quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

QUEM É DEUS?

TEXTO BASE JO 4: 23 - 24

INTRODUÇÃO 

TEMA: QUEM É DEUS?

3. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

24. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

1. Deus é Espírito.

2. O seu nome é JEOVÁ.

“Para que saibam que tu, a quem só pertence o nome de JEOVÁ, és o Altíssimo sobre toda a terra.” (Sl 83: 18). 

Ver também Is 56: 8; Dt 3: 24; Ez 28: 12; Jr 32: 17; Êx 34: 6.

Obs.: O termo hebraico Yahweh é em nossa versão portuguesa usualmente traduzida como “Senhor”. Algumas versões transliteram-no por Jeová.


3. Ele é criador.
O próprio Deus afirma: “Eu fiz a terra e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens.” (Is 45: 12). 

Ver também Gn 1: 1-31; Is 42: 5, 45:18; Ne 9: 6


4. Agora, saiba como Deus criou todas as coisas.

Pela palavra do SENHOR foram feitos os céus; e todo o exército deles, pelo espírito da sua boca. 

Ele ajunta as águas do mar como num montão; põe os abismos em tesouros. Tema toda a terra ao SENHOR; temam-no todos os moradores do mundo. 

Porque falou, e tudo se fez; mandou, e logo tudo apareceu. (Sl 33: 6-9). 

Ver também Hb 11: 3; Sl 147: 15,148: 5


5. Só Ele deve ser adorado, ou seja, não deve haver jamais adoração ou oração a outros deuses.

“Não terás outros deuses diante de mim. 



Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo de terra. 

Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR, teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem e faço misericórdia em milhares aos que me amam e guardam os meus mandamentos.” (Êx 20: 3-6). 

Ver também Êx 23: 24; Is 42: 8; Hc 2: 19-20; I Co 10: 14; I Jo 5: 21: Jr 10: 10-11, 25: 6; Dt 7: 25-26; IICo 6:16-18; Sl 97: 9, 89: 28-32)


6. Ele é Soberano, ou seja, detem poder ou autoridade suprema, sem restrição.

“Por mim, reinam os reis, e os príncipes ordenam justiça. 
Por mim governam os príncipes e os nobres; sim, todos os juízes da terra.” Pv 8: 15-16). 

Ver também I Tm 6:15; Dn 2: 20-21; Jr 27: 5; I Cr 29: 25; Sl 29: 1-10, l03: 19, 113: 4, 148: 13; Is 6:1, 40: 23, 45: 5-7; I Sm 2: 7-8; Jó 1: 10-12)


7. Ele é eterno.

“Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade, tu és Deus.” (Sl 90: 2). 

Ver também Sl 102: 12; IPe 3: 8


8. Ele é imortal, invisível e único Deus.

“Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus seja honra e glória para todo o sempre. Amem.” (ITm 1: 17). 

Ver também I Tm 6:16; Jo 1:18; Is 45: 22; Mc 12: 29-30; Rm 16: 27; Jd 25.


9. Ele é imutável.

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança, nem sombra de variação.” (Tg 1: 17). 

Ver também Dt 7:9; Ml 3: 6; Sl 33: 11, 102: 27


10. Ele é santo.
“Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Fala a toda a congregação dos filhos de Israel e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o SENHOR, vosso Deus, sou santo.” (Lv 19:1-2). 

Ver também Is 6: 3; Lv 20: 7; IPe 1: 16


11. Ele é onipotente, ou seja, pode tudo.

“Porque para Deus nada é impossível.” (Lc 1: 37). 

Ver também Lc 18: 27; Is 43: 13; Jó 42: 2


a) O Senhor liberta da condenação eterna.
“O nosso Deus é o Deus da salvação; e a JEOVÁ, o Senhor, pertencem as saídas para escapar da morte.” (Sl 68: 20). 
Ver também Is 43:11, 45: 15,22, 12: 2; Os 13: 4


b) Das preocupações.
“Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês.” (IPe 5: 7). 
Ver também Fl 4:6; Mt 6: 25; Sl 107: 6


c) Da prisão.
“O Senhor liberta os encarcerados.” (Sl 146: 7b). 
Ver também Is 42:7; Sl 102: 19-20; At 5:    18-20

d) Da insônia.
“O Senhor dá o sono aqueles que confiam nele.” (Sl 127: 2 b). 
Ver também Pv 3: 24; Sl 3: 5, 4: 8


e) Da tristeza.
“Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida; o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” (Sl 30:5). (Ver também Sl 34: 19, 50:15, 9: 9,16:11, 4: 7; Hb 12: 6-11)


f) Da fome.
“Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra e, verdadeiramente, serás alimentado.” (Sl 37: 3). 
Ver também Lv 26:10; Sl 34: 10, 37: 25, 22: 26, 128: 1-2; Pv 13: 25; II Rs 4: 8-11


g) Dos desejos ainda não realizados.
“Deleita-te também no SENHOR, e ele te concederá o que deseja o teu coração. 

Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele tudo fará.” (Sl 37: 4-5). 
Ver também Pv 16: 3; Fl 4: 6; I Pe 5: 6-7; Ec 3:1; Mt 6: 25; Dt 30: 8-9; Sl 37: 7


h) Das enfermidades.
“E servireis ao SENHOR, vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e eu tirarei do meio de ti as enfermidades.” (Êx 23: 25). 

Ver também Êx 15: 26; Jó 5:18; Dt 32: 39; Os 6: 1; Jr 33: 6; Sl 91: 3,10


i) Da solidão.
“Deus faz com que o solitário viva em família.” (Sl 68: 6a). Ver também Gn 2: 18,21-24; Sl 128: 3-6; Jo 14: 23.


j) Dos perigos.
“Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.” (Is 43:2). 

Ver também Êx 15-16, 21-22; Dn 3: 17-30; Sl 91: 4-7, 121:1-8; IJo 4: 18


k) Dos inimigos.
“Eis que envergonhados e confundidos serão todos os que se irritaram contra ti; tornar-se-ão nada; e os que contenderem contigo perecerão. 

Buscá-los-ás, mas não os acharás; e os que pelejarem contigo tornar-se-ão nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo. 

Porque eu, o SENHOR, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: não temas, que eu te ajudo.” (Is 41:11-13). 

Ver também Êx 23: 22,27; Dt 28: 7; Sl 18: 17; Lv 28: 7-8; Is 41: 10; ISm 17: 45-47


l. Do cansaço.

“Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos confins da terra, nem se cansa, nem se fatiga? 

Não há esquadrinhação do seu entendimento. Dá vigor ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. 

Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os jovens certamente cairão. Mas os que esperam no SENHOR renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão.” (Is 40: 28-31). (Ver também Is 5: 27; Sl 29:11, 92: 14; Jl 3: 10)


m) Dos vícios.
“Porque ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa.” (Sl 91: 3). 

Ver também II Tm 2:  24-26; Pv 3: 26; Sl 68: 6b; 121: 7.


n) Dos agiotas.
“Porque o SENHOR, teu Deus, te abençoará, como tem dito; assim, emprestarás a muitas nações, mas não tomarás empréstimos; e dominarás sobre muitas nações, mas elas não dominarão sobre ti.” (Dt 15: 6). 

Ver também II Rs 4: 1-7; Dt 28: 12; Ne 5: 4-12; Mt 17: 27.


o) Da seca.
“Se andardes nos meus estatutos, e guardardes os meus mandamentos, e os fizerdes, então, eu vos darei as vossas chuvas a seu tempo; e a terra dará a sua novidade, e a árvore do campo dará o seu fruto.” (Lv 26: 3-4). 

Ver também Jr 10:13, 14: 22; IRs 18: 1,41-46; Sl 29: 10, 65: 9-10; Dt 11:13-14, 28: 12.


p) Da cegueira espiritual.

“Filho meu, se aceitares as minhas palavras e esconderes contigo os meus mandamentos, para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido, e para inclinares o teu coração ao entendimento, e, se clamares por entendimento, e por inteligência alçares a tua voz, se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares, então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus. Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem o conhecimento e o entendimento. Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; escudo é para os que caminham na sinceridade; para que guarde as veredas do juízo e conserve o caminho dos seus santos. 

Então, entenderás justiça, e juízo, e equidade, e todas as boas veredas. Porquanto a sabedoria entrará no teu coração, e o conhecimento será suave à tua alma.” (Pv 2: 1-10). 

Ver também Sl 25:14, 119: 73; Pv 1: 23; Jl 2: 28; Jo 14: 26; Is 48: 17.


12. Ele é onipresente, ou seja, está em toda a parte.

“Sou eu apenas Deus de perto, diz o SENHOR, e não também Deus de longe? 

Esconder-se-ia alguém em esconderijos, de modo que eu não o veja? – diz o SENHOR. Porventura, não encho eu os céus e a terra? – diz o SENHOR.” (Jr 23: 23-24). 

Ver também Sl 139: 7-12, 145: 18)


13. Ele é onisciente, ou seja, sabe tudo.

“Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. 

Cercas o meu andar e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó SENHOR, tudo conheces.” (Sl 139: 2-4). 

Ver também ISm 16: 7; Sl 44: 21; II Cr 16: 9; Jr 17: 10; Dn 2: 22.


14. Ele é misericordioso e piedoso.

“Misericordioso e piedoso é o SENHOR; longânimo e grande em benignidade. 

Como um pai se compadece de seus filhos, assim o SENHOR se compadece daqueles que o temem. 

Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.” (Sl 103:8,13-14). 

Ver também Êx 34: 6; Sl 86: 15, 103: 4; Jl 2: 13. 


15. Ele habita nos céus.

“O SENHOR está no seu santo templo; o trono do SENHOR está nos céus; os seus olhos estão atentos, e as suas pálpebras provam os filhos dos homens.” (Sl 11: 4). 

Ver também Sl 33: 13-14; Is 66: 1.


16. Ele é perfeito.

“Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos céus.” (Mt 5: 48). 

Ver também Sl 18: 30; 145: 17, 147: 5.


17. Ele é manifesto em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

“Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.” (IJo 5: 7). 

Ver também Gn 1: 26, 3: 22, 11:7; Is 6: 8.

Obs.: As três divinas pessoas da Trindade estão presentes no batismo de Jesus. 

Deus é revelado nas Escrituras como um só Deus, existente como Pai, Filho e Espírito Santo (cf. Mt 3:16-17; 28: 19; Mc 1: 

9-11; II Co 13: 13; Ef 4: 4-6; I Pe 1: 2; Jd 20,21; Hb 9: 14; Jo 14: 15-16). 

Esta é a doutrina da Trindade, expressando a verdade de que dentro da essência una de Deus, subsistem três Pessoas distintas, compartilhando uma só natureza divina comum. 
Assim, segundo as Escrituras, os três são Deus e Deus são os três

Um Forte Abraço!! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário