quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

oline para o mundo, offline pra deus

TEXTO BASE 1 JOÃO  5: 18  19

INTRODUÇÃO

TEMA: ONLINE PRA O MUNDO, OFFLINE PRA DEUS

18. Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca.

19. Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.
A expressão on-line quer dizer, em linha, estar disponível, acessível. 

Já o termo off-line significa fora de linha, sem acesso, indisponível. 

Essas são duas linguagem comum à comunicação da internet, principalmente nas redes sociais, nos bate-papos.

 Hoje, a maioria esmagadora dos jovens está vivendo essa realidade tecnológica em suas vidas. 
Falamos também de boa parcela dos jovens cristãos. 

O mesmo jovem que passa horas em frente a uma telinha de computador, encontra-se sentado nos átrios das nossas igrejas ansiosos pelo término dos cultos para ficarem online com o mundo secular.  

Infelizmente, muitos deles estão totalmente desconectados de Deus. 

Seus corações estão ONLINE para mundo, porém, OFFLINE para Deus.

I. OS RISCOS DA INTERNET PRA OS JOVENS CRISTÃOS: 
1. Não preciso falar dos benefícios dessa tecnologia para o mundo em geral. 

Quero apenas tratar de advertir cada leitor, jovem ou não que acessarem essa mensagem. 

2. A exposição e exploração visual da imagem de muitos jovens é uma realidade. 

Fotos com apelos sensuais são postados diariamente por jovens cristãos, principalmente do sexo feminino.

Tornando assim, um alvo fácil para os imorais que estão 24 hs online com esse mundo. 

3. Hoje a internet é a maior rede acesso fácil à prostituição juvenil. 

4. Pesquisas apontam que todos os dias são criados dezenas de sites pornográficos. 

Que com uma simples “teclada” o jovem visita esse mundo de prostituição livre. 

5. Outro fator negativo é que o mundo virtual tornou-se a casa da maledicência, ou seja, fofocas e mentiras. 

Lemos pôsteres de intrigas, diferenças, hostilidades e contendas envolvendo muitos jovens cristãos. 

6. Fazem do face e outros aplicativos uma verdadeira aula de “fofocas cristãos”.   

7. Outro fato incontestável é que promove a desunião familiar. 

Se já algo comum reunir a família em volta da mesma ou num mesmo lazer, agora é que a coisa ficou mais complicada ainda. 

Pai na sala, mãe na cozinha e filhos nos quartos. 

E todos na internet. 

Nas horas das refeições cada um faz a sua de conformidade com o tempo disponível que não está acessando as redes sociais. 

As redes sociais não estão imunes aos ataques de Satanás. 

Ele se atualiza fácil. 

Enquanto que muitos pastores reprovam esse mundo virtual, Satanás vai ganhando terreno na vida dos jovens cristãos.

II. OS JOVENS ESTÃO MAIS ONLINE COM O MUNDO DO QUE COM DEUS: 


É uma constatação pelos fatos. 

Muitos jovens têm abandonado os bancos das igrejas no meio de semana, e até finais de semanas, para ficarem plugados a internet. 

1. A chamada geração Z está dentro dos templos das nossas igrejas. 

Uma geração que já nasceu no cerne dos avanços tecnológicos e científicos. 

Nos cultos já não se usa o tradicional livro da capa preta ou, avanço também, de outras cores. 

Agora são celulares, tabletes e notebook que abrem à Bíblia Virtual. 

2. Nossos jovens, por mais simples na questão de poder aquisitivo, sonham em ganhar ou comprar celulares, tabletes que sejam cada vez mais avançados. 

Por meio dos diversos aplicativos eles estão conectados com o mundo 24 horas. 

A programação da Igreja Cristã tem tentado acompanhar os avanços tecnológicos, timidamente, mas tem. 

Muitas igrejas tem usado a multimídia em suas liturgias dentro dos templos. Wi-fi já estão sendo instalados nas igrejas. 

Cultos são celebrados e vistos simultaneamente pelas redes sociais via internet. 

3. E isso, são mecanismos de inclusão tecnológica e inserção social que cada vez mais ajudam os jovens a olhar para igreja deforma renovada e jovial. 

Os pastores e lideranças precisam se modernizar. 

Ou nós mudamos para ajudar nossos jovens nesse novo desafio que desponta para a Igreja Cristã, fazer os jovens estarem conectados com a vida cristã, ou o mundo virtual, onde os 

valores de Deus e o próprio Deus são negligenciados, se tornará o point cada vez mais atrativo para os jovens cristãos. 

Consequentemente deixando-os online com o pecado, e off-line com a verdade de Jesus.

III. USANDO A INTERNET PARA GLÓRIA DE DEUS.
A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para a minha glória: eu os formei, e também eu os fiz - Isaías 43: 7. 

1. Ninguém usa a internet para glória de Deus, se primeiro não viver para glória de Deus. 

Jovens cristãos têm que influenciar as redes sociais. 

2. Quem é nascido de Deus não vive online com o pecado. 

Pois, sabe quem ele é, quem ele serve e como deve servir. 

3. Se pecamos não é por falta de conhecimento da Palavra de Deus, mas por não conhecer o poder maligno da natureza carnal. 

Não é pecado o jovem acessar a internet, facebook ou qualquer outro site, mas como, quando e o que acessamos é onde encontrar-se o perigo -  Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. 

Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma - 1 Coríntios 6: 12.  

4. Muitos jovens já faz da internet sua primeira casa. Ficam online até altas madrugadas nos bate-papos e muitas vezes em sites nada cristãos. 

Por isso afirmo que - colocar o tempero da santidade em sua vida virtual é um dos segredos para que você possa viver no centro da vontade de Deus

Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti - Salmos 119:11. 
A palavra de Deus é fonte de santidade. 

Jovens, vamos influenciar as redes sócias com a Palavra de Deus.

CONCLUSÃO
Quero concluir dizendo que não temos que temer os novos desafios impostos a Igreja Cristã, nem fugir deles ou tampouco amedrontar nossos jovens dizendo que os avanços tecnológicos são armadilha de Satanás eles.  

Ensinemos aos nossos jovens que estamos aqui de passagem. 
Eles têm que vencer o mal, que encontra-se em todos os lugares, não só na internet, pois o mundo inteiro jaz no maligno.

Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. 

Não são do mundo, como eu do mundo não sou. Santifica-os na tua verdade; para a tua palavra é a verdade - João 17: 14-17. 

Portanto, viver em conformidade com os padrões de fé, moral e amor a Deus será sempre um desafio independente do tempo, cultura ou de avanços tecnológicos. 

Somos instigados a ler mais a Bíblia, orar mais tempo, ter mais comunhão como igreja do Senhor... O que cada um de nós precisa compreender é que vale a pena VIVER ONLINE COM DEUS e OFFLINE PRA O PECADO.

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário