sábado, 13 de fevereiro de 2016

JESUS, NOSSO EXEMPLO DE ORAÇÃO!



TEXTO BASE MT 26: 36 – 44

INTRODUÇÃO

TEMA: JESUS, NOSSO EXEMPLO DE ORAÇÃO!

36. Então chegou Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar.

37. E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se muito.

38. Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo.

39. E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.

40. E, voltando para os seus discípulos, achou-os adormecidos; e disse a Pedro: Então nem uma hora pudeste velar comigo?

41.M Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.

42. E, indo segunda vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.

43.V E, voltando, achou-os outra vez adormecidos; porque os seus olhos estavam pesados.

44. E, deixando-os de novo, foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras

ORAÇÃO, falar com Deus!

A Oração é um enigma para muitos que a consideram como algo místico e um problema para outros que têm dificuldade em estabelecer o hábito da oração.

A raiz deste mal está no próprio homem, que possui uma grande tendência para complicar as coisas simplicíssimas ligadas à vida espiritual.

Orar é conversar com Deus, Jesus e com o Espírito Santo; e isto deve ser feito com naturalidade, é um dialogo.
Onde orar?

Fala-se com o Pai no lugar onde você está.

Por exemplo:

Quem está dirigindo: nas rodovias, no trânsito!

Quem está andando: ora na rua, nos campos!

Quem está em casa: Ora em casa!

Quem está na igreja: Ora na igreja!

Quem está no trabalho: Ora no trabalho!

Quem está no esporte: ora enquanto o prática!

Resumindo, devemos estar sempre ligados ao Pai, e isto independe do local onde estamos ou de nossa ocupação.

Não nos limitemos pelas muitas palavras e determinações inventadas pelos homens, como sendo necessário para uma oração perfeita.

Perfeita deve ser a nossa comunhão com o Pai, e o desenvolver de uma vida santa e irrepreensível diante do trono.



Veja exemplo de orações na Bíblia:

Princípios de oração. O diálogo de Deus com Abraão. Gn 18.17-33 

O Amor do intercessor. Ex 32.11-14, 30-34

A Palavra de Josué. Js 10.12-14

Deus demonstra seu poder. Is 36.1 a 37. 38

Deus busca intercessores. Ez 22. 30

Orando e Ensinando. Ef 3.14-21

Oração e Jejum, resultam em manifestações de poder. At 13.1 a 14. 28

Oração, provando a fé. At 4.1-37

O Fogo de Deus desce. 2 Cr 6. 12-42; 7.1

Oração contínua, chave de libertação. At 12.1-17

Oração do Senhor. Mt 6. 9-13

Oração, concordância com a vontade de Deus. 1 Jo 5.14,15
Orando como Davi, dá-me pureza e alegria Senhor! Sl 51.1-19

Jesus, mesmo sendo o Filho de Deus passou grande parte de sua vida na terra conversando com o Pai, demonstrando a necessidade que temos de estarmos em contato com Deus em oração, dependente d'Ele em tudo. 

Davi e Daniel também eram homens que oravam três vezes ao dia.


I. Sua vida demonstra que o verdadeiro filho: 

1. Tem prazer em estar na presença do Pai (Mc 6. 46); 

2. Valoriza o espiritual mais que o material 

3. Que a oração é prioritária na tomada de decisões referente a Obra de Deus – exemplos de Jesus:

No início de Seu Ministério (Lc 4.1-11); 

Na escolha dos Apóstolos (Lc 6.12-16); 

Na oração sacerdotal (Jo 17.1-2). 


II. A vida de oração de Jesus demonstra o que Deus pod



realizar através daqueles que o buscam. 

1. Sinais e maravilhas (At 4. 23-31);  

2. Uma intimidade mais profunda com Ele; 

3. Uma Reunião avivada (At 10. 44). 

Conclusão

I. Modelos de Oração no Antigo Testamento:

1. Oração pelos outros: Gênesis 18.16-33; Êxodo 32.1-20

2. Orações de confissão: Salmo 32; Salmo 51; Esdras 9. 5-15

3. Uma oração de dedicação: 2 Crônicas 6.14-42

4. Uma oração de confiança: 2 Crônicas 20. 6-12

5. Bênção: Salmo 90

6. Cura: Isaías 38. 3, 9-20

7. Agradecimento: 1 Samuel 2.1-10; Salmo 16

8. Confiar em Deus: Salmo 23

9. Quando está desesperado: Salmo 73; Jonas 2. 2-9


II. Orações de Jesus:

1. A oração dominical: Mateus 6. 9-13; Lucas 11. 2-4

2. Louvor pela revelação de Deus: Mateus 11. 25-26; Lucas 10. 21

3. Quando ressuscitou Lazare: João 11. 41-42

4. Confrontando a morte: João 12. 27-28

5. Pelos seguidores: João 17

6. No Getsêmani: Mateus 26. 36-44

7. Da cruz: Mateus 27. 46; Lucas 23. 34, 46

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário