segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

conquistando o impossível

TEXTO BASE JS 14: 6 - 14

INTRODUÇÃO 

TEMA: CONQUISTANDO O IMPOSSÍVEL 

6. Então os filhos de Judá chegaram a Josué em Gilgal; e Calebe, filho de Jefoné o quenezeu, lhe disse: Tu sabes o que o SENHOR falou a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia por causa de mim e de ti.

7. Quarenta anos tinha eu, quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia a espiar a terra; e eu lhe trouxe resposta, como sentia no meu coração;

8. Mas meus irmãos, que subiram comigo, fizeram derreter o coração do povo; eu porém perseverei em seguir ao SENHOR meu Deus.

9. Então Moisés naquele dia jurou, dizendo: Certamente a terra que pisou o teu pé será tua, e de teus filhos, em herança perpetuamente; pois perseveraste em seguir ao SENHOR meu Deus.

10. E agora eis que o SENHOR me conservou em vida, como disse; quarenta e cinco anos são passados, desde que o SENHOR falou esta palavra a Moisés, andando Israel ainda no deserto; e agora eis que hoje tenho já oitenta e cinco anos;

11. E ainda hoje estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; qual era a minha força então, tal é agora a minha força, tanto para a guerra como para sair e entrar.

12. Agora, pois, dá-me este monte de que o SENHOR falou aquele dia; pois naquele dia tu ouviste que estavam ali os anaquins, e grandes e fortes cidades. Porventura o SENHOR será comigo, para os expulsar, como o SENHOR disse.

13. E Josué o abençoou, e deu a Calebe, filho de Jefoné, a Hebrom em herança.

14. Portanto Hebrom ficou sendo herança de Calebe, filho de Jefoné o quenezeu, até ao dia de hoje, porquanto perseverara em seguir ao SENHOR Deus de Israel.

Deus quer não apenas nos abençoar, mas nos transformar em verdadeiros conquistadores. 
De que adianta conseguir uma benção, experimentar um milagre, mas seguir vivendo como um derrotado? 

O que o Senhor quer fazer em nós é mudar nossa atitude diante da vida, levando-nos a conquistar nossos ideais pela fé.

A Bíblia está cheia de exemplos de conquistadores. Calebe é um deles. 
Este homem guardou uma promessa de Deus por mais de quarenta anos e finalmente a conquistou. 

No dia em que o Senhor lhe prometeu o Monte Hebrom, Calebe concebeu um sonho. 
Mas sonhos são apenas sonhos, se não tivermos o caráter de vencedores. Vamos ver as marcas que fazem de um homem um conquistador em Deus:

1. Ele guarda as promessas de Deus para sua vida – (JS 14: 6,7,9).


Calebe não tinha apenas sonhos humanos, mas buscou projetar sua vida de acordo com a Palavra de Deus. Uma vez que o Senhor lhe fez promessas, ele creu e não abriu mão delas. 
Por quarenta anos ele insistiu em crer e foi pela sua perseverança que Deus o abençoou.

2. Ele não dá ouvidos às vozes da incredulidade – (JS 14: 8).

Se há um inimigo das nossas conquistas, esse inimigo é a incredulidade. 

Muitos tentarão nos convencer que o caminho da fé não nos levará a nada. 

Calebe foi um dos poucos em sua geração que creu no que Deus dizia. 

Ele não se amoldou aos incrédulos! Essa é ima marca dos conquistadores de sonhos.

3. Ele reconhece o favor de Deus, mesmo quando ainda não tem tudo o que busca – (JS 14: 10).

Você seria capaz de esperar quarenta anos por uma bênção e ainda assim ter um coração agradecido? 

Pois Calebe reconhecia que a bênção do Senhor o mantivera vivo e com vigor! A gratidão é um segredo espiritual. 

Aquele que não vê a mão de Deus na dificuldade desanima e não consegue perseverar.

4. Ele tem disposição de lutar pelos seus sonhos – ( JS 14: 11).

O monte que Calebe queria estava cheio de inimigos, mas ele estava disposto a lutar contra eles. 

Muitas vezes pensamos que a fé nos livra das lutas e nos entrega a bênção “de mão beijada”, mas na verdade temos que pelejar pelo que almejamos, pois a fé não é um sentimento, mas uma atitude.

5. Ele reivindica as promessas, confiando no poder de Deus – (JS 14: 12).

Um conquistador de sonhos pede objetivamente o que quer. Ele não espera passivamente que as coisas aconteçam, mas ora e insiste com Deus, confiando não na sua própria força, mas no poder do Altíssimo.

Conclusão
Estamos iniciando uma nova História, um novo começo. 

Tempo de renovar as forças, a esperança, pois como Calebe, repousa sobre cada um de nós as promessas de um Deus que é Pai e jamais desampara ou frustra um filho.

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário