sábado, 2 de abril de 2016

AS 03 FASES DE UMA JORNADA FELIZ!

TEXTO BASE DT 34: 7

INTRODUÇÃO 

TEMA: AS 03 FASES DE UMA JORNADA FELIZ!


Tinha Moisés a idade de cento e vinte anos quando morreu; não se lhe escureceram os olhos, nem se lhe abateu o vigor. - DEUTERONÔMIO – 34: 7

Moisés, como é gratificante falar sobre este homem, um servo fiel que sempre se mostrou ser um verdadeiro cristão. Mas as coisas para Moisés nunca foram fáceis, pelo contrário, teve que dar duro.

Porém se olharmos atentamente para sua vida verá que a sua rápida passagem pela terra nos deixou grandes ensinamentos, e eu gostaria de frisar um desses ensinamentos, que chamo de as três fases da vida de Moisés.

O que difere uma pessoa feliz de uma pessoa alegre?
É possível alguém ser alegre e não ser feliz? Antes que você se questione, não é a mesma coisa. 

Para um melhor entendimento, vamos ao significado das palavras, de acordo com o dicionário Houaiss:

Alegria: "acontecimento feliz, tudo que alegra contenta; festa, divertimento".

Felicidade: "estado de uma consciência plenamente satisfeita; satisfação, contentamento, bem-estar".

Podemos observar então que a alegria está relacionada a fatores externos - "acontecimento feliz"; enquanto que a felicidade é algo que acontece de dentro para fora - "estado de uma consciência plenamente satisfeita".

Ainda recorrendo ao dicionário. 
ALEGRE significa o "que sente ou manifesta alegria, contente; que se comunica com facilidade, expansivo, comunicativo, bem-humorado..."

Enquanto que FELIZ significa "ditoso, afortunado, venturoso; cujos desejos, aspirações foram atendidos ou realizados; abençoado, bem-aventurado, bendito, brilhante."

Percebe a diferença?
Não há dúvidas do quanto é gratificante e prazeroso conviver com uma pessoa de espírito alegre, alto-astral, bem-humorada. Quando nos deparamos com pessoas assim, pensamos: 
"Poxa, ela deve ser muito feliz!" Mas o fato é que erramos quando relacionamos alegria à felicidade.

Se fosse assim, poderíamos então afirmar que pessoas mais reservadas, mais introspectivas, não são felizes. O que seria um engano.

Em muitos casos, esse estado de alegria e euforia é apenas um subterfúgio utilizado para disfarçar o quão infeliz alguém se sente.

O sol no inverno
Acreditar que alegria é uma característica peculiar a quem é feliz é o mesmo que acreditar que o sol só brilha no verão. 
Mas não é assim. 


O sol pode estar brilhando lá fora e ainda assim os termômetros marcarem 0 grau. 

Do mesmo modo o céu pode estar encoberto por nuvens e ainda assim os termômetros marcarem 40 graus.

A felicidade independe de fatores externos. Ela diz respeito à paz interior, satisfação, bem-estar, realização pessoal. 

Ainda que a pessoa esteja enfrentando muitos problemas e lutas externas, eles não são capazes de lhe tirar a felicidade. 

Ela é permanente.
A alegria não. Ela é fabricada. É circunstancial. 

As pessoas se alegram quando compram um vestido novo, conquistam a casa própria, alcançam sucesso profissional, quando o seu time é campeão, etc. 

Entretanto, isso não significa dizer que elas são felizes. 

Do contrário, não veríamos tantas pessoas - mesmo desfrutando de tudo isso - angustiadas e deprimidas.

O que dizer, por exemplo, de celebridades que passam a imagem de pessoas felizes e realizadas e, no entanto, sofrem com a depressão? 
Isso sem citar aquelas que cometem suicídio no auge da fama.


1ª FASE - DOS 0 AOS 40 ANOS – A FASE SEM IDENTIDADE

Seu nascimento foi meio complicado, pois seus pais eram pobres e escravos em um país cheio de deuses, quando os Hebreus só adoravam a um Deus, a Jeová.

Talvez você não saiba, mas o nome EGITO significa TERRA DE CÃO, nome propício para um país que adora vaca. 

O interessante que o Egito só foi mesmo uma grande nação durante os 432 anos que os Israelitas ficaram por lá, uma vez que depois da saída deles nunca mais o Egito se levantou.

Aos três meses Moisés teve que ser colocado no rio para que alguém o pegasse e o salvasse da fúria do Faraó Ramsés I, quando Chega ao palácio do faraó volta a ser levado para Joquebede, para ser amamentado.

Aos cinco anos volta para o palácio onde é criado nos costumes do Egito, mas, uma criança com cinco anos já havia aprendido alguns costumes vivendo no meio dos Hebreus.

Os anos se passam e Moisés está cheio de perguntas, e uma delas é, porque o Deus de Joquebede, de Mirian, de Arão, não fala com ele.

Que dilema ele não sabia direito quem ele era, Egípcio ou Hebreu, estava complicado. Era porque Moisés não tinha uma identidade que Deus não falava com ele.

Mas Jeová precisava ter um particular com Moisés. Então Moisés com quarenta anos de idade mata um egípcio e com medo de ser descoberto foge para o deserto, então o Senhor vai tratá-lo, pois é no deserto o lugar de tratamento, (Ez 20: 35) 

(Os 2: 14), logo vemos que quando o Senhor quer nos tratar Ele permite que passemos por uma luta, para nos aproximarmos Dele.


LIÇÃO N. O1 NA JORNADA FELIZ ! 

Muitos cristãos ainda estão nesta fase, sem identidade, foram convencidos, mas não estão convertidos, ficam pulando de igreja em igreja e nunca acham seu lugar, pensam que o problema é a igreja, enquanto os problemas são eles, COMO DIZ O DITADO, “a tartaruga aonde vai leva seu casco”.  
Ache seu lugar no corpo de Cristo ou então você será sempre um problema.


 2ª FASE – DOS 40 AOS 80 A NOS -  FASE DE CONFLITO DE IDENTIDADE

No deserto Moisés se encontra com Jetro, e para morar em Midiã teria que aprender a ser um pastor de ovelhas. 

Um homem que viveu no palácio do faraó, tendo como mãe a filha de faraó, acostumado com banhos de perfumes e regalias, agora fede a esterco e urina de ovelha, e de novo ele ouve falar de um tal de Jeová, que ele nunca conheceu e nunca falou com ele.

Todo momento creio que Moisés mesmo sem conhecer a Deus ele o questionava, talvez dizendo: “se tu existe mesmo, porque não se revela a mim e me diz quem eu sou?”, ou “Porque deixou que tudo isso acontecesse comigo?” ou tantas outras perguntas que uma pessoa em um conflito interior faria.

O nome do filho de Moisés era Gérson, que significa estrangeiro, peregrino. 

Esta era a situação que Moisés se via no deserto, peregrino, sem pátria, sem família.

Deus se encontra com Moisés, na presença da sarça ardente, ele agora já sabe quem é, Deus o chama pelo nome e o envia a buscar um povo cativo, Moisés agora sabe, depois de 40 anos, quem ele é, ele é o MOISÉS, também significa “dar a luz”.


3ª FASE – DOS 80 AOS 120 ANOS - FASE DO ENCONTRO CONSIGO E COM DEUS

Deus aparece para Moisés em uma sarça ardente, ou seja, queimava, mas não se consumia. 

A combustão espontânea não era algo incomum no deserto, mas ver uma planta que não se consome pelo fogo é algo que chamou a atenção de Moisés. 

Então Deus começa a falar com ele, e diz, coloque a mão no peito, tira, e ela sai leprosa, novamente coloque a mão no peito, tira, e ela sai limpa. 

Deus estava mostrando que é Ele quem manda, e homem que bater no peito achando que é alguma coisa fica leproso.

Quando nos encontramos com Deus então realmente descobrimos quem somos, e mais do que isto nos encontramos, e então Deus revela a você os desejos Dele, para com sua vida.

Moisés viveu 120 anos, e teve fases de sua vida que hoje nós passamos. 

Quantas vezes você olhou para sua vida querendo saber que realmente você era; um bastardo, um derrotado, um pecador, um falido, um desiludido, e quando os anos se passaram você se viu em um conflito interior, vivendo uma desilusão, amorosa, financeira, profissional, ou até mesmo tentando tirar sua própria vida.


Mas eu quero lhe dizer uma coisa, muitos hoje vivem sem uma identidade espiritual, ou em conflito por não saberem quem são diante de Deus, e por isso não vencem em sua JORNADA!

Mas NESTA NOITE eu profetizo que isso é só uma fase, não levará 40 anos, mas chegará o tempo da fase do encontro com sua identidade, encontre se com Deus em sua JORNADA e ELE te revelará sua verdadeira identidade.

Moisés morreu, talvez você diga, fez tudo que Deus mandou e não entrou na terra prometida. Mas eu te digo que Moisés, dois dias depois estava lá, na terra que mana o leite e o  mel. Leia Mateus 17: 1 a 6


CONCLUSÃO

Fazendo uma analogia, a felicidade é como uma árvore frondosa, de raízes profundas. 

Podem vir tempestades, ventos fortes, mas ela permanecerá ali, inabalável. 

As folhas e frutos podem até cair, mas ela continuará firme, dando novamente os seus frutos.

Já a alegria pode ser comparada às folhas que caem dessa árvore e ficam sujeitas ao tempo, levadas conforme a direção do vento, até finalmente secarem.

Qual é o seu caso: você é feliz ou alegre? SL 1: 1 - 3

Talvez, todos à sua volta o considerem uma pessoa feliz, afinal de contas, você tem tudo o que precisa não é mesmo? 

Ou talvez nem tudo, mas você é aquela pessoa que sempre está de bom humor, é divertida, todos lhe acham o máximo, está sempre rodeada de amigos. Mas e você, o que pensa a seu respeito?  

Quem sabe esse seja o momento para refletir sobre quem você é de fato e, sobretudo, sobre quem deseja ser. 

Para tanto, é preciso reconhecer o seu estado atual para, a partir daí, buscar uma nova identidade e ser plenamente feliz.

Tags: Felicidade alegria feliz Alegre realização paz satisfação

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário