quarta-feira, 18 de novembro de 2015

A DOUTRINA DOS DEMÔNIOS!

TEXTO BASE GN 6: 1 - 4

INTRODUÇÃO 

TEMA: DEMONOLOGIA - A DOUTRINA DOS DEMÔNIOS

1. E ACONTECEU que, como os homens começaram a multiplicar-se sobre a face da terra, e lhes nasceram filhas,

2. Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram.

3. Então disse o SENHOR: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos.

4. Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama.

5. E viu o SENHOR que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.

6. Então arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração


I. A ORIGEM DOS DEMÔNIOS
A. Almas dos Homens Maus já Mortos. Um ponto de vista pagão grego.

B. Espíritos Desencarnados de uma Raça Pré-adâmica. 

A Bíblia nunca menciona a existência de tal raça.

C. Descendência de Anjos e Mulheres Antediluvianas (Gn 6: 1-4).

D. Anjos Caídos. 

Satanás é um anjo, e é chamado príncipe dos demônios (Mt 12: 24), indicando que os demônios são anjos e não uma raça pré-adâmica. 

Além disso, Satanás tem uma hierarquia bem organizada de anjos 

(Ef 6: 11-12), e é razoável supor que estes sejam demônios. 

Alguns demônios já estão presos (2 Pe 2: 4; Jd 6) e alguns estão à solta, cumprindo ordens de Satanás. 

Alguns pensam que a razão para tal aprisionamento é a participação daqueles demônios no pecado de Gn 6:1- 4.


II- CARACTERÍSTICAS DOS DEMÔNIOS



A. Sua Natureza. São seres espirituais. 

Observe que o demônio em Mateus 17: 18 é chamado de espírito imundo no relato paralelo de Marcos 9: 25. 

Veja também Efésios 6: 12.

B. Seu Intelecto. Eles conhecem a Jesus (Mc 1: 24), seu próprio destino final (Mt 8: 29), o plano de salvação (Tg 2: 19). 

Têm seu próprio sistema doutrinário bem desenvolvido (1 Tm 4:1-3)

C. Sua Moralidade. São chamados de espíritos imundos, e sua doutrina leva a uma conduta imoral (1 Tm 4: 1-2).


III. ATIVIDADE DOS DEMÔNIOS

A. Em Geral. 

1. Os demônios tentam subverter o propósito de Deus (Dn 10: 10 -14; Ap 16: 13 -16). 

2. Os demônios tentam estender a autoridade de Satanás, 
cumprindo sua vontade (Ef 6: 11-12). 

3. Os demônios podem ser usados por Deus na realização de Seus propósitos (1 Sm 16: 14; 2 Co 12: 7).

B. Em Particular. 

1. Demônios podem causar doenças (Mt 9: 33; Lc 13: 11,16). 

2. Demônios podem possuir homens (Mt 4: 24). 

3. Demônios podem possuir animais (Mc 5: 13). 

4. Os demônios se opõem ao crescimento dos filhos de Deus (Ef 6: 12). 

5. Demônios disseminam doutrinas falsas (1 Tm 4: 1).


IV. POSSESSÃO DEMONÍACA

A. Definição de Possessão Demoníaca. 

Possessão demoníaca é a habitação de um demônio numa pessoa, exercendo controle e influência diretos sobre ela, com certo prejuízo para as funções mentais e/ou físicas. 

A possessão demoníaca deve ser distinguida da influência demoníaca ou atividade demoníaca contra uma pessoa. 

Nestas duas últimas formas de atuação, o demônio atua de fora para dentro; na possessão, ele opera de dentro da própria pessoa. 

Por esta definição, o crente não pode ser possuído por um demônio já que é habitado pelo Espírito Santo. 

O crente pode, contudo, ser alvo de opressão demoníaca a tal ponto de dar a impressão de estar possuído.

B. Efeitos da Possessão Demoníaca. 

1. Ocasionalmente, doença física (Mt 9: 32-33), mas a doença e a possessão são distinguidas uma da outra nas Escrituras (At 5: 16).

2. Distúrbios mentais são ocasionalmente causados por possessão demoníaca (Mt 17: 15), mas não sempre (Dn 4).

C. Extensão da Possessão Demoníaca. 

1. Quanto a pessoas. Somente descrentes podem ser possessos. 

Ao tempo de Cristo, a maioria das ocorrências de possessão demoníaca deu-se entre gentios. 

2. Quanto a tempo. 

Geralmente há um surto de atividade demoníaca quando a luz e a verdade se manifestam mais fortemente (e.g., o tempo de Cristo).


V. O DESTINO DOS DEMÔNIOS

A. Destino Temporário. 

1. Alguns que estavam livres foram lançados ao abismo (Lc 8: 31; cf. Ap 9:11). 

2. Alguns que estão presos serão soltos na Grande Tribulação (Ap 9: 1-11; 16:13-14).

B. Destino Definitivo. 

Finalmente todos os demônios serão lançados juntamente com Satanás para dentro do lago de fogo (Mt 25: 41).

Um Forte Abraço!! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário