domingo, 20 de agosto de 2017

DISCÍPULO FAZENDO DISCÍPULOS, LIÇÃO XII

TEXTO BASE JO 16: 33

INTRODUÇÃO 

TEMA: LIÇÃO XII - CONHEÇA UMA VIDA CRISTÃ VITORIOSA!

"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". 

I Coríntios 9. 23 - E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele.

I Coríntios 9. 24 - Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prê¬mio? Correi de tal maneira que o alcanceis.

I Coríntios 9. 25 - E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível.

I Coríntios 9. 26 - Pois eu assim corro, não como a coisa incerta: assim combato, não como batendo no ar.

I Coríntios 9. 27 - Antes subjugo o meu corpo e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.


I. PERTURBAÇÕES E DÚVIDAS INTERNAS




A dúvida é uma necessidade ló¬gica, que leva a pessoa a busca de conhecimento; e essa dúvida é positiva (Jo 8.32). 

Mas há dúvidas perturbadoras e malignas que precisam ser eliminadas e vencidas: sobre a Bíblia, sobre Deus, sobre a Igreja, sobre a Salvação, sobre o fim do mundo e várias outras.

"Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: 

Por que pensais mal em vossos corações?" (Mateus 9. 4).

1. Que fazer com essas dúvidas? 

Expulse esse tipo de dúvidas de sua mente (I Reis 18. 21)

Dê lugar ao Espírito Santo em seu coração e em todo o seu ser (Efésios 5. 18). 

Satanás entra através da concupiscência do nosso corpo (Tiago 1.13-15)

Por isso temos que definir bem a quem entregamos os membros do nosso corpo (Romanos 6.13). 

Temos que dar lugar ao Espírito de Deus que já habita em nós: 

"Não sabeis vós que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?" (I Coríntios 3.16).

Mantenha sua mente limpa - O corpo tem cinco sentidos: visão, olfato, audição, paladar e tato. 

A mente também tem sentidos: emoção, imaginação, vontade, inteligência e memória. 

Pois bem, através dos cinco sentidos do corpo, Satanás entra e penetra até à mente, atuando nos sentidos mentais e gerando pecado: 

"Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo" (I João 2.16). 

Temos então que manter limpa nossa mente cuidando o melhor possível dos sentidos mentais. 

A "quem" nossa mente está servindo? 

"Pois quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo?

 Mas nós temos a mente de Cristo" (I Co 2.16).

Trabalhe bastante para Deus e preencha a mente com a Bíblia: 

1. O trabalho é positivo e ajuda a vencer as dúvidas. 

2. O trabalho dignifica e enobrece. 

3. O trabalho ocupa o tempo vago e disciplina a mente desocupada. 

4. O trabalho de Deus preenche a mente com as coisas de Deus:

"Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu 

aproveita¬mento seja manifesto a todos" (I TM 4.15). 

Tomemos o exemplo do Salmo 1, e meditemos na Palavra de Deus de dia e de noite. 

Através da Bíblia adquira bons pensamentos: 

"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai" (FP 4. 8). 
\
Jamais deixe a mente vaguear nesse tipo de perturbações e dúvidas malignas. 

Confie no policiamento de Deus à sua mente. 

Para barrar as setas que vêm de fora, os anjos estão em nossa volta: 

"O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra" (Salmo 34. 7). 

Para guardar a mente do crente o Espírito de Deus atua com a Paz de dentro para fora: 

"E a paz de Deus que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus" (FP 4.7).


II. EMBARAÇOS EXTERNOS

Há vários embaraços em volta do crente no meio-ambiente: 

"Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta" (Hebreus 12.1).

1. Adaptação ao novo tipo de vida - Assim como "os ímpios não permanecerão na congregação dos justos" (Salmo 1. 5)

O justo não mais se adapta aquele ambiente dos ímpios (Efésios 5. 8), exatamente por ser "nova criatura". 

"Assim que, se alguém está em Cristo nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo" (ll Córíntios 5.17). 

Se o crente tentar viver ao mesmo tempo no ambiente da Igreja e no ambiente do mundo, também não dá certo (Tiago 4. 4). 

Se o crente misturar a Igreja com o mundo, ele cria mais embaraços ainda, tais como: confusão para o próprio crente dividido, preocupação para os irmãos da Igreja e escândalos para os ímpios. 
A atitude de um crente tem que ser "sim ou não": 

"Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim, Não, não, porque o que passa disto é de procedência maligna" (MT 5. 37).

2. Pressões de todos os lados Parentes descrentes, vizinhos, colegas, todos tentarão de alguma forma desviar o crente do seu objetivo espiritual: 

"Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim" (João 15.18).

3. Os problemas que surgem - Problemas criados pelo diabo, problemas criados pelas próprias circunstâncias das pressões exteriores, problemas inventados na mente do próprio novo convertido, isto é, problemas imaginários e inexistentes, problemas criados pelo tipo de Igreja que o novo convertido freqüenta, às vezes igrejas frias espiritualmente ou com problemas administrativos. 

Há ainda os problemas criados quando o novo convertido não é bem cuidado e ensinado, como uma criança sem cuidados especiais. 

Esses problemas devem ser reconhecidos, identificados e corrigidos (Romanos 5. 3). 

Sempre aparecem "enganadores", heresias ou ensinamentos falsos para fazer desviar o novo convertido. 

Com a sabedoria de Deus é possível conhecer bem como são esses falsos mestres religiosos: 

"Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrina de demônios" (I Timóteo 4.1). 

Somente através da Bíblia saberemos o que devemos fazer e como nos comportar, perante falsos ensinadores: 

"Amados não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo" (I João 4.1).


III. SATANÁS

Sabemos que todo tipo de embaraço que imobiliza a vida do crente vem de Satanás.

1. Conhecendo as armas sutis de Satanás 

Entre suas táticas ele ataca com: preguiça, negligência, comodidade, incredulidade, descrença, idolatria, e coisas que desanimam seguir a Jesus ou impedem de realizar a obra de Deus, tais como: 

Esfriamento e desinteresse espiritual, egoísmos e vaidades, queixas e ressentimentos, medo e indecisões, confusões doutrinárias e bíblicas, etc. 

Se você está incluído em algum desses ataques, clame pelo nome de Jesus e repreenda essas influências malignas de sua vida.

2. Como Satanás atua? 

Atua como "adversário", inimigo da obra de Deus. 

Satanás anda, corre a Terra (Jó 1. 7). 

Anda em derredor como espião. 

Entretanto não está dentro do coração do crente, está ao derredor (I Pedro 5. 8). 

No descrente a tentação é de dentro para fora, por¬que Satanás mora no centro do seu coração. 

Com o crente é diferente, a tentação é de fora para dentro porque o Espírito Santo é quem habita no crente (I Coríntios 3.16). 

"Bramando como leão", ele assus-ta e amedronta. 

"Buscando a quem possa tragar" essa é a tática do diabo. 

Portanto, feche a porta para Ele (Efésios 4. 27). 

Você não é o único a sofrer a tentação do malig¬no, leia 1 Pedro 5. 9.

3. Como vencer Satanás? 

Peça ao Senhor em oração prudência. 

Procure conhecer as ciladas de Satanás (Efésios 6.11). 

Vigie sempre (Mateus 26.41). 

O crente deve ficar firme na fé (Efésios 6.13)

Resistindo ao diabo ele fugirá (Tiago 4.7).


CONCLUSÃO

Como você percebeu, todos os embaraços que você tem como cristão, estes, embaraços vão se desfazendo à medida que você expulsa Satanás. 

Faça isso em nome de Jesus! 

Você tem a autoridade sobre Satanás (Marcos 16.17). 

Cite a Bíblia para expulsá-lo (Mateus 4.10). 

Ore, jejue e seja vitorioso! (Romanos 8. 37).


ORAÇÃO DE ENTREGA

Senhor eu rogo, que me perdoe, e entre em meu coração, e seja Senhor da minha  vida.  

Eu entrego minha vida a Ti, e suplico que faça da minha vida morada do Espírito Santo, agradeço por me amar  dessa  forma  incomparável,  decido  conhecê-lo  mais  aqui  na  Terra,  e  viver  a  eternidade  com  o Senhor meu Deus. 

E nome de Jesus, Amém.

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário