sexta-feira, 22 de abril de 2016

SER CRENTE NÃO BASTA, É PRECISO NASCER DE NOVO!

TEXTO BASE JO 3: 1 - 10

INTRODUÇÃO 

TEMA: SER CRENTE NÃO BASTA, É PRECISO NASCER DE NOVO! 


1. E HAVIA entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus.

2. Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele.

3. Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

4. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?

5. Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

6. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.

7. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.

8. O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.  

9. Nicodemos respondeu, e disse-lhe: Como pode ser isso?

10. Jesus respondeu, e disse-lhe: Tu és mestre de Israel, e não sabes isto?Jo. 3.1-10.

Nicodemos era mestre em Israel, um profundo conhecedor da torá e membro do sinédrio. 

Certamente por muito ouvir falar de Jesus, Nicodemos despertou interesse de conhecê-lo. 

Diz a bíblia que ele foi de noite conversar com Jesus, talvez por receio de ser visto pelo povo, ou pelo fato de a noite ser mais fácil encontrar Jesus a sóis. 

Jesus neste diálogo que teve com Nicodemos, ele falou sobre uma das principais doutrina do cristianismo.

A regeneração ou novo nascimento, é a espinha dorsal do cristianismo. 

Na doutrina da salvação ela aparece como um dos aspectos da salvação. 

Sendo justificados pela graça, fomos regenerados pela palavra, para vivermos em santificação. 

Regeneração significa, retornar ao estado original; ou seja, nascer de novo. Ser uma nova criatura. 

O apóstolo Paulo escrevendo aos coríntios diz:

Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, tudo se fez novo (2 Co. 5.17). 

Ser crente não basta, é preciso nascer de novo. 

Conheço pessoas que tem uma grande cultura biblica, mas não tem nada de Deus, são teólogos cheios de conhecimentos, mas na pratica são frios e nunca experimentaram o novo nascimento. 

As igrejas evangélicas crescem assustadoramente no Brasil. 

A revista veja, publicou em 2002, uma matéria sobre os evangélicos, com o tema: 

A força do Senhor. 

E, parte dessa matéria eles diziam: Considerando o crescimento acelerado dos evangélicos, é provável, que no ano de 2022 cerca da metade da população do Brasil será de evangélicos. 

Porém a pergunta é: Quantos desses realmente nasceram de novo? 
A grande problemática é que muitos estão entrando no evangelho e o evangelho não está entrando neles. 

As igrejas estão cheias de pessoas vazias que estão vivendo um evangelho de facilidades, sem renúncias e sem compromisso; mas Jesus continua dizendo: Aquele que não nascer de novo, não pode entrar no reino dos céus.


I. A RAÇA HUMANA NA BÍBLIA, SE DEFINE EM TRÊS PALAVRAS.

1. Geração: Gn. 5.1

2. Degeneração: Rm.1.18-32.

3. Regeneração: Tt. 3. 5,6.



II. O NOVO NASCIMENTO É EFETUADO NA VIDA DO HOMEM SOBRE TRÊS ASPECTOS.

1. Nascidos pela vontade de Deus.     


Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem no seu nome, os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus (Jo.1.11-13). 


2. Nascidos pelo Espírito Santo.         
O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito (Jo. 3. 6).

O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito (Jo. 3. 8).


3. Nascidos pela palavra da verdade. Tg.1.18. 1 Pe.1. 23.
Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas (Tg.1.18).

Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva e que permanece para sempre (1 Pe.1. 23).


III. AS EVIDÊNCIAS NA VIDA DOS QUE NASCERAM DE NOVO.

1. Tem um forte desejo pela palavra de Deus. 
Deixando, pois, toda malícia, e todo engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações, desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo, se é que provastes que o Senhor é benigno (1 Pe. 2.1-3). 


2. Vive na prática do amor. Amados, amemo-nos uns aos outros, porque a caridade é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus (1Jo. 4.7).


3. Vence o mundo.
Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé (1Jo. 5. 4).


4. Não vive na prática do pecado. 
Todo aquele que é nascido de Deus não se dedica à prática do pecado, porquanto a semente de Deus permanece nele e ele não pode continuar no pecado, pois é nascido de Deus (1 Jo. 3. 9).

Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca (1 Jo. 5.18).  

 Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário