quarta-feira, 4 de março de 2015

adultério através dos séculos

A O ADULTÉRIO ATRAVÉS DOS SÉCULOS

"Na Índia, em obediência às leis de Manu, a adúltera era devorada por cães e o cúmplice queimado vivo.”

No Egito, o adultério foi a princípio punido com a morte, e mais tarde, no fim do primeiro século antes de Cristo, era esse crime castigado com 100 pauladas, no homem, e com a mutilação do nariz, na mulher.

Na Síria, a esposa traída podia perseguir o marido e mandá-lo afogar na água.

Entre os judeus, não só a pena de morte alcançava a adúltera, como também a noiva que pecasse com outrem que não fosse o noivo, ou a viúva que pecasse com quem não fosse o irmão ou mais próximo parente do marido defunto.

Os rabinos dizem que a morte reservada à adúltera era a estrangulação, mas no evangelho de S. João VIII, afirma-se que a pena era a lapidação: 

"Mestre, esta mulher foi surpreendida em ato de adultério. Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres...".

Nos tempos heróicos da Grécia, o adultério foi considerado crime que dava ao marido ofendido o direito de vingança até sobre a família do ofensor, no caso da fuga deste.

Zaleuco, legislador dos lócrios, ordenou que fossem tirados os olhos aos culpados de adultério.

Infelizmente o que mais se nota nos dia de hoje, são apologia ao adultério, sendo sem duvidas no Brasil, a campeã a Tv Globo com suas novelas e o tal do BBB, também desta mesma emissora.

I. O ADULTÉRIO NOSSO DE CADA DIA

Parece simples, como aprendemos os princípios desde pequenos de não trair, pois é pecado. Isto mesmo traição em qualquer sentido é pecado mesmo. 

O adultério é uma das sformas mais vistas hoje em dia de pecar contra os ensinamentos de Cristo. Com certeza este mandamento é mais atual de todos. 

Êxodo 20: 14 diz “Não Adulterarás”. Tudo adulterado é uma coisa impura, como a gasolina adulterada. 

É um combustível impuro. Quando Deus pede para que nós não adulteremos  
Ele quer que não nos tornemos impuros. 

Nos dias atuais a internet é uma das formas mais fáceis de encontrar o que procuramos e com certeza há muitas pessoas que só usam para este fim.

II. DEUS CRIOU O HOMEM E A MULHER E É O AUTOR DO SEXO (Gen 1: 27- 28 / 2: 20 - 25).

Portanto, o sexo e a relação sexual, dentro do marco do propósito de Deus, que é o casamento, é puro e santo. 

Segundo o relato bíblico, a mulher foi feita de uma parte física do homem. 
Assim que existe, desde o principio, uma afinidade natural entre os dois sexos. 

Deus colocou entre os dois uma atração mutua. Isto é normal e constitui uma lei natural em toda a raça .

Evidentemente, esta atração entre os sexos foi estabelecida por Deus tanto para a felicidade do ser humano, como também para a procriação da raça. 

Visto que é uma relação tão dinâmica e tão poderosa, para evitar abusos e conseqüências tristes, Deus mesmo determinou certos limites bem claros que devemos respeitar inquestionavelmente.

III. AS RELAÇÕES SEXUAIS SÃO RESERVADAS UNICAMENTE PARA A VIDA MATRIMONIAL.

A passagem referida em Gênesis deixa claro que a relação normal é de monogamia.
Dentro do matrimonio a relação sexual é pura, normal, prazerosa, legitima não é suja ( I Cor. 7. 2 - 5, 10-17). 

A mesma deve ser livre de impurezas e de atitudes abusivas, egoístas e anormais.
Nós vivemos em uma época em que a oferta de sexo por parte dos meios de comunicação  tem feito do tema sexual um item de alto consumo, paradoxalmente se tem multiplicado as disfunções sexuais (problemas com a sexualidade). 

Muitas pessoas não conseguem desfrutar de suas relações intimas, acumulando uma grande insatisfação.

Parece que a abertura sexual e a liberação de uma censura, que tanto temos combatido num passado não muito longe, não nos tem dado bons resultados no terreno concreto e cotidiano: a cama.

Isso porque a sexualidade que antes se descobria pouco a pouco com uma grande dose de excitante curiosidade, atualmente é consumida, por “atacado”. 

Despojando ao sexo de seu antigo mistério, não se logrou mais que transformá-lo num prato bastante comum, um verdadeiro “PF” do grande menu da sociedade de consumo.

 Sexo e violência, somados e entrelaçados nas produções para cinema, TV e revistas, conformam uma fórmula de grande êxito...para seus produtores. 

Entretanto, para nós, inadvertidos e famintos consumidores culturais, essa associação só tem redundado em mais insatisfação e uma multiplicação dos delitos relacionados com o sexo, como estrupos e abusos.

IV. REMÉDIO CONTRA ADULTÉRIO:

1- Ler a bíblia e orar diariamente. Pergunte a um adúltero se ele lê a Bíblia e ora todo dia!

2- Condenar todas as facilidades que o Diabo tem criado

3- Pensar nas coisas que são de cima e não nas que são da terra- Col. 3. 2

4- Viver Cristo- Gálatas 2. 20- Vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim.

5- Temer a Deus. Falta o temor de Deus em muitos crentes. Temor, é um medo santo de desagradar Deus.

6- Respeitar a presença de Jesus

CONCLUSÃO

Estejamos atentos a todos os mandamentos de Deus, absolutos para as nossas vidas.

“E as borlas estarão ali para que, vendo-as, vos lembreis de todos os mandamentos do Senhor e os cumprais; não seguireis os desejos do vosso coração, nem os dos vossos olhos, após os quais andais adulterando, para que vos lembreis de todos os meus mandamentos, e os cumprais, e santos sereis a vosso Deus. 

Eu sou o Senhor, vosso Deus, que vos tirei da terra do Egito, para vos ser por Deus. 
“Eu sou o Senhor, vosso Deus”. (Números 15. 39 - 41)

Quando você se mantém puro no casamento, quando você espera a hora do casamento para ter uma vida sexual ativa, você está um pouco sozinho neste mundo, mas está na companhia de Deus. Não vale a pena?

A serviço de Rei, Pr João Nunes Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário