sexta-feira, 26 de abril de 2013

quando satanás tira vatagens das finanças



TEXTO BASE 2° CO 2: 11

INTRODUÇÃO

TEMA: Quando Satanás tira vantagens das Finanças

“a fim de que Satanás não se aproveite de nós; Porque não ignoramos seus ardis”. II Coríntios 2: 11

1º - Quando há preocupação exagerada em relação ao dinheiro

Muitas pessoas vivem ansiosamente em busca de ter mais e mais dinheiro é do tipo “quanto ela mais tem, mais ela quer”. 

A influência deste espírito maligno trabalha assim:

“Pessoas ricas temem perder o que tem”.

“Pessoas pobres temem nunca ter o suficiente”.

Esse espírito não restringe às pessoas apenas, mas atuam fortemente em empresas, organizações e infelizmente até nas igrejas.



TRÊS PENSAMENTOS PARA FICAR LIVRES DAS PREOCUPAÇÕES 

1° Tudo o que tenho é um presente de Deus.

2° Tudo o que tenho são cuidado por Deus.

3°Tudo o que tenho está disponível ao Reino de Deus.

“Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós”. I Pe. 5: 7

2º - Quando há falta constante de provisão financeira. 

Ex.: No final do mês, falta dinheiro.

Normalmente este problema ocorre porque a pessoa gasta mais do que ganha. 

Esse tipo de pessoa às vezes gasta 120% dos recursos financeiros disponíveis, e pensam:

“Se eu ganhasse um pouquinho mais tudo seria resolvido”.

Isso é um engano, o problema não é a quantidade de dinheiro, mas a forma que o dinheiro é gasto.

Você já perguntou a si mesmo, porque o dinheiro sempre acaba antes do mês?

3º - Quando há incapacidade de resistir o desejo de comprar.

Certa vez ouvi um pastor contando uma história de uma esposa chegou em casa (na verdade no 7º andar de um apartamento) com um bode e o marido exclamou: 

“Por que você comprou isso? 

A mulher respondeu: “Eu não sei, mas fiz um grande negócio, estava muito barato”.

Você costuma comprar algo que não precisa só porque está muito barato?

Crie o hábito de não comprar aquilo que você não saiu para comprar.

As pessoas compram muitas vezes coisas que não precisam, simplesmente porque estava em liquidação. 

Ao caminhar pelos corredores do Shopping (um dos templos de Mamom), o espírito de Mamom grita por todos os lados.
“Compre-me! Compre-me! Eu estou barato, você nunca terá outra chance. Aproveite!”.

4º - Quando há espírito de avareza 

“Mortificai os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria”. Colossenses 3: 5

Algumas pessoas sabem até ganhar e trabalham duro para possuir uma quantidade razoável de dinheiro. Mas por outro lado não sabem gastar, não sabem utilizar aquilo que conquistaram. 

Isso demonstra um sintoma crônico da influência de Mamom. 

Esse tipo de pessoa tem fortalezas que precisam ser destruídas em nome de Jesus, porquanto esse espírito maligno, a impede até de ser fiel nos dízimos e nas ofertas.

Conheci um senhor que apesar de ter uma boa renda mensal, passava anos com os mesmo sapatos, ou seja, havia um espírito de avareza sobre ele, que o impedia de receber a Graça de Deus.

5º - Descontentamento Constante

“Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. 

Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece”. Filipenses. 4.11,12.


Muitos de nós podemos nos identificar com o Apóstolo Paulo, e saber o que é passar necessidades. 

A chave do versículo 12 é o “como” ele sabia “como” viver com o pouco e com o muito.

As pessoas normalmente com o muito até sabem viver contente e até cantam, após, saber que conquistaram algo mais. O difícil é viver contente com o pouco.

“Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador. 

“Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado”. I Coríntios. 10.10 = 11

O remédio contra a murmuração é um coração grato, quando agradecemos dizemos a Deus que confiamos Nele, independente das circunstâncias.

6º - Quando há servidão as dívidas

“A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos amei uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpre a lei”. Romanos 13: 8


Infelizmente, dívidas não é AL

go restrito aos ímpios que não conhecem a Deus, muitos filhos de Deus, estão deixando de dormir a noite por causa de suas dívidas

De cada 3 brasileiros 2 estão endividados, e com 50% de seus salários pagam dívidas. 

Por detrás da dívida existe um espírito que se une a Mamom que impede o fluir das pessoas na área financeira.

Mas a grande verdade é que as lojas que trabalham com prestação e os bancos que trabalham com taxas elevadíssimas de juros, são os que mais crescem neste país. 

Você precisa saber como está à situação. 

A tendência é deixar “estourar”, nem querer olhar, não se importar, mas é preciso enfrentar. 

Aliás, ignorar as dívidas, por uma questão de lógica, é a pior escolha, pois elas não irão desaparecer e, ao contrário, só irão aumentar.

Que o Senhor te abençoe! 

http://www.igrejabatistaaguaviva.com/sede1/modules/eNoticias/

A serviço do rei  Pr João Nunes Machado


Nenhum comentário:

Postar um comentário