domingo, 15 de fevereiro de 2015

não deixe o passado dominar seu futuro

TEXTO BASE RUTE 1: 8 -18

INTRODUÇÃO

TEMA: NÃO DEIXE O PASSADO DOMINAR SEU FUTURO 

8. Disse Noemi às suas noras: Ide, voltai cada uma à casa de sua mãe; e o SENHOR use convosco de benevolência, como vós usastes com os falecidos e comigo.

9. O SENHOR vos dê que acheis descanso cada uma em casa de seu marido. E, beijando-as ela, levantaram a sua voz e choraram.

10. E disseram-lhe: Certamente voltaremos contigo ao teu povo.

11. Porém Noemi disse: Voltai, minhas filhas. Por que iríeis comigo? Tenho eu ainda no meu ventre mais filhos, para que vos sejam por maridos?

12. Voltai, filhas minhas, ide-vos embora, que já mui velha sou para ter marido; ainda quando eu dissesse: Tenho esperança, ou ainda que esta noite tivesse marido e ainda tivesse filhos,

13. Esperá-los-íeis até que viessem a ser grandes? Deter-vos-íeis por eles, sem tomardes marido? Não, filhas minhas, que mais amargo me é a mim do que a vós mesmas; porquanto a mão do SENHOR se descarregou contra mim.

14. Então levantaram a sua voz, e tornaram a chorar; e Orfa beijou a sua sogra, porém Rute se apegou a ela.

15. Por isso disse Noemi: Eis que voltou tua cunhada ao seu povo e aos seus deuses; volta tu também após tua cunhada.

16. Disse, porém, Rute: Não me instes para que te abandone, e deixe de seguir-te; porque aonde quer que tu fores irei eu, e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus;

17. Onde quer que morreres morrerei eu, e ali serei sepultada. Faça-me assim o SENHOR, e outro tanto, se outra coisa que não seja a morte me separar de ti.

18. Vendo Noemi, que de todo estava resolvida a ir com ela, deixou de lhe falar.

Todos nós temos uma história. Rute e Órfa também tinham uma história. 

A história das duas eram histórias tristes. De sonhos desfeitos, de lágrimas, de perdas, de luto e de frustração. 

As duas foram visitadas pela dor. As duas receberam duros golpes da vida. 

Tanto Rute, quanto Órfã. Estavam destruídas por dentro. 

Quanto aos sentimentos ambas estavam amarguradas. 

Quanto às memórias, o que dominava eram as lembranças amargas. 

A volta de Noemi para Belém representava para as duas uma oportunidade de mudança. 

Era a oportunidade de esquecer o passado e apostar no futuro. Noemi diz que vai seguir em frente e oferece às duas a oportunidade de voltar atrás.

Uma das duas noras opta por regressar a sua casa e ao seu passado. 

O nome dela é Orfa que singnifica “a que volta as costas”. 

Ela representa todas aquelas pessoas que voltam ao passado para resolver seus problemas. 

Ela representa também as pessoas que vivem presas ao seu passado. 

A outra é Rute e opta pela fidelidade à sua sogra. O nome dela significa “fiel, amiga”. 

Uma opta pelo passado, outra pelo futuro As lições que aprendemos com as duas noras de Noemi tem muita relevância para nossa vida, pois somos pessoas com história. 

E somos hoje o que o passado fez de nós. 

O ódio de hoje foi o ressentimento de ontem. 

A amargura de hoje foi tristeza ontem. 

A inimizade de hoje, foi um simples desentendimento ontem. 

Também o sucesso de hoje foi um risco ontem. 

A alegria de hoje foi uma tentativa ontem.

O nosso futuro é determinado pela maneira como enfrentamos nosso passado.

I. O PASSADO SEMPRE VAI TENTAR NOS SEGURAR PRESOS A ELE . RT 1: 8 -10


O passado é uma força capaz de nos dominar. O passado é terra onde já pisamos. 

O futuro ainda é uma possibilidade.

As duas receberam a oportunidade de voltar. 

Voltar para casa, tentar tocar a vida, sem contudo tomar nenhuma decisão de mudança.

Não podemos tocar nossa vida enquanto não esquecermos o passado. 

Não podemos seguir rumo à vitória, enquanto não nos libertarmos do passado. 

O Apóstolo Paulo nos ensinou muito bem a lição: “esquecendo das coisas que para trás ficaram, prossigo para o alvo” (Fp 3. 13-14)

II. O PASSADO QUANDO AMARGO É INIMIGO DE NOSSAS ESPERANÇAS – RT 1: 11-13

Noemi diz a elas que não pode oferecer esperança nenhuma a elas. Noemi não tem nada a oferecer a lhes oferecer..

O passado sempre volta nos momentos mais difíceis de nossa vida. 

Quando pensamos que vamos ter alguma esperança. 

Quando pensamos que nossa vida vai mudar, vem à nossa mente as lembranças amargas, as memórias dos momentos difíceis que vivemos. 

Precisamos lembrar que o passado não pode ser mudado. 

As coisas que fizemos no passado não podem não existir, mas para isso o Senhor já providenciou soluções. 

Para os nosso erros passados ele providenciou o perdão. 

Para toda a vida que passou ele providenciou o novo nascimento, que faz com que possamos viver uma nova vida. 

Através da presença de Jesus em nossa vida passamos a viver as coisas novas de Deus (2 Cor 5.17)

III. VOLTA ATRÁS AQUELE QUE VIVE PRESO AO PASSADO . RT 1: 14

Orpha não conseguiu acreditar no futuro. 

Orfa achou melhor voltar. Ela preferiu o seu passado do que o futuro.

Assim como ela muitas pessoas não conseguem ir adiante em sua aposta no futuro. 

Não conseguem mudar de vida. Não acreditam na cura, pois já estiveram doentes. 

Não acreditam em amizades porque tiveram inimigos. Não confiam nas pessoas porque já foram traídas.

Estas pessoas não deixam que o poder do Senhor Jesus transforme seu coração. 

Estas pessoas não são abençoadas pois uma força as puxa para baixo. 

Elas ficam paradas, vêem o tempo passar, outras pessoas sendo abençoadas, prosperando, crescendo e sendo ungidas, mas elas estão amarguradas com o que aconteceu ontem que não reconhecem o poder de Jesus. 

Um exemplo é Marta. Quando seu irmão Lázaro morreu, Jesus demorou quatro dias para chegar, ela ficou presa ao dia da morte de seu irmão e não acreditou que Jesus poderia ressucitá-lo. 

É preciso reconhecer que Jesus é poderoso hoje para transformar sua vida.

IV. A CURA PARA O PASSADO AMARGO É DEIXÁ-LO PARA TRÁS, VIVENDO AS OPORTUNIDADES DO PRESENTE RT 1: 16-18

Rute ao contrário de Orfa e da maioria das pessoas tomou uma atitude bem diferente. 

Ao invés de usar seu passado para lamentar, parar, ficar chorando ela surpreendeu todo mundo usando o passado para não voltar à ele.

Ela não queria sofrer outra vez. 

Aquela terra não a fez feliz. 

Aquele povo não a ajudou. 

Aquele Deus não mudou sua vida.

Rute ao deixar seu passado para trás tomou a única atitude que um vencedor em Cristo pode tomar. 

Se ficarmos remoendo, lembrando nossas mágoas, nossas revoltas, nossas tristezas, nossos erros,não daremos oportunidades para o Senhor agir em nossa vida. 

Não cresceremos, não seremos abençoados e veremos outras pessoas avançando e nós ali, paralisado pelas lembranças que já deveriam estar anuladas.

CONCLUSÃO

Nossa vida em Cristo é tão profunda, quanto a intensidade de nossas decisões. 

Nossa atitude com o passado é uma questão de decisão. 

Decida vencer o passado. Dê um passo a frente. Moabe a terra da ausência da benção deve ficar para trás. 

Devemos escolher Belém a terra do pão. Jesus é o nosso pão. Ele é nossa melhor decisão. 

Ele diz: “Venha a mim, você que está cansado e exausto” (Mt 11. 28). 

Você que cansou de viver aprisionado pelo passado, aceite a provisão de Cristo para ser liberto e Deus vai te abençoar.

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado



Nenhum comentário:

Postar um comentário