sexta-feira, 2 de outubro de 2015

BUSCANDO SALVAR A FAMÍLIA?

TEXTO BASE JS 24: 15

INTRODUÇÃO

TEMA: BUSCANDO SALVAR A FAMÍLIA?

“Se, porém, não agrada a vocês servir ao Senhor, esco­lham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas eu e a minha família servi­remos ao Senhor".Josué 24: 15

Faz parte do instinto natural do ser humano, o lutar para defender a sua família. 

Trabalhamos tanto, vivemos uma verdadeira correria para poder conseguir o que precisamos para dar o melhor para nossa família. 
Estamos constantemente atrás de coisas que irão garantir a sobrevivência e a qualidade na nossa família. Sabemos que a família é um projeto de Deus. 

Ele está interessado que as nossas famílias tenham mais do que aquilo que buscamos para a sua simples sobrevivência, o desejo Dele é que nossa família seja toda salva e assim garanta a vida eterna. 

Não é propósito de Deus que a sua família morra, e para isso Ele sempre nos dá uma nova chance. 

O texto que lemos nos mostra que todo o ser humano estava perdido, Deus estava muito triste por isso. 
Mas Deus viu que Noé era um homem diferente, e decidiu salvá-lo. 

E através de Noé, também toda a sua família pôde receber a salvação. 

Talvez hoje você esteja lutando sozinho na sua casa, mas saiba que através de você, Deus pode salvá-la também. Se esse é o seu desejo, vejamos algumas posturas de Noé. 

“Então sairá do teu serviço, e com ele seus filhos, e tornará à sua família, à possessao de seus pais”. Levítico 25: 41

Para salvar a sua família você precisa:



I. Ouvir a Deus.

Deus falou com Noé, e disse para que ele construísse uma arca, ou seja, um lugar para salvação da sua casa. 

Deus deu para Noé todas as coordenadas necessárias. 
Deus também tem feito isso com você. 

Através da célula, tem passado as orientações necessárias para nossa salvação de da nossa família. 

Então, se você deseja isso, ouça a Deus, Ele sabe o que faz.
“Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo”. Efésios 4: 32

II. Obedecer com fé.

Noé fez tudo conforme Deus havia ordenado. Mas ele precisou de fé. 

Deus havia falado sobre uma chuva tão forte que inundaria toda a terra, e até esse momento, nunca havia chovido, somente um orvalho regava a terra durante a noite. 

Pode ser que hoje você não veja a possibilidade de sua família ser salva, mas obedeça mesmo assim. 

Muitas vezes, além de obedecer, vamos precisar de fé para que possamos alcançar a salvação da nossa família.

“Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vida vã; porque este é o teu quinhão nesta vida, e do teu trabalho, que tu fazes debaixo do sol”. Eclesiastes 9: 9


III. Testemunhar com minha vida.

O único que ouviu Deus foi Noé. E ele iniciou o projeto da arca aos olhos de todos. 

As pessoas viam a sua construção, ouviam Noé dizendo sobre o dilúvio e zombavam dele. 

Mas através disso ele estava testemunhando para todos e principalmente os da sua casa, que ele havia ouvido Deus, que confiava Nele e O obedecia. 

Na sua casa, as pessoas podem dizer que você realmente ouve e obedece a Deus? 

Eles somente irão ser salvos se você puder também testemunhar com a sua vida. 

Tenha uma vida condizente com o que Deus diz.

“Deus os abençoou e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se! 

Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra".Gênesis 1: 28

Conclusão

O projeto de Deus é salvar você e toda a sua família. 

Você deseja isso também? Está disposto a lutar? 

Propõe-se a ouvir a Deus, obedecer com fé e testemunhar com a sua vida? Levante a mão, vamos orar.

Versículo-chave:  “Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Rm 12.18)

Um Forte Abraço!! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário