terça-feira, 19 de março de 2013

Ser Pai Não É Coisa Para Covardes


TEXTO BASE MT 5: 48

INTRODUÇÃO 

TEMA: CRIANDO FILHOS SEM CRIAR HIPERTENSÃO=PARTE=III

James Dobson tem um livro cujo título é:  Parenting Isn't for Cowards (Ser Pai Não É Coisa Para Covardes).
Não é nada fácil ser pai. É uma tarefa exigente e difícil. Justamente no momento em que você começa a ficar experiente com a tarefa, seus filhos estão prontos para sair de casa.
Você não aprende como ser um bom pai até que os seus filhos tenham crescido.
Há muitas vozes confusas em nossos dias oferecendo muitas opiniões diferentes acerca de como ser um bons pais.
Um homem tinha cinco teorias sobre paternidade e nenhum filho e depois ele tinha cinco filhos e nenhuma teoria.




Onde você procura ajuda? Para quem você olha quando você necessita ajuda e conselhos a respeito da paternidade? Quem é o seu modelo?
Há somente um Pai que foi  sempre perfeito na história.
É o seu Pai Celestial. Mateus 5: 48 (Na versão da Bíblia da Linguagem de Hoje):
"Portanto, sejam perfeitos em amor, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu."
 Deus é o modelo perfeito de pai.
Eu acho que nós confundimos as coisas e as complicamos demasiadamente.
Você pode ser um grande pai!

O segredo é simples -- Trate os seus filhos da maneira como Deus trata você.
O Pai Celestial é um pai perfeito para conosco.
A maneira como Deus trata os seus filhos é a maneira como nós devemos tratar nossos filhos.
Hoje eu quero que observemos como Deus é, a maneira como ele nos trata e a partir disso buscar algumas aplicações para a tarefa de ser pai.

Em primeiro lugar, se eu quero ser como meu Pai que está no céu eu preciso entender os meus filhos.
Esta é a chave. Eu preciso entender meus filhos. Sl. 103: 13-14 BLH
"Como um pai trata  os seus filhos com bondade, assim o Eterno é bondoso para com aqueles que o temem, pois ele sabe como somos feitos; lembra-se de que somos pó." Circule a palavra "feitos" -- Deus sabe do que somos feitos.
Ele nos entende. Ele está consciente de nossa maneira de ser, Ele entende a nossa personalidade, Ele sabe do que somos feitos.
Porque Ele nos entende, Ele pode ser o nosso Pai da maneira certa. Se eu vou ser um bom pai...

I° EU PRECISO ENTENDER MEUS FILHOS.
A reclamação número um que as crianças geralmente têm dos seus pais é: "Eles não me entendem!"
Pv. 24: 3 BLH - "Com a sabedoria se constrói o lar e sobre a prudência ele se firma."
Deus diz que isso é o princípio básico de motivação, a fundação.
Ele diz que nós precisamos estudar os nossos filhos. Nós precisamos saber o que faz eles serem da maneira como são.
Cada criança tem uma inclinação singular, uma personalidade singular e um temperamento singular.
Aqueles de vocês são pais de mais de um filho sabem que eles são diferentes como noite e dia, ainda que estejam na mesma família.
Você não pode motivá-los da mesma maneira.
Eles não têm os mesmos pontos fortes e  os mesmos pontos fracos,  talentos, habilidades, interesses.
Nós  não deveríamos tentar colocá-los dentro da mesma forma.
Cada pessoa é diferente! Você é um em seis bilhões de pessoas. Somos todos singulares.
Nós precisamos entender isto.
Pv. 22: 6 BLH - "Eduque a criança no caminho em que deve andar, e até o fim da vida não se desviará dele."

Este é um dos versos mais recitados da maneira errada e um dos  mais mal entendidos na Bíblia.
Este verso não é uma promessa, é um provérbio.
A maioria das pessoas não entende o que este verso quer dizer.
Eu cresci ouvindo este verso traduzido da seguinte maneira:
"Quando o seu filho ainda for pequeno, leve-o para a Escola Dominical, ensine a ele a Bíblia, leve-o a memorizar as Escrituras, tenha certeza que ele venha a conhecer ao Senhor e seja batizado, talvez mande-o para uma escola cristã.

Você põe todas as coisas dentro dele, e então quando ele crescer um pouquinho e for um adolescente, ele vai se rebelar, ir na direção errada e fazer coisas erradas, mas em algum ponto de sua vida -- talvez no fim de sua vida, talvez no seu leito de morte, ele vai lembrar do que lhe foi ensinado na escola dominical e, no seu leito de morte, com seu último suspiro, ele vai se arrepender."
Duas coisas acerca desta interpretação: Ela não oferece nenhum conforto aos pais.
Seu filho desperdiça a vida e no seu leito de morte ele volta ao lar! Não há conforto nisso.
Em segundo lugar, ela não é verdade! Eu conheço muitos pais cujos filhos cresceram num lar cristão e estão afastados do Senhor hoje e morrem sem voltar para o Senhor.
Portanto, esta interpretação não é verdadeira.

O que este verso significa? Como eu disse, não é uma promessa, é um provérbio.
A chave para entendê-lo é a palavra chave "caminho".
A palavra "caminho" significa estilo, temperamento, personalidade. Cada criança é naturalmente planejada para ir em uma determinada direção.
A versão amplificada deste verso diz: "Treine a criança de acordo com os seus dons individuais ou tendências. Eu tenho que identificar qual é o potencial dos meus filhos, a habilidade que eles têm e devo encorajá-los na direção em que eles naturalmente já são inclinados a ir com seus talentos, suas habilidades. Isto é o que este verso diz.

Se o seu filho gosta de Inglês e odeia matemática, não o mande para uma escola de engenharia.
Nós precisamos entender nossos filhos. Um marceneiro não trabalha contra o veio da madeira, mas de acordo com ele. Você tem que entender o temperamento de seus filhos. Se eles são introvertidos, não tente fazê-los espalhafatosos. Se eles são espalhafatosos, não tente fazê-los  comedidos. Você os compreende.
Qual é a prova que você os compreende ? Pv. 14: 29 - "Um homem de entendimento tem paciência."
A prova que você entende os seus filhos é se você é paciente com eles.
Esta é a prova. Quando você os entende, você é paciente com eles. Você sabe de onde eles vieram.

II° EU PRECISO ACEITAR MEUS FILHOS.
Realmente aceite-os. Você é perfeito? Mas Deus aceita você do jeito que você é. Isto é graça.
Deus quer que você aceite seus filhos do jeito que eles são. Isto se chama graça.
Você aceita os seus filhos.
 Nós temos a tendência de rejeitar nossos filhos quando eles fazem coisas erradas, quando eles não se parecem da maneira como queremos que eles se pareçam, quando eles não se vestem da maneira como queremos que eles se vistam, quando eles não alcançam os nossos padrões como se nós fossemos o padrão. Deus nos diz que devemos aceitá-los.

A Bíblia diz que os filhos são um presente de Deus.
Tem você aceito este presente?
Deus escolheu os filhos que você teria.
E Ele mesmo os colocou em sua família.
Ele os escolheu por você. Não foi você quem os escolheu.
Foi Ele quem os escolheu para você.
Ele usou os seus genes e os colocou juntos.

A Bíblia diz em Romanos 15: 7: "Aceitem uns aos outros da mesma maneira que Cristo os aceitou."
Deus tem, soberanamente, feito por encomenda os filhos que Ele colocou em sua família.
Você tem que aceitá-los como um presente de Deus e não tentar fazê-los como você mesmo.
Você tem que afirmar a singularidade deles.
Nós tendemos a enviar sinais confusos como pais que dizem:
"Você tem que ser como eu. Você tem que estar interessado nas coisas que eu tenho interesse.
Você tem que ser tão bom na escola como eu fui. Você tem que ser tão atlético como eu fui.
“Você tem que se interessar em piano como eu fui."
Ou até mesmo pior:
"Você tem que ser melhor na escola do que eu fui. Você tem que ser mais atlético do que eu fui."
O que isto está dizendo é uma falta de reconhecimento e de apreciação pela maneira como Deus fez aquela criança.
 Sutilmente, isto diz à criança :
 "Eventualmente, se eu quero ser aceito pelo meu pai, não posso ser eu mesmo. Se quiser ser aceito pela minha mãe,  não poderei ser eu mesmo.
A única maneira de ser aceito nesta casa é através de desempenho e eu tenho que ser como os meus pais para que seja aceito." Isto é trágico!
É de partir o coração.
Se quero ser como meu Pai Celestial, tenho que entender meus filhos, aceitar meus filhos e...

III° EU PRECISO DISCIPLINAR  MEUS FILHOS.
Hb.12: 6 BLH - "Porque o Senhor corrige a quem ele ama..." É um sinal do amor de Deus quando você é disciplinado.
A Bíblia diz que se você diz que é um cristão e você está pecando e não recebe nenhuma disciplina, então na verdade você não é um cristão. Disciplina é a  evidência de que você é um crente.
A Bíblia diz que se eu não disciplino meus filhos, então duas coisas são verdade:

1° Isto prova que eu realmente não amo aos meus filhos. Pv. 13: 24 BLH
"Quem não castiga o filho não o ama. Quem ama o filho castiga-o enquanto é tempo."  Se eu permito que ele faça o que bem entende, isso mostra que eu não me preocupo o suficiente acerca dele.

2° Isto mostra que eu estou participando na destruição deles. Pv. 19: 18 BLH
"Corrija os seus filhos enquanto eles têm idade para aprender; mas não os mate de pancadas."
Uma outra versão diz: "Discipline os seus filhos enquanto eles são pequenos o suficiente para aprender.
Se você não o fizer, você os estará ajudando a destruírem-se a  si mesmos."
É muito importante que você entenda a diferença entre disciplina e punição.
Deus nunca pune os seus filhos. Ele os disciplina.
Toda punição para os seus pecados foram colocadas sobre uma pessoa:
Jesus Cristo na cruz.

Por que Deus puniria a Jesus Cristo, deixando ele tomar toda a punição na cruz, e então voltaria e diria:
"Você tem que ser punido também" ? Isto é uma dupla condenação.
Toda a punição para tudo de errado que você já fez e ainda vai fazer e até a punição para as coisas erradas que seus filhos fizeram e vão fazer, já foi sofrida na cruz.
Esta é a razão porque a Bíblia diz em Romanos 8: 1:
"Agora não há nenhuma condenação [ou punição] para os que estão em Cristo Jesus ."
Deus não pune os seus filhos. Ele os disciplina.
Qual é a diferença entre punição e disciplina?
O propósito da punição é infligir penalidade
 "Eu quero penalizar você pelo que você fez de errado" - a punição olha para trás.
O propósito da disciplina é promover crescimento –
"Eu quero corrigir você, eu quero treinar você, eu quero fazer você melhor."
O foco da punição é no passado.
O foco da disciplina é no futuro.

"Você fez algo errado no passado e será punido por isso."
"Eu quero que você aja da maneira certa no futuro e por isso você será disciplinado."
Eu quero que você aja corretamente no futuro e por isso eu vou disciplinar você.
A atitude de um pai que pune é raiva. Nós punimos com raiva.
"Eu estou irritado com você!"
A  motivação por detrás da disciplina é amor.
"Eu quero que você seja bem-sucedido nesse mundo."
A Bíblia diz que Deus pune o homem mau que o rejeita, mas ele disciplina seus próprios filhos.
Eu não bato nos filhos do meu vizinho! E Deus não bagunça com os filhos do Diabo, mas Ele disciplina Seus próprios filhos.

Algumas vezes recebemos uma palmada! Mas isso é bíblico!
A Bíblia claramente ensina a disciplina física. Deus planejou de uma maneira toda especial os corpinhos de uma criança no sentido de que há uma certa área mais fofinha para que nenhum dano à longo prazo possa ser feito no corpo.
Mas você não disciplina com ódio; você disciplina com amor.
Qual é o resultado?
O resultado da punição é sempre medo, culpa e mais ódio.
O resultado da disciplina é segurança.
Eu me sinto seguro porque sei que há parâmetros e limites em minha vida.
Como é que você pode saber quando você está punindo e como é que você pode saber que está disciplinando? Você vê na reação da criança.
Pergunte a si mesmo:

"Será que a criança está com medo de mim agora?" 1° Jo. 4: 18
 "No amor não há medo; o perfeito amor afasta o medo.
“Portanto, o amor não é perfeito em quem tem medo, porque o medo traz em si o castigo."
É por isso que os cristãos não têm medo de Deus, porque Ele nunca nos pune.
Nós não temos medo de Deus.
Nós o amamos -- Ele nos disciplina, mas para o nosso próprio bem e não para nos pune com raiva.
O que estou dizendo aqui é uma das razões porque muitos filhos de crente crescem em lares cristãos e acabam rejeitando a fé dos seus pais.
Eles não foram disciplinados em amor. Eles foram punidos com raiva.
Como resultado disto, exteriormente eles se conformam com o que os pais exigem e são obedientes, mas por dentro, eles estão cheias de ressentimento e raiva, e ódio, culpa, medo que vai fervendo e que um dia, eventualmente, irá explodir.

Nós disciplinamos nossos filhos da mesma maneira como Deus nos disciplina.
Deus é gracioso quando Ele  disciplina você?
Ele é tão gentil com você! Se você ou eu recebêssemos o que merecemos, nenhum de nós estaria aqui hoje.
Deus nos dá o que precisamos e não o que merecemos.
Como você disciplina? Leia o livro de James Dobson  Ouse Disciplinar.
Três palavras que descrevem a disciplina na Bíblia -- três características. Isto não é tudo o que  há sobre o assunto, mas Deus diz que se você vai disciplinar os seus filhos,
1° Faça isso calmamente. Não para aliviar sua frustração.
Quantas vezes eu tenho batido nos meus filhos não porque eles estavam sendo disciplinados, mas para aliviar a minha própria frustração.

Deus diz: "Não faça isso! Não discipline com raiva. Pv. 29: 11 BLH –
"O tolo mostra toda a sua raiva, mas quem é sensato se cala e a domina."
É tolice disciplinar os seus filhos com raiva. Você vai apenas ferir-se a si mesmo à longo prazo. Ef. 6: 4 BLH –
"Pais não tratem os seus filhos de tal maneira que eles fiquem irritados.
Ao contrário, vocês  devem criá-los com disciplina e de acordo com os ensinamentos cristãos."
 Você gosta de ser aborrecido?
Aborrecer os filhos não funciona.
Seus filhos não gostam de ser aborrecidos mais do que você.
Não faça isso. Não confunda treinamento com aborrecimento.
2. Faça isso rapidamente. Não demore.
Não use esta frase: "Espere até o seu pai chegar!" Há muitas coisas que a criança vai fazer em sua mente racionalizando durante aquele tempo. Faça rapidamente.
Mas a disciplina deve ser compartilhada.
Nenhuma pessoa na família tem que fazer o papel de carrasco o tempo todo.
A disciplina deve ser dividida entre o marido e a esposa.
3. Faça isso esporadicamente.

Não todo o tempo. Você tem melhores resultados se você não faz isso todo o tempo.
Cl. 3.21 - "Pais, não irritem os seus filhos para que eles não fiquem desanimados." Minhas irmãs, se vocês têm crianças pequenas, ao invés de ficar dizendo duas mil vezes:
 "Não mexa aí, não mexa aí, não mexa aí," tudo o que você precisa fazer é tornar a sua casa à prova de crianças por alguns anos.
Tire as coisas que quebram fácil e guarde-as por alguns anos.
Elas não pertencem à casas com crianças pequenas. Você vai evitar muito pesar e não vai ficar correndo atrás delas o tempo todo.
Muitas disciplinas podem ser evitadas se você simplesmente planeja antecipadamente.
Se você tem crianças pequenas e vai fazer uma longa viagem de carro, é tolice não por brinquedos dentro do carro.
Trinta minutos de viagem e eles vão começar a brigar entre si.
Paneje antes, pois aqueles corpinhos têm um tempo de atenção muito limitado.
Não discipline as crianças por serem crianças; você as disciplina por causa de rebelião. Grande diferença.
Se eu quero ser como meu Pai Celestial....

IV° EU PRECISO EXPRESSAR AMOR PARA COM MEUS FILHOS.
A Bíblia é cheia de exemplos do amor de Deus por você e por mim e do amor do Pai por Seus filhos.
Que grande amor o Pai nos outorgou! Três maneiras específicas que você precisa para expressar amor.
Cada um de vocês, se você é um pai, você ama aos seus filhos.
Você expressa o seu amor para os seus filhos de uma maneira que você pensa que é apropriada.
O que você precisa fazer, se você quer ser um grande pai, é expressar amor de uma maneira que eles entendam, que em geral, é diferente da nossa maneira.
É como um marido que diz:
 "Eu amo minha esposa, ponho alimento em casa, me preocupo com ela, satisfaço às suas necessidades."
Mas há algumas outras coisas que precisam ser esclarecidas.
Três maneiras como os filhos compreendem o amor:

1° Através de afeição.
É o toque. Contato físico, abraços, beijos, tapinha nas costas, carinho.
Se você não cresceu numa família como essa, você pode aprender!
A Bíblia diz no Salmo 145: 9
"O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas obras."
Deus é muito afetivo conosco. Estudos têm demonstrado que os pais são afeiçoados fisicamente para com seus filhos apenas 60% do que as mães o são.
Pais, tenham coragem de abraçar e beijar seus filhos. Ame seus filhos.
Mostre afeição pelos seus filhos. Mostre que você se preocupa com eles.
Venha para casa para abraçar e beijar. Um toque pode re-energizar uma pessoa, especialmente quando  ela está nervosa.
Em algum momento hoje, dê um toque de amor em cada membro de sua família.

2. Através de Afirmação. A maneira como falamos. Salmo 145: 14
"O Senhor sustém a todos os que  estão a cair, e levanta a todos os que estão abatidos."
Nós moldamos os nosso filhos através da maneira como falamos com eles todo o tempo.
Você os diminui quando fala com eles?
Ou você fala com eles como pessoas, pessoas pequenas?
A maneira como falamos, afirma, constrói ao invés de destruir -- estamos no mesmo time!
Não ridicularize seus filhos! Edifique-os, encoraje-os.

Uma coisa que eu estou tentando ensinar aos meus filhos é que é OK fracassar se eles pelo menos tentarem.  Eu quero que essa mensagem chegue eles de maneira clara e audível...
Eu quero que os meus filhos arrisquem na vida.
 Eu quero que eles "metam a cara"!
Eu quero que eles tentem coisas novas.
Eu quero que eles sejam pessoas de fé quando eles crescerem.
E para ensinar as pessoas a serem desta maneira, você tem que ensiná-las a não ter medo de fracasso.
É OK fracassar se pelo menos você tentar.
Eu quero que a nossa família seja um lugar onde as crianças possam voltar para casa e dizer:
 "Eu tentei hoje, mas eu fracassei na escola!" e possam ser encorajadas, não diminuídas.
Elas são amadas e refeitas de novo.
Seus tanques de auto-estima são enchidos.

Eu quero criar um ambiente onde seja OK fracassar e eles ainda sejam incentivados a continuar tentando.
Todo mundo elogia você quando você só recebe nota "dez" na escola, quando você se dá bem, quando você ganha o concurso. O que dizer quando você perde?
O que dizer quando eles não alcançarem os seus padrões ou expectativas?
Este é o momento quando eles precisam ser encorajados.

3. Através de Atenção. Esta é provavelmente a maneira número um em que as crianças  sentem que são amadas.
Quando foi a última vez que você sentou com os seus filhos "olho a olho", sem pressa e disse a eles:
"Se eu tivesse que escolher e começar tudo de novo eu ainda escolheria você para ser o meu filho ou minha filha. Se eu tivesse a chance de escolher qualquer criança no mundo, eu ainda assim escolheria você."
Ouça-os com os seus ouvidos.
A Bíblia diz no Salmo 145: 18 –
"Perto está o Senhor de todos os que o invocam..."
Temos tantos pais ausentes em nossos dias. Eles nunca estão por perto.
A Cornwell University fez um estudo e colocou pequenos microfones nas crianças e eles monitoraram estas crianças por algumas semanas.
Eles descobriram que nos Estados Unidos, um pai em média gasta diariamente 37: 7 segundos conversando com seus filhos.

Comparem isto com o fato de que eles estão provavelmente assistindo de 2 a 4 horas de televisão por dia.
De onde é que vêm os valores que eles aprendem?
Onde estão seus filhos aprendendo sobre Deus?
O elo perdido do que está acontecendo em tantas famílias hoje é simplesmente tempo gasto juntos.
Este é o elemento perdido.
Vivemos vidas separadas, indo em milhões de direções diferentes.
Artigo no jornal: "O que foi que aconteceu com a tradicional refeição da família?
Famílias que estão juntas ainda podem jantar juntas."
A refeição tradicional tem sido trocada pela chamada "fast food" ou seja, a comida rápida como os sanduíches. Falamos acerca da hora do jantar.
Qual foi a última vez que você gastou uma hora com sua família sentado à mesa do jantar?
É mais provável o jantar durar uns 15 minutos.
Um outro artigo na seção de família de um jornal de Orange County tem como título:
"Criando uma geração delinqüente." Este artigo fala acerca de "pais que estão tão preocupados com dinheiro, compras e prazeres, que talvez estejam criando uma geração de delinqüentes.
O agressivo sistema de valores "qualquer coisa por dinheiro" que é transmitido às crianças provoca um risco maior de criar crianças delinqüentes do que os filhos de famílias pobres, de mães solteiras que são deixados sozinhos em casa enquanto os pais trabalham. Denominadores comuns:
Nós vemos uma falta de supervisão dos pais não importando a razão e isso acontece independentemente da condição sócio-econômica da família.

É muito mais fácil dar dinheiro e coisas do que dar tempo.
Mas só tempo é que forma o caráter."
Se há uma expressão que me irrita é esta: "Tempo de qualidade".
Isso é um mito. É uma tentativa de cobrir compromissos em demasia.
Se você fosse perguntar aos seus filhos para escolherem entre quantidade e qualidade, eu garanto a você,  eles iriam escolher quantidade.
Isso não quer dizer que eles querem ser o foco de sua atenção todo o tempo -- isso é ruim e fará com que eles sejam neuróticos.
Eles só querem que você esteja por perto.
Gaste tempo com os seus filhos. Quanto tempo? A vida inteira!
Há um outro extremo.

Eu vejo no vale de Saddeback que há pais que não estão gastando tempo com os seus filhos, e mães que estão gastando tempo em demasia com os seus filhos.
Uma preocupação total.
Tudo é focalizado na criança.
A criança é o centro da atenção.
Elas vão de uma classe de ballet para a ginástica e depois para a classe de leitura... um milhão de coisas diferentes.
Ela é o centro da atenção.
Por dentro, isso faz com que a criança seja extremamente insegura.
A criança sabe instintivamente:
"Eu não sou o centro do universo!" Quando tudo gira em torno dela, isso faz com que ela se sinta muito insegura.
Isso diz a elas: "Você é parte desta família, você aqui tem o seu lugar."
 Elas encontram segurança sendo parte de uma unidade maior como o clube, a classe e não o seu próprio lar.

Nesses lugares as coisas se encaixam.
O mundo faz sentido.
Há organização. Você pode dar muita atenção ou nenhuma atenção.
Se eu quero ser como meu Pai Celestial, eu darei atenção, afeição, afirmação e expressarei isto de uma maneira que os filhos compreendam.
V° EU PRECISO SER CONSISTENTE COM MEUS FILHOS.
Sl. 145: 17 BLH - "O Deus eterno é justo em tudo o que faz e bondoso em todos os seus atos."
Circule a palavra "tudo".  A palavra "justo" significa certo.
Ele é correto em tudo o que faz.
Você como pai está ensinando todo o tempo.
Se você tem filhos, saiba que existem antenas captando tudo. Pequenas orelhinhas captando tudo o que você diz.
Goste ou não, você está ensinando 24 horas por dia.
Você nunca terá confidencialidade naquilo que diz em casa.
Nunca. Eles estão observando você e vigiando tudo o que você diz ao telefone, como você lê o jornal e como você responde à sua esposa ou ao seu marido.
Você está ensinando o tempo todo através do seu exemplo. Você precisa ser consistente e autêntico. e cuidadoso.

Você não vêm à igreja no Domingo e canta "Avante Soldados de Cristo" e na Segunda-feira você debanda completamente. Você tem que viver uma vida consistente diante dos seus filhos.
Pv. 20: 7 BLH - "Como são felizes os filhos de um pai honesto e direito!" Como é que você demonstra honestidade? De duas maneiras.
Primeiramente, você não se faz de perfeito. Você admite quando está errado.
Algumas vezes você tem que dizer aos seus filhos:
"Eu sinto muito.
Eu cometi um erro." Orgulho vai à frente da destruição.
Mas antes da honra há humildade.
Você é honesto quando você é honesto acerca dos seus erros porque você não é um pai perfeito, ou uma mãe perfeita. Seja honesto.
E em segundo lugar, guarde as suas promessas. Sl. 145: 13b BLH
 "...o Deus eterno sempre cumpre o que promete; ele é amoroso em tudo o que faz."
Ele é o Pai Perfeito.

A causa número um de amargura em muitas famílias são as promessas quebradas. "Papai, o senhor prometeu que ia me levar pra pescar."
As coisas vêm à tona. "Mamãe, você me prometeu..."
As pequeninas mentes geralmente não são capazes de distinguir o significado da palavra "talvez" Muitas vezes, esta palavra é traduzida como expectativas.
Seja cuidadoso acerca das promessas que você faz aos seus filhos.
Se você não é confiável, o que isso diz aos seus filhos acerca de Deus?
A criança vem a igreja e nós lemos:
"Nosso Pai que está nos céus..."  "Se Deus que está no céu é como meu pai na terra, eu não creio nele.
Meu pai terreno não é confiável.
Por que é que eu deveria acreditar em meu Pai Celestial?"  Talvez você tenha que pedir desculpas aos seus filhos.

"Eu sinto muito. Vamos começar de novo. Eu não sou perfeito. Vamos tentar de novo."
Um verso apropriado para o Dia dos Pais.
O último verso do Antigo Testamento.
Esta é a última coisa que Deus disse no Antigo Testamento antes que Jesus surgisse no cenário do Novo Testamento. Ml. 4: 6
"E Ele converterá o coração dos pais aos filhos e coração dos filhos a seus pais para que eu não venha e fira a terra com maldição."
Esta é a minha definição para um reavivamento espiritual. Isto é o que eu gostaria de ver acontecer no vale de Saddleback.

O coração dos filhos convertendo-se ao coração dos seus pais, o coração dos pais convertendo-se ao coração dos seus filhos.
 Nenhuma igreja é mais forte do que as famílias que existem nela.
Nenhuma nação é mais forte do que as famílias daquela nação.
Oração: Para vocês pais:  Talvez hoje você se sinta frustrado como pai.
"Meus filhos não estão indo na direção que eu gostaria que eles fossem."

Talvez, você se sinta como um fracasso total. Seu Pai Celestial é um pai perdoador.
Ele é um Deus que perdoa. Apenas admita os seus erros diante dEle e receba perdão.
"Oh, Deus eu admito que não tenho sido o pai que eu deveria ser, ou que eu gostaria de ser.
Eu admito e peço ao Senhor que me perdoe." Depois peça a Deus que ajude você a mudar.
Talvez você tenha que planejar um tempo de reconciliação com os seus filhos.
"Eu não tenho feito o que eu deveria fazer, mas eu quero ser um líder espiritual aqui em nosso lar.
Deus me disse para ser.

Ele me manda ser o líder.  A
lguns de vocês tornaram-se pais apenas recentemente e estão muito amedrontados.
Não é tão complicado.
Apenas se lembre disso:
" Tratar os meus filhos da mesma maneira como Deus me trata." Faça isso e você será um grande pai.
Para os filhos: O seu pai não é perfeito. Você sabe disso.
Ele sabe disso. Deus sabe disso.

E nem a sua mãe é perfeita. Mas eles são um presente de Deus para você.
Por alguma razão que escapa ao seu controle, e que ninguém pode controlar,
 Deus escolheu eles para trazer você ao mundo.
Você tem que honrá-los por isto.
É um dos dez mandamentos "Honra a teu pai e a tua mãe".
Há uma promessa com ele.

Talvez você necessite ser perdoado também.
Talvez você tenha que admitir que também não é perfeito ou perfeita e assim você não terá que esperar perfeição dos seus pais.
Talvez você tenha que deixar Deus converter o seu coração aos  seus pais a fim de que o coração dos seus pais sejam convertidos a você.
Para aqueles que ainda não têm aceito a Jesus Cristo:
A Bíblia diz que você foi criado por Deus e que você é Sua criatura, mas você só se torna filho de Deus, parte de Sua família, quando você O recebe em sua vida, fazendo uma decisão de fé onde você diz a Jesus Cristo: "Entra em minha vida e põe em minha vida o Teu Espírito.
Eu quero ser parte de Tua família." Deus ama você.
Hoje nós não falamos de paternidade mas sim de como Deus é.
Deus entende tudo acerca de você e Ele aceita você porque foi Ele quem fez você.
Ele disciplina você porque Ele quer que você seja melhor.
Ele ama você a através da morte de Jesus na cruz Ele tem mostrando afeição, afirmação e atenção por você.

Será que Ele pode ser crido?
Ele pode! A Bíblia diz que Deus é consistente, fiel,  justo em todos os seus caminhos.
Você não será desapontado.
A fim de ser o tipo de pessoa que você deseja ser, você precisa do Seu Espírito em sua vida.
Você quer dizer: "Jesus Cristo, entra em minha vida e faz de mim a pessoa que o Senhor quer que eu seja" ? Faça essa oração agora.

Pai, obrigado por Tua Palavra.
Obrigado porque Tu és o Pai Perfeito para quem podemos olhar como o nosso modelo.
No nome de Jesus, amém.
A ser viço do rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário