sábado, 19 de março de 2016

O EVANGELISMO EM AÇÃO!

TEXTO BASE JO 1: 41 – 42 / AT 8: 30

INTRODUÇÃO

TEMA: O EVANGELISMO EM AÇÃO!

41. Este achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Achamos o Messias (que, traduzido, é o Cristo).

42. E levou-o a Jesus. E, olhando Jesus para ele, disse: Tu és Simão, filho de Jonas; tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro).

ATOS 8: 30 E, correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías, e disse: Entendes tu o que lês?

Evangelismo é evangelizar, isto é, espalhar as boas-novas da salvação em Cristo.

O evangelismo pessoal foi o meio básico empregado por Jesus e seus apóstolos no princípio, e tem sido um dos mais eficientes meios usados pelos crentes há mais de  2000 anos para salvação dos pecadores. 

Todo o tipo de evangelização é válido, mas nenhum dispensa o apoio, a cooperação do evangelismo pessoal. 

Vemos, assim, a necessidade de conhecer esta matéria para nos aperfeiçoarmos na arte de ganhar almas para o Senhor, pois, a verdade é que todos nós, de uma maneira ou de outra, somos o resultado da obra de evangelismo pessoal.


I. DEFINIÇÃO" DE EVANGELISMO PESSOAL

Evangelismo Pessoal é a obra de falar de Cristo aos perdidos individualmente: é levá-los a Cristo, o Salvador (Jo 1. 41,42; At 8. 30).

II. A IMPORTÂNCIA DO EVANGELISMO PESSOAL



A importância vê-se no fato de que a evangelização dos pecadores foi o último assunto de Jesus aos seus discípulos antes de ascender ao céu. 

Nessa ocasião, Ele ordenou à Igreja o encargo da evangelização do mundo (Mc 16.15,19; At 1.8,9).


III. O ALVO DO EVANGELISMO PESSOAL

O alvo é tríplice: salvar os perdidos, restaurar os desviados e edificar os crentes. 

O irmão já experimentou o gozo que há em ganhar uma alma para Jesus? 

É uma bênção e uma experiência inesquecí¬veis... Há um gozo inexplicável em vermos alguém no caminho para o céu, ou já na glória, por nosso intermédio... Ganhar almas foi a suprema tarefa do Senhor Jesus aqui na terra (Lc 19.10; 1 Tm 1.15). 

Paulo, o grande homem de Deus, do Novo Testa¬mento, tinha o mesmo alvo e visão (1 Co 9. 20). 

Uma grande parte dos crentes pensa que a obra de ganhar almas para Jesus está afeta exclusivamente aos pregadores, pastores e obreiros em geral. 

Contentam-se em, comodamente sentados, ouvir os sermões, culto após culto, enquanto os campos estão brancos para a ceifa, como disse o Senhor da seara em João 4. 35. 

O "ide" de Jesus para irmos aos Perdidos (Mc 16.15), não é dirigido a um grupo especial de salvos, mas a todos, indistintamente, co¬mo bem revela o texto citado. 
Portanto, a evangelização dos pecadores pertence a todos os salvos. 
Cada crente pode e deve ser um ganhador de almas. 

Nada o pode impedir, irmão, de ganhar almas para Jesus, se propuser isso agora em seu coração. 

A chamada especial de Deus para o ministério está reservada a determinados crentes, mas a chamada geral para ganhar almas é feita a todos os crentes.

O evangelismo pessoal, como já vimos acima, vai além do pecador perdido: 

Ele alcança também o desviado e o crente necessitado de conforto, direção, ânimo, auxílio e vitória. 

Ele reaviva a fé e a esperança nas promessas das Santas Escrituras.

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário