segunda-feira, 17 de julho de 2017

O PRECIOSO SANGUE!


TEXTO BASE HB 9: 14

INTRODUÇÃO 

TEMA: O PRECIOSO SANGUE! 

(Hebreus 9: 14)  “Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se  ofereceu  a  si  mesmo  imaculado  a  Deus,  purificará  as vossas consciências das obras mortas...”  



como a vida física requer certos itens básicos como:  água,  oxigênio,  alimento,  proteínas,  vitaminas  e minerais. 

Sem esses elementos sua vida física morreria. Na vida espiritual ocorre o mesmo.  

Também requer elementos essenciais para sobreviver. 
O Precioso Sangue de Cristo é o principal desses elementos.  


I. PORQUE  VOCÊ  NECESSITA  DO  SANGUE  DE CRISTO? 




1.  O  homem  caído  tem  três  problemas  básicos.  

Esses três problemas envolvem: 

1. Deus!

2. Você!

3. Satanás.   

Quanto a Deus, freqüentemente você sente separação.   

Quanto a você, constantemente se sente culpado. 

Quanto a Satanás, muitas vezes se sente acusado. 
  
Essas três coisas: separação de  Deus, sentimento de culpa e acusação de Satanás, só pode ser vencida pelo precioso sangue de Cristo. 

2.  Quando  Adão  pecou  no  Éden,  imediatamente  se escondeu de Deus. 

Nestas condições o homem sente-se  longe  de  Deus,  e  para  Deus  vir,  os  pecados precisam ir.   

Há somente uma coisa em todo o universo que pode lançar fora os pecados – O sangue precioso de Cristo.  

Não  é  pelo  muito  orar,  nem  por  muita  lamentação, nem  por  ritual,  penitência,  promessa  de  ser  melhor, não, nada, senão o precioso sangue de Cristo – pode remover pecados 

“Sem derramamento de sangue  não há remissão” (Hb 9: 22). 

3.  Deus ordenou-lhes imolar o cordeiro pascal e aspergir o sangue  do cordeiro sobre as  ombreiras das  portas. Ele disse: 

“Quando eu vir o sangue, passarei por vós” (Ex 12: 13).   

O cordeiro pascal era uma figura de Cristo (Jo 1: 29). 

https://www.youtube.com/user/joaonunesmachado/videos

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário