segunda-feira, 6 de abril de 2015

as virtudes dos salvos em cristo

TEXTO BASE FL 2.12 - 18

INTRODUÇÃO

TEMA: AS VIRTUDES DOS SALVOS EM CRISTO

12. De sorte que, meus amados, assim como sempre obedecestes, não só na minha presença, mas muito mais agora na minha ausência, assim também operai a vossa salvação com temor e tremor;

13. Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.

14. Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas;

15. Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;

16. Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão.

17. E, ainda que seja oferecido por libação sobre o sacrifício e serviço da vossa fé, folgo e me regozijo com todos vós.

18. E vós também regozijai-vos e alegrai-vos comigo por isto mesmo.

Gn 3: 15 – Tão logo quando entrou o pecado no mundo, a inocência se dissipou e o homem se tornou uma criatura culpada diante de Deus, o Senhor pronunciou estas palavras de graça e misericórdia a um mundo perdido.

I. SIGNIFICADOS DA PALAVRA “SALVAÇÃO”

Saúde; ajuda; segurança; cura; recuperação; redenção; remédio; bem-estar; ser liberto; soltar; livrar; conceder vitória; estar seguro; vingar-se; preservar.

Inclui propiciação, reconciliação; regeneração, justificação, santificação e glorificação.

De modo geral, no Antigo Testamento, o vocábulo possui um forte significado religioso, pois era Jeová quem operava o livramento (Sl 68: 19-20).

No Novo Testamento a idéia de salvação significa, basicamente:

A - Perdão dos pecados (Lc 7: 50; I Cor 1:18; Ef 2: 5-8);

B - Livramento do poder do pecado (Rm 6:14; Fp 1:19); e

C - A derrota de Satanás (Rm 13:11; I Jo 3: 2).

II. ASPECTOS MARAVILHOSOS DA SALVAÇÃO:

1. A Salvação é grande (Hb 2: 3) - Ela é grande porque procede de um Deus grande, destina-se a um grande pecador e há de durar por toda a grandeza da eternidade (Jo 5: 24).

2. A salvação é perfeita (Hb 7: 25a) - Ela resulta de um sacrifício perfeito e conduz o homem a um estado de perfeição espiritual.

3. A salvação é condicional (Hb 7: 25 b; Ef 2: 8) - Unicamente pode ser experimentada pelos que se aproximam de Deus através de Cristo pela fé (Jo 14: 6).

4. A salvação é graciosa (Tt 2:11) - Todo o seu preço foi totalmente pago quando Jesus se deu a Si mesmo no Calvário por nós

5. A salvação é urgente (II Cor 6:1-2) - Não deve haver qualquer tipo de procrastinação da parte do homem. Amanhã pode ser tarde demais.

6. A salvação é comum (Jd 3) - Esta palavra também se usa em Tt 1: 4, significando “COMUM A TODOS”. Não existem privilegiados ou desfavorecidos na Igreja. 

A todos Deus estende o mesmo manto, a mesma graça, a mesma salvação.

7. A salvação é poderosa (Lc 1: 69) - A salvação é poderosa em sua origem, sua natureza, sua extensão e seus efeitos. Quer dizer, é totalmente poderosa.

III. A MENSAGEM DA CRUZ SE TORNOU ETERNA:


Ef 2: 13, 16; Cl 1: 20 – Como uma cruz aponta para várias direções: para cima, para baixo e para os lados. 

Assim a mensagem da vitória de Cristo que Ele ganhou na cruz, é dirigida para todos os lados:

1. A cruz aponta para baixo – Ela proclama a vitória de Jesus sobre o diabo; a cabeça da serpente foi ferida – Cl 2: 14-15.

2. A cruz aponta para cima – É a mensagem de Deus dizendo que, agora, o mundo está reconciliado com Ele – Jo 19: 30 cf II Cor 5:19.

3. Os braços da cruz estão abertos – Representam os braços do perdão de Deus que agora estão abertos para receber a todos – Jo 3:16 cf Is 1:18.

IV. A ALEGRIA DA SALVAÇÃO E A NOVA VIDA EM CRISTO:

Leiamos Lc 15: 22-24 - Deus, nosso Pai celestial, tem as mais ricas bênçãos para quem, arrependido, a Ele vem. São bênçãos espirituais e materiais. 

Vemo-las, figuradamente, no banquete da reconciliação registrada na Parábola do Filho Pródigo.

Vejamos o que o Pai do pródigo ordenou aos Seus servos, o que demonstra que Deus perdoa depressa e imediatamente o pecador:

TRAZEI DEPRESSA

1. “O MELHOR VESTIDO” – A referência é a vestes de festas. 

Simboliza a justiça e a justificação, bem como fala de posição, de dignidade, como participantes do banquete da salvação (Is 61: 10; Apc 19: 8).

2.  “PONDE-LHE UM ANEL NA MÃO” – Não se trata dos anéis de hoje. Isso fala de autoridade (em nome do soberano): Mc 16:17-18; Lc 19: 1; Gn 41: 42; Et 8: 2, 8; Ag 2: 23.

3. “E ALPARCAS NOS PÉS” - Isso fala:

3.1 - Da filiação, uma vez que escravos não usavam calçados; somente filhos;

3. 2 - Da armadura do soldado cristão (Ef 6:15; Ex 12:11); e

3. 3 - Que não estamos mais sob Lei, mas, sim, sob a graça de Deus. Sob a Lei, Deus ordenou 

retirar as sandálias (Ex 3: 4-3; Js 5:13-15); sob a graça, Ele ordena colocá-las nos pés (Lc 15: 22).

4.  “O BEZERRO CEVADO” – Isso fala de alimento e oferta, visto que o boi era animal 
cerimonialmente limpo para consumo e para sacrifício.

5. “ALEGREMO-NOS” – É o gozo indizível da salvação e das bênçãos que a acompanham: 

O batismo com o Espírito Santo, os dons espirituais, a cura divina, o servir ao Senhor, a vitória nas lutas e provações, a perseverança na fé e a certeza da volta de Jesus.

Lc 15: 24, 32 – Os termos “morto” e “perdido” revelam o efeito destruidor do pecado no corpo, na saúde, na moral, no conceito, nos costumes, na família, na alma e no espírito da pessoa. 

O pecado é uma doença espiritual que separa o homem de Deus, que o cega e o domina, transformando-o num escravo do mal. 

Tal homem a Bíblia descreve como morto em seus pecados (Ef 2:1; Cl 3:1; Apc 3: 1; Pv 21: 6; I Tm 5: 6).

Não é somente em nossa alma que tem lugar o banquete da salvação quando um pecador se converte; há também regozijo no céu (Lc 15: 7, 10).

V. AS BÊNÇÃOS DA SALVAÇÃO:

1. Em Cristo Jesus não há nenhuma condenação - Rm 8: 1;

2. Em Cristo Jesus a lei do Espírito de Vida me livrou da lei do pecado e da morte - Rm 8: 2-4

3. Fomos redimidos, perdoados, justificados - Rm 3: 24-25

4. Fomos reconciliados - II Cor 5: 19-21

5. Fomos libertos - Cl 1: 13

6. Fomos aceitos - Ef 1: 6

7. Fomos glorificados - Rm 8: 30

8. Somos cidadãos do céu - Fp 3: 20

9. Somos membros de um sacerdócio santo e real e da família de Deus - I Pe 2: 5, 9

10. Somos completos em Cristo - Cl 2: 9-10

11. Possuímos toda espécie de bênção espiritual - Ef 1: 3

12. Somos herdeiros do céu - I Pe 1: 4

13. Estamos sob a graça de Deus - Rm 6: 14

14. Somos habitados pelas Pessoas da Santíssima Trindade - Jo 14: 23; I Cor 6:19; Gl 2: 20

VI. O HOMEM SALVO POR CRISTO:

1. O QUE ELE ERA SEM CRISTO:

2. Cheio de maldade e pecado (Gn 6: 5)

1. Uma fonte de tudo que há de mal (Mc 7: 21-23; Mt 15:19; Jr 17: 9)

Perdido e morto nos seus pecados (Ef 2: 3-5)

2. O QUE ELE É COM CRISTO:

1. Uma nova criatura (II Cor 5: 17; Ef 2:10; Gl 6:15)

2. Cheio de amor de Cristo (Rm 5: 5)

3. Possui felicidade indescritível (Is 65: 13-14; I Pe 1: 6-7)

3. GRANDES SÃO SEUS PRIVILÉGIOS:

1. Serve ao Senhor (Jo 4: 35-36)

3. É dirigido através do Espírito Santo (Sl 32: 8; At 8: 29; 10:19-20)

4. O QUE ESTÁ A SUA ESPERA:

1. Uma herança indescritível (I Pe 1: 3-4)

2.  Uma coroa (II Tm 4: 7-8; I Pe 5: 4; Tg 1: 12; Apc 2:10)

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Leiamos Sl 49:  6-8, 15 - Deus pagou o resgate que o homem não pode pagar - Sl 56:13

Deus propôs salvar o homem por meio de uma obra aparentemente fraca e pobre, mas de valor incalculável, pois custou o sangue precioso de Jesus (I Cor 1: 21-25)

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado




Nenhum comentário:

Postar um comentário