sábado, 6 de fevereiro de 2016

CURSO “QUEM FOI JESUS?” { PARTE = I }

TEXTO BASE MT 1: 1 = 16

INTRODUÇÃO

TEMA: CURSO “QUEM FOI JESUS?” { PARTE = I }




Lição 1: “Jesus – 100% homem”

Ele era homem; 100% humano.
Leia os relatos de seus próprios discípulos e confirme esta verdade:



I° Sua vida natural mostra sua condição humana


1° Ele está nas listas das genealogias humanas – Mat 1.1-16; Luc 3.23-38.


2° Seu nascimento foi normal e humano – Mateus 1.25; Luc 2.7; Gál 4.4.


3° Seu crescimento e desenvolvimento foram aparentemente normais Lu 2.40-52; Heb 5.8.


4° Ele esteve sujeito às limitações físicas normais de um ser humano:
Cansaço – João 4.6


Fome – Mateus 21.18


Sede – Mateus 11.19


5°Sofreu intensa agonia de alma e corpo antes da morte física Mc 14.33-36; Lc 22.63; Lc 23: 33.


6° Experimentou todas as categorias de emoções humanas:


1° Alegria – Lucas 10.21


2ª Tristeza – Mateus 26.37


3° Amor – João 11.5


4° Compaixão – Mateus 9.36


5° Surpresa – Lucas 7.9


6° Ira – Marcos 3.5


7° Padeceu e morreu nas mãos dos homens – Lucas 24.44; João 19.33.



II° Sua vida religiosa mostra sua condição humana



1° Jesus Cristo participou da adoração pública – Lucas 4.16.


2° Estudou, meditou e explicou as Escrituras – Mateus 4.4ss; 


Mateus 19.4; Lucas 2.46; Lucas 24.47.

3° Orava publicamente – Lucas 3.21.


4ª Orava individualmente (às vezes, a noite toda) – Lucas 6.12.


5° Foi submisso a Deus e era totalmente dependente dele – João 6.38; João 12.49.


III° Seu conhecimento limitado mostra sua condição humana


Embora Cristo fosse incomparavelmente superior aos homens no seu conhecimento (João 1.47; João 4.29; 


Lucas 6.8; Lucas 9: 47) e compreendesse a Escritura do Antigo Testamento de maneira singular (Mateus 22.29;

Mateus 26.54-56; Lucas 4.21ss; Lucas 24.27; Lucas 24.44ss),

contudo, o conhecimento de Cristo mostrava-se de alguma forma limitado (Marcos 5: 30ss; Marcos 6.38; Marcos 9.21; Lucas 2.46; Marcos 13.32).

4° Suas tentações mostram sua condição humana


Em Hebreus 4.15 está escrito que Cristo foi tentado como nós em todas as coisas, mas nunca pecou.

Neste ponto podem surgir duas objeções:


1° As tentações de Cristo não foram reais, porque ele não tinha natureza pecaminosa como nós. 


A resposta a esta objeção é que os puros também sofrem tentações, assim como Adão e os anjos.

2° Cristo não podia pecar, dada a sua natureza sem pecado.
Respondemos que é preciso considerar a intensidade das tentações.

Em nosso caso, Deus filtra as tentações antes que elas cheguem até nós (I Coríntios 10:13). 


Qual seria a medida da intensidade da tentação que Deus permitiu a Jesus? (Mt 4.4ss; Lc 22: 44).

O fato de ele ser tentado como nós revela que Cristo tinha a nossa natureza.

É preciso ressaltar que Jesus Cristo, embora humano, estava livre da depravação moral provocada pela queda (Hebreus 4.15; Hebreus 7: 26; II Coríntios 5: 21) e de qualquer transgressão pessoal. 


Ele foi um ser humano sui generis, quer dizer, único no gênero.

No entanto, segundo a Bíblia, não pode haver dúvida de que Cristo era de natureza humana, como nós, mas, com a diferença que ele não tinha a natureza corrupta que nós temos, nem praticou qualquer pecado em toda a sua vida.

Perguntas: (responda aqui mesmo e envie-nos o arquivo anexado)


1° Você entendeu por quê afirmamos que Jesus Cristo era 100% humano?
Resposta:

2° Você tem alguma dúvida ou objeção a este ensino?
Resposta:

3° O quê este ensino pode significar para a raça humana?
Resposta:

4° O quê este ensino significa para você?
Resposta:

A serviço do Rei Pr. João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário