segunda-feira, 21 de agosto de 2017

SOBRE O AMOR AO PRÓXIMO!

SOBRE O AMOR AO PRÓXIMO!

Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a Lei. Romanos: 13. 8.

O amor não pratica o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da Lei. Romanos: 13.10.

Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 

Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 1 João: 4.7-8

Quem odeia o seu irmão é assassino e vocês sabem que nenhum assassino tem vida eterna em si mesmo. 

Nisto conhecemos o que é o amor: 




Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos. 1 João: 3. 15-16.

Seja constante o amor fraternal. Não se esqueçam da hospitalidade, foi praticando-a que, sem saber, alguns acolheram anjos. 

Lembrem-se dos que estão na prisão, como se estivessem aprisionados com eles, dos que estão sendo maltratados, como se fossem vocês mesmos que estivessem sofrendo. Hebreus: 13.1-3.


CONCLUSÃO

AMOR

O amor é cumprimento da lei, amor é o que move Deus. 

Quando amamos, nós imitamos a Deus da forma mais perfeita. 

O amor trata dos nossos relacionamentos em todos os sentidos e expressões.

Submissão, autoridade, caridade, fidelidade, lealdade e honra são palavras que evocam nobreza em como nos relacionamos com alguém, seja de que nível for, mas todas estas posturas só podem ser vividas de fato ao andarmos em amor. 

Assim, cumpriremos cada uma delas.

O amor se humilha, corrige para aproveitamento, valoriza, reconhece, diz a verdade, sofre os defeitos, abre mão do afastamento ou do caminho mais fácil. 

O amor anda outra milha, da a outra face, abençoa quem amaldiçoa ou pragueja, sofre o dano e segue crendo.

Amar é manifestar Deus.

“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta o amor jamais acaba” (I Coríntios 13.7,8)

Voltemos a simplicidade do Evangelho. 

Tenha cuidado com as novidades mirabolantes e novas revelações, se firme na Palavra e siga em frente. Tudo vai bem!

“Mas receio que assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo” (II Coríntios 11. 3)

Pureza e simplicidade devidas a Cristo… não nos apartemos delas!

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário