sábado, 3 de outubro de 2015

13 Regras Infalíveis para a Esposa Destruir Seu Casamento

TEXTO BASE efésios 4: 26 - 27

INTRODUÇÃO

TEMA: 13 Regras Infalíveis para a Esposa Destruir Seu Casamento


26. Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
27. Não deis lugar ao diabo

1. Procure os conselhos de pessoas incrédulas quando tiver problemas no casamento. 

As orientações da Bíblia, a busca da vontade de Deus em oração e os conselhos dos crentes são coisas fora da realidade.

2. Esqueça o ideal bíblico de submissão da esposa. Hoje os tempos são outros. 
Seja moderna, independente e autoconfiante. Você já percebeu como aquelas mulheres da novela vivem assim e parecem tão felizes e respeitadas?

3. Pregue sempre para o seu marido. Apresente a ele longos sermões citando versículos decor. 
Durante o sermão não se esqueça de dizer que ele deveria ter escutado a pregação do pastor no domingo.

4. Critique-o sempre diante das suas amigas e parentes. Faça isso mesmo quando ele estiver presente. Deixe que todos saibam o quanto ele deixa a desejar como marido. 
Falando em críticas, não se esqueça também de falar mal dos parentes dele.

5. De vez em quando, trate-o com frieza e fique sem falar com ele. Essa é uma maneira sutil de torturá-lo e servirá para ele aprender a lhe dar valor.

6. Quando houver discussões, “jogue na cara” dele as falhas do passado e ameace-o com a separação. Diga que se as coisas continuarem assim não haverá outro jeito.

7. Mantenha-se sempre “emburrada”, mal humorada e ríspida, principalmente quando ele chegar do trabalho. Isso fará com que ele não sinta vontade de ir para casa.



8. Tome a frente de tudo. Afinal de contas, se você não tomar a iniciativa, quem o fará, não é mesmo?

9. Jamais abra mão de suas opiniões. Seja teimosa. Lembre-se que seu marido não tem “visão das coisas”.

10. Coloque os filhos sempre à frente dele. Nunca o deixe pensar que está em primeiro lugar. O interesse principal para você deve sempre ser as crianças.

11. Fale contra seu marido para os seus filhos. Conquiste a cumplicidade deles fazendo com que, mesmo em família, ele se sinta só e deslocado.

12. Jamais se preocupe em se arrumar para agradá-lo. Ser encantadora é coisa de mulher vulgar. Para que perder tempo com isso?

13. Demonstre frieza e desinteresse nas relações do leito conjugal. Tudo deve parecer sempre forçado, pouco espontâneo, obrigatório e sem graça.

Conclusão

Deus se agrada das pessoas sinceras.

Deus se move para aqueles que são sinceros.

Deus atua no coração do crente sincero.

A sinceridade do cristão toca o coração de Deus.

Sinceridade: É a qualidade daquele que é sincero.

É ser honesto, transparente consigo mesmo e com o outro.

O crente sincero é franco, é honesto, é transparente.

II Co. 3. 2: Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens.

I Tm. 1. 5: Ora, o fim do mandamento é a caridade de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida.

Sl. 32. 2: Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.

Um Forte Abraço!! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário