domingo, 26 de junho de 2016

O FOFOQUEIRO!

TEXTO BASE PV 12: 18

INTRODUÇÃO 

TEMA: O FOFOQUEIRO!

“Há alguns cujas palavras são como pontas de espada”Pv 12: 18
O fofoqueiro é um tecelão juramentado in delivery à procura de meias verdades ou mentiras escancaradas que possa sair anunciando por aí pra derrubar alguém. 

Fofoqueiro que se preze mesmo não gosta de ver nenhuma vítima de pé, fazendo sucesso.

O fofoqueiro é invejoso, mas tem outros antipredicados bem mais inexpressivos no currículo. 

Para cumprir a meta diária de fofoca, ele é capaz de fazer o sacrifício de parecer bonzinho. 

E há quem acredite e se dispõe a fazer um pacto de paz, até a decepção dar-lhe uma rasteira.

O fofoqueiro não tem pressa: fofoca hoje, fofoca amanhã, ele sabe que o importante é não perder a oportunidade. 

Assim sequestra a vítima com as redes da dúvida e a faz refém do disse me disse.

O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias (Pv 21: 23).


O fofoqueiro tem duas grandes vantagens a seu favor: a vítima não tem defesa porque ele se esconde e rói as cordas pelas costas, na penumbra. 

O fofoqueiro finge-se simpático, por isso é bem aceito por um bom tempo.

O fofoqueiro se faz de vítima, de ingênuo, vive travestido de coitado e consegue enganar porque é persistente: Água mole em pedra dura...

O fofoqueiro vive de plantão à procura das brechas e ninguém, como ele, sabe aproveitar as oportunidades para desestabilizar a vítima; é mascarado, logo, pode passar despercebido por algum tempo no meio das pessoas corretas.

Levítico 19: 16 “ Não ande espalhando mentiras no meio do povo, nem faça uma acusação falsa que possa causar a morte de alguém. Eu sou o SENHOR”



O fofoqueiro não suporta as palavras união, paz, harmonia. 
Se pudesse riscaria do dicionário dos outros, porque no dele não existem. 

Ele não tem luz própria e usa óculos escuros para se proteger do brilho dos outros...

Toda família tem o fofoqueiro que merece. 

É nela que ele engorda e tem prestígio; alguns são promovidos a conselheiros; outros recebem o troféu da confiabilidade: 

conseguem enganar até que a verdade e a justiça cheguem de mãos dadas e acabem com a farra.

“Há alguns cujas palavras são como pontas de espada”Pv 12: 18


CONCLUSÃO

Cuidado com a língua!

Tiago 4.11,12

Para a língua há uma solução. Guardá-la na boca. 
Cada um cuide de sua vida.

Deus deu a cada um dois ouvidos e uma só boca para que “seja pronto para ouvir, tardio para falar” (Tiago 1.19).

Além disso devemos orar pedindo “SENHOR, livra-me dos lábios mentirosos, da língua enganadora” (Salmos 12. 2) e “põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios” (Salmos 141. 3).

Se você fosse medir sua língua a qual destas medidas chegaria?

1ª medida – Tropeço: está tropeçando em suas palavras?

2ª medida - Freio: precisa se controlar mais?

3ª medida – Leme: falta guiar melhor o que diz?

4ª medida – Fogo: está acendendo incêndios?

5ª medida – Indomável: não tem mais limites?

6ª medida – Fonte: tem jorrado vida ou morte?

7ª medida – Fruto: tem colhido bênçãos ou confusão?

Consagre seus lábios para ser usado pelo Senhor! 

A Bíblia nos diz que "o homem perverso instiga a contenda, e o intrigante separa os maiores amigos" (Pv 16: 28).

Autora: Ivone 
Boechathttp://www.escrita.com.br/escrita/leitura.asp?Texto_ID=31538&offset=-1

Uma oração: 


“Pai, que minhas palavras atraiam pessoas para Ti; ajuda-me a ser mais sensível às necessidades daqueles ao meu redor; mostra-me como usar a minha língua para encorajar, nunca para desanimar. 

Pai, ajuda-me a achar força em Ti quando sou atingido por palavras afiadas. 

Pai, a minha voz agora toma para o teu louvor cantar; toma os lábios meus fazendo-os a mensagem proclamar. Amém.”

Um Forte Abraço!! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, Pr João Nunes Machado

3 comentários:

  1. O fofoqueiro

    Ivone Boechat (autora)

    O fofoqueiro é um tecelão juramentado in delivery à procura de meias verdades ou mentiras escancaradas que possa sair anunciando por aí pra derrubar alguém. Fofoqueiro que se preze mesmo não gosta de ver nenhuma vítima de pé, fazendo sucesso.
    O fofoqueiro é invejoso, mas tem outros antipredicados bem mais inexpressivos no currículo. Para cumprir a meta diária de fofoca, ele é capaz de fazer o sacrifício de parecer bonzinho. E há quem acredite e se dispõe a fazer um pacto de paz, até a decepção dar-lhe uma rasteira.
    O fofoqueiro não tem pressa: fofoca hoje, fofoca amanhã, ele sabe que o importante é não perder a oportunidade. Assim sequestra a vítima com as redes da dúvida e a faz refém do disse me disse.
    O fofoqueiro tem duas grandes vantagens a seu favor: a vítima não tem defesa, porque ele se esconde e rói as cordas pelas costas, na penumbra. O fofoqueiro finge-se simpático, por isso é bem aceito por um bom tempo.
    O fofoqueiro se faz de vítima, de ingênuo, vive travestido de coitado e consegue enganar porque é persistente: Água mole em pedra dura...
    O fofoqueiro vive de plantão à procura das brechas e ninguém, como ele, sabe aproveitar as oportunidades para desestabilizar a vítima; é mascarado, logo, pode passar despercebido por algum tempo no meio das pessoas corretas.
    O fofoqueiro não suporta as palavras união, paz, harmonia. Se pudesse riscaria do dicionário dos outros, porque no dele não existem. Ele não tem luz própria e usa óculos escuros da maldade para se proteger do brilho dos outros...
    Toda família tem o fofoqueiro que merece. É nela que ele engorda e tem prestígio; alguns são promovidos a conselheiros; outros recebem o troféu da confiabilidade: conseguem enganar até que a verdade e a justiça cheguem de mãos dadas e acabem com a farra.
    “Sem lenha a fogueira se apaga; sem o caluniador morre a contenda.” Provérbios 26:20

    ResponderExcluir
  2. O fofoqueiro

    Ivone Boechat (autora)

    O fofoqueiro é um tecelão juramentado in delivery à procura de meias verdades ou mentiras escancaradas que possa sair anunciando por aí pra derrubar alguém. Fofoqueiro que se preze mesmo não gosta de ver nenhuma vítima de pé, fazendo sucesso.
    O fofoqueiro é invejoso, mas tem outros antipredicados bem mais inexpressivos no currículo. Para cumprir a meta diária de fofoca, ele é capaz de fazer o sacrifício de parecer bonzinho. E há quem acredite e se dispõe a fazer um pacto de paz, até a decepção dar-lhe uma rasteira.
    O fofoqueiro não tem pressa: fofoca hoje, fofoca amanhã, ele sabe que o importante é não perder a oportunidade. Assim sequestra a vítima com as redes da dúvida e a faz refém do disse me disse.
    O fofoqueiro tem duas grandes vantagens a seu favor: a vítima não tem defesa, porque ele se esconde e rói as cordas pelas costas, na penumbra. O fofoqueiro finge-se simpático, por isso é bem aceito por um bom tempo.
    O fofoqueiro se faz de vítima, de ingênuo, vive travestido de coitado e consegue enganar porque é persistente: Água mole em pedra dura...
    O fofoqueiro vive de plantão à procura das brechas e ninguém, como ele, sabe aproveitar as oportunidades para desestabilizar a vítima; é mascarado, logo, pode passar despercebido por algum tempo no meio das pessoas corretas.
    O fofoqueiro não suporta as palavras união, paz, harmonia. Se pudesse riscaria do dicionário dos outros, porque no dele não existem. Ele não tem luz própria e usa óculos escuros da maldade para se proteger do brilho dos outros...
    Toda família tem o fofoqueiro que merece. É nela que ele engorda e tem prestígio; alguns são promovidos a conselheiros; outros recebem o troféu da confiabilidade: conseguem enganar até que a verdade e a justiça cheguem de mãos dadas e acabem com a farra.
    “Sem lenha a fogueira se apaga; sem o caluniador morre a contenda.” Provérbios 26:20

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOA NOITE!

      MUITO IMPORTANTE SEU MATERIAL E PROFUNDO, PECO PERMICAO PARA FASZER POSTAGEM!

      Excluir