quinta-feira, 13 de julho de 2017

A FALTA DE DEUS NO LAR!

TEXTO BASE SL 128: 1 - 6

INTRODUÇÃO

TEMA: A FALTA DE DEUS NO LAR!

1. Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.

2. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.

3. A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa.

4. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.

5. De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida,
6. e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel.

 Por se tratar de uma instituição divina, a família tem sido atacada desde o Éden por inimigos mortais. 

No mundo moderno, esse ataque tem sido extremamente violento, a ponto de muitos já duvidarem da necessidade de constituir família.
Há moços que têm receio de se casarem temendo não ter condições de levar adiante a constituição do lar, e também há moças que sentem o mesmo receio. 

Além disso, há, ainda, os que, inebriados pela propaganda materialista, que prega novas formas de convivência social em substituição ao lar, preferem lançar-se ao mar revolto das aventuras, das libertinagens sexuais, do falso "amor livre", e de tantas outras fugas, a enfrentarem a realidade, da boa convivência social, com base na instituição familiar.

Por trás de todo o ataque à família, está o inimigo de Deus e dos homens, Satanás.

E poucos sabem disso. As famílias cristãs, quando verdadeiramente cristãs, são as que estão em melhores condições, espirituais e morais, de reagirem e vencerem os ataques diabólicos contra o lar.

Veremos agora alguns dos terríveis inimigos do lar e da família, e como combatê-los:




O perigo da falta de Deus no lar

A falta de Deus é o inimigo número um do lar. 

Ele se revela quando o ambiente em casa é destituído de espiritualidade.

Quando Deus está presente no lar, sente-se uma atmosfera diferente, agradável e santa.

O pai e a mãe se unem aos filhos para servirem ao Senhor. 

Deus é o hóspede invisível, mas real, que domina o ambiente da família. 

Em cada canto da casa, pode-se sentir Deus.

Há harmonia entre todos. Há louvores. Há devoção sincera ao Senhor. 
As coisas de Deus são colocadas em primeiro lugar e o lar é uma continuação da igreja.

Por outro lado, quando Deus não está no lar, sente-se que o ambiente é carnal, pesado, cheio de manifestações mundanas.

Não se louva a Deus, mas a criatura. Não se ora, não se busca o Senhor. 

A Bíblia, se existir, está escondida. 

As músicas são profanas. 

Não existe harmonia no casal nem nos filhos.

As coisas materiais estão em primeiro lugar. 

'Só se pensa em prazeres materiais, riquezas, dinheiro, diversões e coisas mundanas!' 

... A casa é uma continuação do mundo.

É bom não esquecer o que diz o salmista:

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam." (Salmos 127: 1)

Quando o Senhor edifica, as bases, as colunas, as paredes espirituais, os muros ficam fortalecidos pelo Supremo Arquiteto. 

Mas os pais, para começarem com Deus e continuarem com Deus, precisam cumprir os seus deveres cristãos, como já foi dito antes.

Em resumo, para ter Deus no lar, é necessário:

1. Ter no lar uma vida de oração.

2. Realizar o culto doméstico, adorando a Deus com a família.

3. Cultivar e estimular no lar a leitura da Bíblia Sagrada.

4. Levar a família, cedo, ao ambiente sadio da igreja. 

5. Estar vigilante quanto às "astutas ciladas do Diabo" contra o lar.

6. Combater todas as formas de infiltração do materialismo ateu, seja por via da escola, dos meios de comunicação (TV, INTERNET) ou de outras pessoas.

Levar a família a ocupar-se no serviço do Senhor.

 http://www.casadosenhor.com.br/estudos/

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário