sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

oitenta razões porque o cistão em jesus não pode perder a salvação

TEXTO BASE 1 Pd 3: 20 - 21

INTRODUÇÃO

TEMA: OITENTA RAZÕES PORQUE O CRISTÃO EM JESUS NÃO PODE PERDER A SALVAÇÃO

“Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água;” 1 Pd 3: 20 - 21

“Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo;” 1 Pd 3: 20 - 21

1. Gênesis 7: 16 – Sendo a arca um tipo de Cristo (I Pedro 3: 20,21; Romanos 3: 6: 4), o crente está seguro nele (Colossenses 3: 3; Apocalipse 3: 7).

02. Efésios 4: 30 – O crente está selado no Espirito Santo (Efésios 1:13; II Timóteo 2:19), e este selo é inviolável e irrevogável (Ester 8: 8; Daniel 6:12).

03. II Coríntios 1: 22 – O crente tem o penhor do Espirito Santo como garantia segura e inabalável (II Coríntios 5:5).

04. Gálatas 3: 15 – Deus fez com o crente, na pessoa de Abraão (Gálatas 3:29), uma aliança irrevogável.

05. I Coríntios 11: 25 – Deus fez com o crente, na pessoa de Abraão, uma aliança incondicional, selada com sangue (Jeremias 34:18, 19; Gênesis15: 12-21), e não com sapato (Rute 4: 7,8) ou com sal (Números 18:19; Levítico 2:13).

06. Gênesis 15: 12 – Deus fez com o crente, na pessoa de Abraão, uma aliança unilateral (o rompimento da aliança só seria possível se Deus morresse).

07. Jeremias 31: 31-33 – Mediante a nova aliança (com sangue), o temor do Senhor é insuflado no coração do crente (Jr.32: 39,40) para que não se aparte de Deus (Hb.3: 12;8: 8-13; Ez. 36: 26,27).

08. Salmos 12: 7 – O crente é guardado por Deus, do mal que há no mundo.

09. Salmos 17: 8 – O crente é guardado por Deus como a menina dos Seus olhos.

10. Salmos 25: 20 – A alma do crente é guardado por Deus (Sl. 97:10).

11. Salmos 37: 28 – O crente é preservado para sempre.

12. Salmos 12l: 5-8 – O Senhor guarda o crente; guarda a sua alma de todo o mal; guarda a sua saída; guarda a sua entrada; e o guarda para sempre.

13. Salmos 145: 20 – O Senhor guarda os crentes que O amam.

14. Jeremias 31:3  – O amor de Deus para com o crente é eterno.

15. Jó 5:19 – O crente é guardado do mal (Sl.91: Jo.17: 9-26).


16. I João 5:18 – O crente é guardado do maligno (IITs.3: 3; Jr.31:11).

17. Judas 24 – O crente é guardado para não tropeçar (ISm.2: 9; Is.63:13).

18. João 11: 9 – A fé do crente não lhe permite tropeçar (Rm.9: 31-33).

19. Provérbios 10: 25 – O crente tem perpétuo fundamento (IITm. 2:19; ICo. 3:11).

20. I Pedro 1: 5 – O crente é guardado pela fé no poder de Deus.

21. Hebreus 12: 2 – Jesus é o Autor da fé, e por isso, o crente não pode perdê-la (Fp.1: 29; 
ICo.3: 5; At.18: 27; Gl. 5: 22; IITs.3: 2).

22. Romanos 16: 25 – O crente é guardado pelo poder de Deus (IITm.1:12; Jd. 24).

23. Hebreus 6: 17 – A salvação do crente se fundamenta em duas coisas imutáveis: 

a) a promessa (Js.21: 45; At.13: 32; IICo.1: 20; Ef.3: 6; Hb.9: 14,15;10: 23; IJo. 2: 25); 

b) o juramento (Hb.6: 16). Só a promessa, sem o juramento já era em si mesma suficiente, mas Deus querendo mostrar a imutabilidade daquilo que Ele decretou, foi além da promessa, fazendo juramento. 

E Deus foi ainda mais além quando jurou pelo Seu próprio nome, porque não havia outro nome superior ao Seu (Hb.6:13,16; Jr.44: 26;Nm.23:19).

24. Salmos 37: 33 – O crente jamais será condenado (Sl.89: 30-35; ICo.11: 32).

25. Salmos 37: 23,24 – Se o crente cair, não ficará prostrado (Sl.145:14; Pv.24:16; Jó 4:4; Rm.14: 4; Mq.7: 8).

26. Salmos 121: 3 – O crente pode cair da graça (Gl.5:4), mas jamais cairá para a perdição (Sl.17: 5;66: 9).

27. Isaías 46: 3,4 – O crente é conduzido por Deus até o fim (Sl.121: 8).

28. I Coríntios 10:13 – A tentação não pode condenar o crente (Rm.6:14,18; IIPe.2: 9).

29. João 4:14 – O crente jamais terá sede (Lc.16: 24).

30. João 5: 24 – O crente já passou da morte para a vida.

31. Romanos 6: 8,9 – O crente já morreu com Cristo (IITm. 2:11).

32. I Pedro 1: 3,4 – O crente foi regenerado para uma viva esperança.

33. I Pedro 1: 23 – O crente foi regenerado pela Palavra de Deus.

34. I João 3: 9 – O crente foi regenerado pelo Espirito Santo (Jo.3: 5; Tt.3: 5).

35. João 6: 37-40 – O crente jamais será lançado fora.

36. João 6: 47 – O crente já possui a vida eterna (IJo.5:11-13; ITm.6:12).

37. João 10: 28 – O crente não pode ser arrancado da mão do Filho.

38. João 10: 29 – O crente não pode ser arrancado da mão do Pai.

39. Lucas 15: 3-10 – Há alegria no céu por um pecador que se arrepende.

40. João 10: 27 – O crente é conhecido do Senhor (Jo.10:14; IITm.2:19; ICo.8: 3; Gl.4: 9; Mt.7: 21-23).

41. Mateus 28: 20 – Jesus está com o crente todos os dias até o fim dos séculos.

42. Romanos 8:1 – Nenhuma condenação há para o crente (Rm.8: 33,34).

43. Romanos 8: 30 – Sendo justificado, o crente também será glorificado.

44. Romanos 8: 28 – Todas as coisas cooperam para o bem do crente (Gn.50: 20).

45. Romanos 8: 35-39 – Nada poderá separar o crente do amor de Deus (Jo.13: 1).

46. I Coríntios 3: 15 – O crente infiel será salvo como pelo fogo (ICo.5: 1-5;11:29-32).

47. I Coríntios 1: 8 – O crente será confirmado até o fim (Rm.16: 25; IITs.3: 3).

48. Filipenses 1: 6 – Deus mesmo terminará a obra no crente (Fp.2: 13).

49. Colossenses 3: 3 – A vida do crente está escondida com Cristo em Deus.

50. Efésios 5: 27 – A igreja será sempre irrepreensível (IICo.11: 2; ICo.12: 26,27).

51. I Tessalonicenses 5:1-10 – O crente não será surpreendido na vinda do Senhor.

52. II Timóteo 2: 13 – O crente infiel será salvo pela fidelidade de Deus (Rm.3:3).

53. Hebreus 13: 5 – O crente jamais será abandonado por Deus.

54. I João 5: 1 – O crente é nascido de Deus, e não pode “desnascer”

55. I Pedro 1:4 – O crente possui a natureza divina.

56. Romanos 8: 9-11 – O crente é propriedade de Cristo (ICo. 6:19,20).

57. I Tessalonicenses 5: 23,24 – O crente é conservado irrepreensível.

58. I João 5:16 – O crente não pode pecar para a morte eterna (IJo.3: 9;5:18).

59. I Coríntios 12: 3 – O crente não pode blasfemar contra o Espírito Santo (Mt.12: 32; Mc.9: 

39,40;Lc.11: 23; IJo. 5:10; Jo.3: 33).

60. I João 2: 19 – O crente é perseverante na fé (Mt.10: 22;24:13; IIJo. 9; Ap.13:10;14:12).

61. João 10: 26 – O crente é ovelha e não porca lavada (IIPe.2: 20-22).

62. João 13: 10 – O crente já está limpo do seu pecado (Jo.15: 3).

63. I Coríntios 1: 30 – Cristo é a justiça do crente.

64. I Coríntios 1: 30 – Cristo é a santificação do crente.

65. I Coríntios 1: 30 – Cristo é a redenção do crente.

66. Salmos 25: 20 – Deus é o refúgio do crente (Hb. 6:18).

67. I João 2: 22,23 – O crente não pode negar o filho (Mt.10: 33; IITm. 2:12).

68. Romanos 8: 37 – O crente sempre será vencedor (Jo.16: 33; Ap.2:7,11,17,26;3: 5,12,21).

69. I João 5: 4 – O crente vence o mundo.

70. I João 2:14 – O crente vence o diabo (IJo.4: 4; Ap.12:11).

71. Romanos 6:14 – O crente vence o pecado (a carne).

72. Romanos 11: 29 – O dom de Deus é irrevogável.

73. João 19: 30 – Todo o pecado do crente está consumado.

74. Gálatas 3: 13 – O crente foi resgatado para sempre da maldição da lei.

75. Apocalipse 5: 9 – O crente foi comprado com sangue (ICo.6: 20;7: 23; IPe.1:18,19).

76. Salmos 90: 17 – É Deus quem efetua a obra no crente (Jo.3: 21; Ef.3: 20; Is. 26:12;64: 4; Fp. 2:13).

77. João 17: 20 – Cristo intercedeu pelos crentes, e continua intercedendo (Hb.7: 25; IJo. 2: 1; Rm. 8: 34).

78. Romanos 8: 26,27 – O Espírito Santo intercede pelo crente.

79. II Coríntios 1: 20 – Jesus é o “Amém” das promessas de Deus (Jo.6: 47).

80. I Pedro 4:1 – O crente já cessou do pecado (Rm.6:14; IJo.3: 9).

Louvado seja o Senhor Jesus Cristo pela Salvação eterna! Engrandecido seja o seu nome, porque a salvação das nossas almas não depende dos nossos esforços, e sim exclusivamente dele. 

Somos irremediavelmente salvos, vamos viver com Cristo pelos séculos dos séculos amém!

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário