sábado, 1 de julho de 2017

DISCÍPULO FAZENDO DISCÍPULOS - PARTE - V

TEXTO BASE MT 16: 15 - 19

INTRODUÇÃO 

TEMA: LIÇÃO 5 - CONHEÇA SUA NOVA FAMÍLIA!


15. Mas vós, perguntou-lhes Jesus, quem dizeis que eu sou?

16. Respondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.

17. Disse-lhe Jesus: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelou, mas meu Pai, que está nos céus.

18. Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela;

19. dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus.

EF 2: 19 - “Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus,” 

A Igreja é um organismo Vivo é uma organização. 

Ela tem sua liderança, diretoria e departamentos, tudo fazendo parte de um organismo. 

Tudo isso administrado pelo Presidente, que lidera o Ministério. 
A Igreja tem sua administração como qualquer organização: compra, vende, paga compromissos, etc.


I. IGREJA, ORGANISMO VIVO E DIVINO



Acima de tudo a Igreja é um organismo vivo. 

A Igreja não é um clube, uma escola apenas, ou simplesmente um local de encontro. 

A Igreja tem vida em si mesma e produz vida espiritual para seus membros. 

De onde vem a vida da Igreja? Nesta lição você vai observar que a Igreja é de Deus, é divina. 

É a única organização divina existente em toda a terra. Não há outra. 

É a maior e mais importante organização em todo o mundo. 

Fazer parte da Igreja é privilégio que pouca gente tem. 

Nenhuma “autoridade’ humana, por mais competente que seja, é tão privilegiada e honrada quanto o “Simples membro” da Igreja de Deus. 

Já pensou nisto? Realmente a Igreja é o que pode ser chamado de “Alta sociedade”. 

Você vai ver isso. 

Para melhor compreender a elevadíssima importância da Igreja vamos demonstrar alguns tipos e símbolos que identificam a Igreja.

1. A Igreja, um corpo?. – A Igreja é um “corpo”, um organismo. 
E organismo só pode ser vivo. 

A Igreja é o “Corpo de Cristo”, no qual Cristo é a cabeça e nós somos membros: 

“Também ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência”. Colossenses 1.18). Você já faz parte desse corpo?
2. A Igreja, uma noiva – A Igreja é a noiva de Cristo. 

Quando Jesus vier buscar a sua Igreja ( Jo. 14. 3)

Haverá um casamento, em que Jesus será o noivo e aIgreja será a noiva. 

Por isso você precisa assumir compromissos com esta Igreja, como a noiva e o noivo que se comprometem para o casamento: 

“Pois como o mancebo se casa com a donzela, assim teus filhos se casarão contigo; e, como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu Deus” (Isaias 62. 5)

3. A igreja , um templo – A Igreja é como um “Templo”, edifício de Deus. 

Jesus é o alicerce desse edifício; nós, os membros da Igreja, somos as pedrinhas desse Edifício: 

“Vós também, quais pedras vivas, sois edificados como casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo” I Pedro 2. 5.


II. O ESTABELECIMENTO DA IGREJA

A Igreja foi fundada por Jesus Cristo ( Mateus 16.18). 

Todas as religiões tem seus fundadores, só que estes fundadores estão mortos, enquanto que o fundador da Igreja está vivo: 

“Eu sou o que vivo; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre! e tenho as chaves da morte e do inferno” Apocalipse 1. 18. 

Mas como foi fundada a Igreja? Como edificamos a Igreja Hoje?

1. A fundação da Igreja – Mateus 16.13.19 nos ajuda a responder essas perguntas. 

A Igreja foi fundada em cima de Jesus Cristo, que é a base (versos 16,18) 

A Igreja fundada é edificada através de nossa confissão de fé na pessoa de Jesus Cristo ( verso 16) 

Mas, si é válida para esta edificação da Igreja a nossa confissão, isto é a confissão dos salvos: 

“Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. 

Pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.” (Romanos 10. 9. 10)


2. A edificação da Igreja – A Igreja não depende do que o mundo sem Deus diz acerca dela e do seu Deus: 

“18 Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus”, (I Coríntios 1.18). 

A Igreja foi fundada e edificada espiritualmente, e não como uma organização material. 


A Igreja tem lutas contra o “inimigo” da humanidade, e tem por parte de “Seu Fundador” a garantia e a promessa do futuro vitorioso: 

“Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”. (Mateus 16.18). 

Por isso o diabo não consegue destruir a Igreja.

3. A igreja liga e desliga nos céus – Como está seu caso em relação à Igreja? ( Mateus 16.19) 

Você percebe que a Igreja não é uma “organização comum”? 

Verificou a importância de ser membro da Igreja? 

Que o Espírito Santo possa fortalecer sua vida, através destes ensinamentos espirituais. Mateus 18.18.



III. A EDIFICAÇÃO DA IGREJA

Como você pode observar em Mateus 16.18, Jesus usou o verbo no futuro: 

“Edificarei” a minha Igreja. A Igreja foi fundada por Jesus e continua sendo edificada por Ele, com o auxílio dos seus membros (I Coríntios 3.5-11). 


Essa edificação está sendo feita até “Aquele dia”, quando já estiver acabado: 

“E disse-me: “Não seles as palavras da profecia neste livro; porque próximo está o tempo”  - Apocalipse 22: 1.

1. O Valor da Igreja – Jesus fundou a sua Igreja pagando preço de sangue para readiquiri-la das garras de satanás:

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais ,

19. mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo” ( I Pedro 1.18,19)

2. A revelação da Igreja – Tudo estava encoberto à compreensão da humanidade até o dia quando houve a inauguração da Igreja. 

“ O qual em outras gerações não foi manifestado aos filhos dos homens, como se revelou agora no Espírito aos seus santos apóstolos e profeta” ( Efésios 3. 5). 


O Espírito Santo foi derramado sobre toda carne e, agora, após o dia de pentecostes, todos podem conhecer “quem” é Jesus, e todos podem glorificar e invocar o seu nome. 

“Pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação”. (Romanos 10.13)

3. A inauguração da Igreja – O Livro de Atos mostra a grandeza da inauguração da Igreja. 

Tudo aconteceu 50 dias após a ressurreição de Jesus, cumprindo-se o dia de pentecostes: 

“Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar”. 

Pentecostes era uma festa dos judeus, estabelecida por Deus, para levar os israelitas a adorá-lo como Senhor e trazer a oferta dos primeiros frutos (Êxodo 23. 16-19) 

Naquele dia de Pentecostes, quando houve a inauguração da Igreja, Jerusalém estava repleta de pessoas vindas de todo o mundo habitado da época: 

“Habitavam então em Jerusalém judeus, homens piedosos, de todas as nações que há debaixo do céu” (Atos 2.5). 

Foi uma festa pública Jesus ordenou aos discípulos que após sua ida para o Céu esperassem o Batismo com Espírito Santo. 


E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; 

Ficai porem, em Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.( Lucas 24. 49) 

A inauguração da Igreja foi promovida pelo Espírito Santo na Festa de Pentecostes, glorificando a Jesus que é cabeça da Igreja: 

“Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará” ( João 16.14) 

Houve línguas estranhas ( Atos 2.2-12), houve um poderoso sermão ( Atos 2.14-36)


E foram batizados aproximadamente 3000 novos crentes: 

“De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas”. (Atos 2. 41). 
Assim ficou inaugurada a Igreja, a qual você pertence hoje.


CONCLUSÃO

Você já faz parte da Igreja de Jesus cristo. 

Quando éramos pecadores sem Deus, vivíamos “perdidos”, mas agora que aceitamos Jesus, o que nos impede de entrar para a família de Deus? 

“Do qual toda a família nos céus e na terra toma nome” (Efésios 3.15)


ORAÇÃO DE ENTREGA
Senhor eu rogo, que me perdoe, e entre em meu coração, e seja Senhor da minha  vida.  

Eu entrego minha vida a Ti, e suplico que faça da minha vida morada do Espírito Santo, agradeço por me amar  dessa  forma  incomparável,  decido  conhecê-lo  mais  aqui  na  Terra,  e  viver  a  eternidade  com  o Senhor meu Deus. 
E nome de Jesus, Amém.

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário