segunda-feira, 15 de agosto de 2016

NO QUE CREIO

NO QUE CREIO


Há uma infinidade de doutrinas relevantes dentro da teologia, e somente para expor cada uma delas seria necessário meses de trabalho, mas para elencar resumidamente apenas o mais fundamental:

 1. Creio na Santíssima Trindade, em Deus Pai, Filho e Espírito Santo como o único e verdadeiro Deus – três pessoas, uma natureza.

2. Creio nos atributos de Deus: onipotente, onisciente, onipresente, onibenevolente, eterno, atemporal, auto-existente, imutável, transcendente e imanente; totalmente santo, totalmente justo e totalmente soberano; Criador dos céus e da terra.

3. Creio que o Verbo se fez carne, tornando-se humano como nós, e habitou entre os homens.

4. Creio que Jesus morreu pelos nossos pecados e ressuscitou para a nossa justificação, possibilitando a salvação para todo aquele que nele crê.

5. Creio que Jesus se fez pecado em nosso lugar, para que por meio da sua morte nós tivéssemos a vida.

6. Creio na existência de anjos e demônios, na realidade do mundo natural e espiritual.

7. Creio na Sagrada Escritura, inspirada e inerrante, como a revelação de Deus para o homem e como a única regra suprema e infalível de fé e prática do cristão.

8. Creio na salvação somente pela graça, através somente da fé.


9. Creio na necessidade da prática de boas obras como consequencia da salvação, e não como a causa dela.

10. Creio em Jesus Cristo como meu único intercessor no Céu, único mediador entre Deus e os homens, único caminho, único advogado, único salvador e único Sumo Sacerdote (=Sumo Pontífice).

11. Creio na ressurreição da carne na segunda vinda de Cristo, no último dia.

12. Creio na grande tribulação como um evento apocalíptico futuro para o fim dos tempos.

13. Creio no arrebatamento pós-tribulacional e que a Igreja passará pela grande tribulação.

14. Creio no batismo com o Espírito Santo e na manifestação e contemporaneidade dos dons espirituais e dos milagres.

15. Creio no batismo por imersão e para cristãos que já tem consciência de seus pecados para que possa se arrepender deles (não em um batismo infantil).

16. Creio que o batismo nas águas, quando acompanhado de um coração sincero e arrependido, tem poder regenerativo.

17. Creio na depravação total, de modo que o homem é totalmente incapaz de iniciar por si mesmo um relacionamento com Deus, sendo necessário que Deus derrame sua graça preveniente sobre nós, para que possamos aceitar seu convite de salvação.

18. Creio no livre-arbítrio e que o ser humano pode aceitar ou rejeitar a graça divina que nos é oferecida, de modo que aqueles que a rejeitam são culpados pela sua própria perdição, pois deliberadamente escolheram a morte.

19. Creio que Jesus morreu por todos, não apenas por alguns poucos eleitos.

20. Creio que uma vez salvo não garante que está salvo para sempre, mas que a salvação depende de perseverança contínua e até o fim.

21. Creio na predestinação: a Igreja está predestinada à salvação, e o mundo está predestinado à perdição. Todo aquele que vive para Cristo será salvo; todo aquele que vive para o mundo será condenado.

22. Creio na Igreja como o corpo místico de Cristo, a reunião de todos os verdadeiros cristãos em todas as partes do mundo, independentemente da igreja visível em que congregue para adorar a Deus.

23. Creio na observação da Santa Ceia, não para comer literalmente a carne e o sangue de Cristo como em uma transubstanciação (o que seria canibalismo), mas como um memorial da sua morte e ressurreição.

24. Creio que a salvação não consiste e nem implica na posse de bens materiais (teologia da prosperidade), mas em morrer para si mesmo, negar a si próprio, tomar a própria cruz e seguir a Cristo.

25. Creio em uma natureza holista do ser humano, e não dualista ou tricotomista.

26. Creio que a alma é naturalmente mortal por causa do pecado e que é a ressurreição – e não a imortalidade da alma – o antídoto para a vida eterna, o meio pelo qual entraremos na eternidade.

27. Creio que somente os justos, que comem da árvore da vida, viverão eternamente, e não em vida eterna para os salvos com Deus e vida eterna para os ímpios com o diabo. A imortalidade é um prêmio dado somente ao que vencer.

28. Creio que o estado eterno é na nova terra prometida, na Jerusalém celestial que descerá dos céus, quando o próprio Deus habitará com os homens.

29. Creio na volta real de Jesus e no Juízo final.

30. Creio que o homem sem Deus é nada, que o vazio existencial só pode ser preenchido pelo Criador da vida, que o propósito da vida é alcançar Cristo e ser alcançado por Ele, e que a vida só faz sentido se for para viver em Cristo, por Cristo e para Cristo.

Ou mais resumidamente:
“Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, Criador do Céu e da terra. Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao Céu; está sentado à direita de Deus Pai Todo-poderoso, donde há de vir para julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja de Cristo; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição da carne; na vida eterna” (Credo Apostólico)

Paz a todos vocês que estão em Cristo.
Por Cristo e por Seu Reino,
Lucas Banzoli (www.lucasbanzoli.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário