança da igreja não é hierárquica.

3. A liderança da igreja deve ser constituída conforme prescrição bíblica.

4. A principal função da liderança da igreja é alimentar o rebanho com a Palavra.

I. OS ATRIBUTOS DOS PRESBÍTEROS, OS PASTORES QUE APASCENTAM O REBANHO (TITO 1. 6-9).

O presbítero precisa ser irrepreensível em três áreas distintas:

1. O presbítero precisa ser irrepreensível como líder de sua família (1. 6)

• Ele deve ser irrepreensível como marido (1.6).

• Ele deve ser irrepreensível como pai (1.6).

2. O presbítero precisa ser irrepreensível como despenseiro de Deus (1. 7,8)

O presbítero deve ser conhecido pelo que ele não é (1. 7).

• O presbítero não deve ser arrogante.

• O presbítero não deve ser irascível.

• O presbítero não deve ser dado ao vinho.

• O presbítero não deve ser violento.

• O presbítero não deve ser cobiçoso de torpe ganância.

O presbítero deve ser conhecido pelo que ele é e faz (1. 8).

• O presbítero deve ser hospitaleiro.

• O presbítero deve ser amigo do bem.

• O presbítero deve ser sóbrio.

• O presbítero deve ser justo.

• O presbítero deve ser piedoso.

• O presbítero deve ter domínio próprio.

3. O presbítero precisa ser irrepreensível como mestre da Palavra (1. 9)

O presbítero precisa demonstrar fidelidade doutrinária.

O presbítero precisa demonstrar capacidade para o ensino.

O presbítero precisa demonstrar habilidade na apologética.

II. AS CARACTERÍSTICAS DOS FALSOS MESTRES, OS LOBOS QUE DEVORAM O REBANHO (1.10-16)


1. A identidade dos falsos mestres (1.10)

Eles eram insubordinados (1.10).

Eles eram enganadores (1.10).

2. A influência dos falsos mestres (1.11)

Eles eram proselitistas quanto ao ensino (1.11).

Eles eram corruptores quanto à moral (1.11).

Eles eram gananciosos quanto à motivação (1.11).

3. O caráter dos falsos mestres (1.12,13)

Eles eram mentirosos (1.12).

Eles eram violentos (1.12).

Eles eram glutões preguiçosos (1.12).

4. Os erros dos falsos mestres (1.14-16)

Eles eram legalistas quanto à teologia (1.13b,14).

Eles eram corrompidos quanto ao julgamento (1.15).

Eles eram inconsistentes quanto ao testemunho (1.16).

CONCLUSÃO

A igreja não pode ficar na defensiva, mas precisa ser proativa.

A igreja precisa velar pelas suas instituições de ensino.

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário