quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

namorar ou ficar?


TEXTO BASE RM. 12: 1

INTRODUÇÃO

TEMA: NAMORAR OU FICAR= I

Pensando em meus queridos jovens e adolescentes, quero colocar a minha visão pastoral sobre o “ficar”.
Tenho aprendido com os próprios jovens e adolescentes que o “ficar” é uma condição temporária de relacionamento e caricias.
Dentro da minha visão pastoral, (fiz questão de colocar a minha, pois não posso responder por outros colegas de ministério).
Quero expor motivos pelos quais entendo que o ficar não é saudável para jovens e adolescentes e em especial para o jovem e o adolescente Evangélico.





1. A vida é uma construção de relacionamentos, o “ficar” é contrario a construção, pois é algo de momento, tornando as pessoas descartáveis.
No “ficar” não há o respeito à pessoa quanto ao sentimento, mais o estimulo ao instinto.

2. O “Ficar” cria a idéia de liberdade plena, estimula a idéia de não ter relacionamentos duradouros.
Não há referência de estabilidade e sem estabilidade não há construção.

3. O “ficar” acaba-se tornando uma brincadeira como de vídeo game; porém nele é real e as conseqüências podem ser irreparáveis:

A - Corre-se o risco de perder a referencia de fidelidade no relacionamento, e amanhã levar esse conceito para o casamento, ou viver infeliz no casamento, pois não haverá satisfação no relacionar-se apenas com uma pessoa.

E quem sabe até por fim a um casamento, transformando em transitório algo duradouro.

B- Os Ficantes de carteirinhas correm o risco de serem rotulados de volúveis e ninguém se arriscar algo mais sério com eles , como o namoro, por exemplo.

C - O ficar não respeita limites no contato físico e muitos adolescentes adiantam etapas de suas vidas onde ainda não estão preparados para experimentarem nem física nem psicologicamente. I PE. 2: 9

I° PRIMEIRO DEUS:

No dia seguinte, cheguei mais cedo à faculdade e coloquei em cada carteira um Evangelho de João e um folheto “Onde você passará a eternidade?”.

Quando os meus colegas chegaram, quiseram saber qual o louco que fizera aquilo.

Perguntaram:  Quem espalhou esses folhetos?

Eu, Jorge, amigo de vocês. Eu quero me desculpar por não ter revelado antes que sou cristão.

Eu me envergonhei de Jesus, mas agora eu declaro publicamente: eu sou de Cristo!

Daquela posição vacilante que eu ocupara desde o inicio das aulas, passei a líder.

Eu assumi todas as lideranças possíveis dentro da faculdade.

Isso só aconteceu porque eu glorifiquei a Deus. Eu o coloquei em primeiro lugar.

Cada homem, mulher, jovem ou criança deve colocar seu compromisso com o Senhor em primeiro lugar.

Certamente isso será um testemunho de vida para todos os que estão à sua volta.

Entretanto deve vir do coração, deve haver sinceridade, pois Deus conhece o íntimo de cada um.

Um comprometimento sincero com o Senhor produz um relacionamento muito estreito de amizade com Ele.

O compromisso que assumimos com Deus deve nortear nossa vida. Ele deve estar acima de tudo.

No dia seguinte, cheguei mais cedo à faculdade e coloquei em cada carteira um Evangelho de João e um folheto “Onde você passará a eternidade?”.

Quando os meus colegas chegaram, quiseram saber qual o louco que fizera aquilo.

Perguntaram:  Quem espalhou esses folhetos?

Eu, Jorge, amigo de vocês. Eu quero me desculpar por não ter revelado antes que sou cristão.

Eu me envergonhei de Jesus, mas agora eu declaro publicamente: eu sou de Cristo!

Daquela posição vacilante que eu ocupara desde o inicio das aulas, passei a líder.

Eu assumi todas as lideranças possíveis dentro da faculdade.

Isso só aconteceu porque eu glorifiquei a Deus. Eu o coloquei em primeiro lugar.

Cada homem, mulher, jovem ou criança deve colocar seu compromisso com o Senhor em primeiro lugar.

Certamente isso será um testemunho de vida para todos os que estão à sua volta.
Entretanto deve vir do coração, deve haver sinceridade, pois Deus conhece o íntimo de cada um.

Um comprometimento sincero com o Senhor produz um relacionamento muito estreito de amizade com Ele.

O compromisso que assumimos com Deus deve nortear nossa vida. Ele deve estar acima de tudo.

A Ser viço do rei Pr. João Nunes Machado





Nenhum comentário:

Postar um comentário