sexta-feira, 24 de julho de 2015

sinais de um obreiro chamado por deus

TEXTO BASE GN 24: 2

INTRODUÇÃO

TEMA: SINAIS DE UM OBREIRO CHAMADO POR DEUS


“E disse Abraão ao seu servo, o mais velho da casa, que tinha o governo sobre tudo o que possuía: Põe agora a tua mão debaixo da minha coxa”

AS LIÇÕES DE MINISTÉRIO DO MORDOMO ELIEZER

I. Tinha procedência - 2. Tinha um nome: Eliezer e tinha origem: 
Damasco Igrejas muitas vezes tem sofrido com obreiros cuja procedência é duvidosa
Paulo considerava isto - Rm  16: 1,2
João, de igual modo - disse que a Igreja dava boa recomendação do Presbítero Gaio - III Jo 4-6 e também de Demétrio - III Jo 12

II. Foi enviado (Não se auto enviou) - Gn 24: 4
Eliezer não foi por conta própria
É maravilhoso ser enviado por Deus - Jo 1: 6 (João Batista)

III. Era um homem submisso - Gn 24: 10,54
Submisso significa: Debaixo de uma missão
Um obreiro submisso é uma benção (Alfabeto do cristão-OBDC)
Estar debaixo de autoridade é proteção

IV. Sabia para onde devia ir - Gn 24: 10
Um obreiro dirigido pelo Senhor não fracassa - Ele tem o Espírito de Deus - At 16: 6,7

V. Era homem de Oração - Gn 24: 12-14
Eliezer orava para que Deus prosperasse sua missão
Nenhum homem é tão grande, quando está de joelhos
 Para muitos, o púlpito é uma vitrine…Mas no aposento de Oração, é que se conhece o homem de Deus

VI. Era calmo e prudente no agir - Gn 24: 21
Não precipitou-se…Mas, aguardou...
Quanto prejuízo para a Obra de Deus, por causa de líderes precipitados
Gn 33: 12-14  (O exemplo de Jacó - queria ir no passo do gado)

VII. Enriqueceu a noiva do filho de seu senhor - Gn 24:  22,53



1. Por duas vezes ele deu presentes a Rebeca

2. O obreiro não foi chamado para empobrecer a Igreja, mas enriquecê-la

3. Há obreiros como a palmeira - (Vitalidade no deserto)

4. Há obreiros como o cedro do líbano - (Força e vigor)

5. Há obreiros como a Oliveira - (São cheios de unção)

6. Há obreiros como a videira - (Dão frutos p/ Deus)

7. Mas, há obreiro feito “Eucalipto”, mata todas as plantas ao redor e seca todo solo

O propósito do Ministério é o papel de Eliezer: Enriquecer a Igreja


VIII. Era um crente adorador - Gn 24: 26,27 / Jo 4: 23-24
 Uma das bençãos da Adoração - É Revelação: O ex. De Jacó - Gn 48: 11-20
 Gn 24: 26, 27 - Eliezer adorou primeiro e como resultado recebeu revelação


IX. Dava prioridade as coisas do seu senhor - Gn 24: 33
Fosse outro, comeria e beberia….e depois, quem sabe cumpro a missão
Eliezer, dava prioridade ao seu senhor que o enviara
Nós, obreiros devemos priorizar a coisas do Senhor - (Sl 16. 2))

X. Falava de seu senhor, mas não falava de sí mesmo (nem de seu nome falou) -  Gn 24: 34 -36
Em nenhum instante falou dele….E, quantos se ufanam no ministério, e dizem: Eu sou isto e aquilo (Jo 3. 30)

XI. Inspirava confiança nas pessoas - Gn 24: 50, 51
É triste, um obreiro que ninguém confia

XI. Levou a noiva até o seu senhor - Gn 24: 61-67
Que cada um de nós, saiba, que estamos conduzindo a noiva de Cristo ao Céu
Daremos conta da Igreja ao Senhor - Portanto, não desanimemose sejamos fiéis até o fim - 1 Co 15: 58

CONCLUSÃO

A Igreja de Cristo Jesus é comparada a uma noiva que espera ser desposada no dia e hora certos.

I. INDENTIFICAÇÕES DA IGREJA COM A NOIVA HUMANA, TERREAL:

1. A noiva tem um compromisso sério. A Igreja também.

2. A noiva anela por seu noivo. A Igreja igualmente.

3. A noiva vive um clima de ansiedade. Assim a Igreja vive.

4. A noiva se prepara devidamente. A Igreja se adorna.

5. A noiva diz a todos sobre seu dia principal. A Igreja prega.

II. CONTRASTES DA IGREJA COM A NOIVA HUMANA, TERREAL:

1. A noiva-Igreja não poderá levar todos os convidados.

2. A noiva-Igreja não retornará a visitar seus familiares.

3. A noiva-Igreja precisa estar em estado de virgindade.

4. A noiva-Igreja jamais se divorciará de seu noivo-esposo.

5. A noiva-Igreja nunca se arrependerá do casamento.

Paulo escreveu: “Estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo”. II Co 11. 2.

A Igreja diz “Volta amado meu!” Ct 2. 17; A esposa diz: Vem. Ap 22. 17.

A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário