segunda-feira, 9 de novembro de 2015

NÃO TOQUE NO QUE É SAGRADO!

TEXTO BASE 2 SAMUEL 6: 6 - 7

INTRODUÇÃO 

TEMA: NÃO TOQUE NO QUE É SAGRADO!

6. E, chegando à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus, e pegou nela; porque os bois a deixavam pender.

7. Então a ira do SENHOR se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta imprudência; e morreu ali junto à arca de Deus.

Meu objetivo é fazer um alerta contra a legalidade que damos a Satanás para trazer maldições sobre nós, quando desobedecemos a Deus, tocando naquilo que é sagrado. 

A Bíblia deixa claro no Velho Testamento, que quando desobedecemos a Deus, o diabo tem direito (uma autorização dada por Deus) para poder agir, e a especialidade dele é trazer maldições sobre nós – tudo aquilo que vem para nos roubar, nos matar e nos destruir. 

Então, entenda bem: Um direito legal é dado a Satanás de agir contra nós, quando não ouvimos a voz de Deus e não guardamos os seus mandamentos, e esse direito permite ao diabo trazer maldições sobre nós. 
Por isso “Não toque no que é sagrado”. 

Leitura do texto: “E, chegando à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus e segurou-a, porque os bois a deixavam pender. Então, a ira do SENHOR se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta imprudência; e morreu ali junto à arca de Deus....” 

Este texto que lemos é chocante. Um homem foi fulminado e morreu por tocar com suas mãos na arca da aliança, que representava a santidade e a glória de Deus. 

A Carta aos Hebreus explica essa arca, Hb 9. 4, 5: “...a arca da aliança, toda coberta de ouro. Dentro da arca estavam a vasilha de ouro com o maná, o bordão sacerdotal de Arão, do qual tinham saído brotos, e as duas placas de pedra com os mandamentos escritos nelas. 

Em cima da arca, representando a Presença Divina, estavam os querubins, com as suas asas abertas sobre o lugar onde os pecados eram perdoados”. 

Isso ilustra um princípio: Algumas coisas são consideradas na Bíblia como sagradas e o homem não pode tomá-las para si ou tocar nelas de maneira inapropriada, porque elas pertencem exclusivamente ao Senhor. 

Quais são as coisas sagradas, semelhantes à arca, que nós não podemos tocar? 
Vamos ver as principais delas, para que não venhamos sofrer algum tipo de maldição, como ocorreu com Uzá. 


I. NÃO TOQUE NA GLÓRIA NEM NA ADORAÇÃO, PORQUE PERTENCEM AO SENHOR 



Irmãos: A glória e a adoração pertencem ao Senhor. 

Está escrito no livro de Isaías (48.11): “como seria profanado o meu nome? E a minha glória não a darei a outrem”. 

“Glória” é a majestade, o brilho, o esplendor que acompanha a manifestação da presença de Deus – Deus está declarando pela boca do profeta Isaías, que a glória que Lhe pertence não será dada a nenhum outro. 

Mas nós tocamos na glória de Deus, quando por exemplo, somos usados por Ele numa oração, numa pregação, numa canção, numa dança... e dizemos orgulhosos: 

“Puxa! Eu cantei maravilhosamente. Abafei! 

Ou preguei como ninguém. Ou dancei como ninguém! Eu sou demais!!”. 
Não, não. Não podemos dizer isso porque a glória pertence só a Deus. 

Nós tocamos em algo sagrado, tocamos na glória devida a Deus, quando fazemos também “tietagem”. Sabe o que é isso? 

A pessoa vem cantar em louvor a Deus, vem pregar a mensagem de Deus, depois é um tal de tirar fotos, conseguir autógrafos... 

Nós não podemos colocar ninguém na posição de “Deus” – não podemos idolatrar, não podemos adorar, não podemos tomar parte num fã clube... 


II. NÃO TOQUE NA IGREJA, PORQUE ELA PERTENCE AO SENHOR 

A igreja pertence ao Senhor. 

Quando Jesus desejou estabelecer a Igreja, Ele falou para Pedro: 

“...sobre esta pedra construirei a minha Igreja”, (Mt 16. 18). 

1 Pe 2. 9 diz da igreja: “...vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido... agora, sois povo de Deus”. 

Isso significa, que quando falamos contra a igreja (o povo de Deus), estamos tocando em algo sagrado - Ferir a igreja é como ferir ao Senhor porque a igreja é o Corpo de Cristo. 

Deixe eu lhe mostrar isso no texto de At 9. 3-5: “Mas na estrada de Damasco, quando Saulo já estava perto daquela cidade, de repente, uma luz que vinha do céu brilhou em volta dele. 

Ele caiu no chão e ouviu uma voz que dizia: Saulo, Saulo, por que você me persegue? 

Quem é o senhor? - perguntou ele. 

A voz respondeu:  Eu sou Jesus, aquele que você persegue”. 

Saulo perseguia os cristãos, mas Jesus o confrontou e disse que o que ele estava perseguindo era o próprio Senhor. 

Irmãos, o mesmo se passa conosco: Tocamos em algo sagrado quando falamos mal do povo de Deus (quer do povo que congrega aqui, quer do povo que congrega no outro lugar). 

Devemos tomar muito cuidado com o que falamos da igreja. 

Uma vez eu li isto: “A língua, por estar localizada num lugar molhado, está apta a escorregar!” 

Lembre-se: Uzá foi duramente castigado por tocar naquilo que era sagrado! 


III. NÃO TOQUE NOS DÍZIMOS, PORQUE ELES PERTENCEM AO SENHOR 

Os dízimos pertencem ao Senhor – os dízimos (10% da nossa renda) são sagrados; segundo a Bíblia, pertencem a Deus. 

Nós tocamos em algo sagrado quando não trouxemos os nossos dízimos à casa de Deus. 

O próprio Deus diz que quem utiliza o dízimo em causa própria, está roubando e atraindo para si a maldição. 

“Tem crente que não pode jogar peteca nos retiros da igreja”, 
contava um adolescente. “Por que?” perguntaram. 

“É que papai falou que alguns têm a mão fechada demais; não dão o dízimo, não ofertam...” Também não podem ser abençoados. Hehehe!! 

O texto de Malaquias é bastante conhecido, mas você já prestou atenção aos detalhes daquela palavra? 

Ml 3: 8, 9: “Eu pergunto: "Será que alguém pode roubar a Deus?" Mas vocês têm roubado e ainda me perguntam: "Como é que estamos te roubando?" Vocês me roubam nos dízimos e nas ofertas. 
Todos vocês estão me roubando, e por isso eu amaldiçôo a nação toda”. 

Não toque nos dízimos porque eles têm dono! Eles pertencem ao Senhor! 


IV. NÃO TOQUE NA PALAVRA, PORQUE ELA PERTENCE AO SENHOR 

A Palavra pertence ao Senhor – A Palavra de Deus (aquilo que está escrito na Bíblia) é sagrado e não pode ser suprimido ou acrescentado nada. 

Nós tocamos nas Escrituras Sagradas quando a deturpamos, misturamos com algo nosso... 

Quem adultera a Palavra recebe condenação – Em Ap 22:18 está escrito: 

“Eu, João, aviso solenemente aos que ouvem as palavras proféticas deste livro: Se alguma pessoa acrescentar a elas alguma coisa, Deus acrescentará ao castigo dela as pragas descritas neste livro. 

E, se alguma pessoa tirar alguma coisa das palavras proféticas deste livro, Deus tirará dela as bênçãos descritas neste livro, isto é, a sua parte da fruta da árvore da vida e também a sua parte da Cidade Santa”. 


V. NÃO TOQUE NOS PASTORES, PORQUE ELES PERTENCEM AO SENHOR 

Os pastores (“ungidos de Deus”) pertencem ao Senhor. 

Quando Deus investe um homem de autoridade, especialmente os ungidos de sua Casa (pastores e demais ministérios de governo), tem ciúmes de suas vidas e não permite que sejam tocados impunemente. 

Ouça o que diz a Bíblia em 1 Sm 24: 6, falando da experiência de Davi:

 “Então disse aos seus homens: O Senhor Deus me livre de fazer algum mal ao meu senhor, que ele escolheu como rei! Eu não devo atacá-lo de jeito nenhum porque ele é o rei escolhido pelo Eterno”. 

Mais adiante, 1 Sm 26. 9, Davi disse: “Não o mate, pois o Senhor Deus castigará quem levantar a mão para matar orei que ele escolheu”. 

Paulo recomendou a Timóteo, 1 Tm 5:1 9: “Não aceite nenhuma acusação contra qualquer presbítero, a não ser que ela seja feita por duas testemunhas, pelo menos”. 

Mas nós tocamos nos pastores quando os criticamos e falamos mal deles. 

Os irmãos que têm “pregador assado” para o almoço dos domingos pela manhã, precisam de uma mudança na dieta! 


VI. NÃO TOQUE NO CORPO, PORQUE ELE PERTENCE AO SENHOR 

Nossos corpos pertencem ao Senhor – Nosso corpo é um templo sagrado, pois nele habita o Espírito Santo. 

Em 1 Co 3.16 está escrito: “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” 

Por isso, não podemos usar nosso corpo de maneira profana, tornando-nos escravos de vícios, violência, apetites desenfreados ou sexo ilícito (fora do casamento). 

Um verso adiante em 1 Co 3, diz: “Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo”. 

Também não podemos prejudicar nossos irmãos nisto. 


VII. NÃO TOQUE NO DIA DO DESCANSO, PORQUE ELE PERTENCE AO SENHOR 

O dia do descanso pertence ao Senhor – Há um princípio na Palavra de Deus sobre o Shabat (dia de descanso, no hebraico). 

Deus estabeleceu que a cada sete dias um seja consagrado ao descanso e ao culto. 

É um dos Dez Mandamentos, Ex 20. 8: “Lembra-te do dia do sábado, para o santificar”. 

Desde o início da igreja cristã os crentes costumam separar o domingo para reunirem-se e adorar ao Senhor (é o nosso dia de descanso). 

Gosto de pensar nesse dia como um dia para nos descansarmos de todas as coisas para nos ocuparmos especialmente com as coisas de Deus. 

João Wesley em seu tempo de estudante em Oxford, traçou para si mesmo um programa de uso dos seus dias.

 Ele fez assim: segunda e terça-feira, estudar clássicos gregos e latinos; quarta-feira, Lógica e Ética; quinta-feira, Hebraico e Árabe; sexta-feira, Metafísica e Filosofia Natural; Sábado, Eloqüência e Poesia. Domingo, Deus somente”. 

Mas quando transgredimos continuamente este princípio, estamos tocando em algo sagrado, que Deus requer para si. 

E tocamos neste sagrado dia, quando: Priorizados passeios, futebol, televisão, etc... 

Ouça o que está escrito em Ex 31: 15: “Vocês têm seis dias para trabalhar, porém o sétimo dia é o dia solene de descanso, separado para mim. Quem fizer qualquer serviço nesse dia deverá ser morto. 

O povo de Israel deverá guardar esse dia como um sinal da aliança”. 

CONCLUSÃO

Um homem chamado Uzá foi fulminado e morreu, por tocar com suas mãos no que é sagrado. 

A partir de hoje, você pode evitar sofrer algum tipo de maldição, como ocorreu com Uzá: 

1. NÃO TOQUE NA GLÓRIA NEM NA ADORAÇÃO, PORQUE PERTENCEM AO SENHOR; 

2. NÃO TOQUE NA IGREJA, PORQUE ELA PERTENCE AO SENHOR; 

3. NÃO TOQUE NOS DÍZIMOS, PORQUE ELES PERTENCEM AO SENHOR; 

4. NÃO TOQUE NA PALAVRA, PORQUE ELA PERTENCE AO SENHOR; 

5. NÃO TOQUE NOS PASTORES, PORQUE ELES PERTENCEM AO SENHOR; 

6. NÃO TOQUE NO CORPO, PORQUE ELE PERTENCE AO SENHOR; 

Não Fale Mal de Nenhum Pastor.. Não Toque Num Ungido do Senhor..

Na realidade, não devemos falar mal de pastor nenhum ou de quem quer que seja. 

A Bíblia em Romanos 13 diz que não há autoridade que não seja constituida por Deus. 

O que nós devemos fazer é orar pelas nossas lideranças. 

Aquele que espalha contendas e maledicências é maldito. 

Decerto que não devemos ser passivos quanto aos que praticam tais coisas, mas falar mal é abominável ao Senhor. 

Pois bem, nossa postura deve ser sempre defender o que diz a palavra de Deus e não nossa opinião. 

Antes de criticar, dobre seus joelhos. E quando a dúvida lhe atormentar, ore e leia a bíblia!

“Como é bom e agradável que o povo de Deus viva unido como se todos fossem irmãos!” (salmos 133: 1) PENSE NISTO!

Um Forte Abraço!! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado




Nenhum comentário:

Postar um comentário