segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

não sei por quais caminhos Deus me conduz, mas conheço bem meu guia.

A felicidade não está no quanto temos, mas no quanto repartimos.

Às vezes temos a memória afiada para reclamar e lerda para agradecer.

Quando a sua fonte seca, o manancial de Deus continua jorrando.

Você precisa depender mais do provisor do que da provisão.

Deus está mais interessado em quem você é do que o que você faz.

O diabo, inimigo de nossas almas, é um estelionatário e o pecado é uma fraude.

A liberdade é fruto da graça de Deus em nossa vida; a libertinagem resultado do domínio do pecado.

Não é o batismo que salva, mas o salvo deve ser batizado.

Ninguém pode ser salvo a menos que saiba que é pecador.

A Bíblia diz que, pelas obras, você não pode ser salvo, porque se você guardar toda a lei e tropeçar num único mandamento você é culpado da lei inteira.

Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Somos diferentes uns dos outros em grau, mas não em natureza.

Quando você abre o coração para a generosidade, você destrói o demônio da ganância.

Quando o homem não escuta a voz da graça, ouve a trombeta do juízo.

Deus não derrama seu juízo antes de chamar ao arrependimento.

Quem é verdadeiramente convertido demonstra gratidão.

Não compramos salvação com nossas obras… Elas não sua a causa da nossa salvação, mas sua evidência.
A graça de Deus não é um produto. O evangelho não é uma mercadoria. A igreja não é uma empresa. O céu é de graça.



A serviço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário