segunda-feira, 3 de julho de 2017

DISCÍPULO FAZENDO DISCÍPULOS - LICÃO - VI

TEXTO BASE MT 3: 13 - 17

INTRODUÇÃO 

TEMA: LIÇÃO VI - CONHEÇA O BATISMO EM ÁGUAS

13. Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele.

14. Mas João o impedia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?

15. Jesus, porém, lhe respondeu: Consente agora; porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele consentiu.

16. Batizado que foi Jesus, saiu logo da água; e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito Santo de Deus descendo como uma pomba e vindo sobre ele;

17 e eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

AT 22: 16 - “Agora por que te demoras? Levanta-te, batiza-te e lava os teus pecados, invocando o seu nome.,” 

Você que já entregou a sua vida a Jesus, precisa tomar uma decisão. 

Refiro-me à importantíssima decisão do BATISMO em águas, que é a “Porta de entrada” para a igreja.


I. BATISMO, UMA NECESSIDADE ESPIRITUAL 




Observemos alguns exemplos bíblicos acerca do batismo em águas:

 “João Batista apareceu batizando” e “todos eram por ele batizados no Rio Jordão” ( Marcos 1.4, 5).

1. Jesus foi batizado por João Batista – Seu batismo ocorreu em cumprimento à justiça divina: 

“E aconteceu naqueles dias que veio Jesus de Nazaré da Galiléia, e foi batizado por João no Jordão” (Marcos 1. 9).

 Na inauguração da Igreja, no dia de Pentecoste, após ouvirem o grandioso sermão pelo apóstolo Pedro: Atos 2. 41 De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas.

2. A exigência do batismo é confirmada na Bíblia:

Além desses textos bíblicos citado acima, há muitos outros que mostram a necessidade do batismo nas águas. 

Às vezes, é impossível a realização do batismo em águas, por causa das circunstancias que envolvem a pessoa. Veja o exemplo: 

O ladrão na cruz (Lucas 23. 42-43)

Convertido a Jesus, não foi batizado. Nem poderia sê-lo por causa da sua situação, entretanto ele creu. E foi salvo.

3. O Crente convicto deseja batizar-se – Em condições normais, é muito difícil um crente, genuinamente convertido, não pedir o batismo. 
A menos que não compreenda o BATISMO BÍBLICO e, por isso, vamos explicá-lo.


II. ANTECENDENTES DO BATISMO

Em Atos 8. 26-38 - encontramos alguns itens importantes que antecederam o batismo daquele eunuco. 

Quais são estes “antecedentes” Para batizar alguém?

1. Acompanhemos o texto bíblico de Atos 8. 26-38 

Há sempre a atuação divina em orientar a oportunidade da conversão de alguém (versos 26. 29, 39). 

Tem que haver interesse por parte do convertido. 

Donde vinha o eunuco? O que fazia ele ao viajar? (versos 27, 28).

Tem que haver estudo da Bíblia antes de ser batizado (verso 28). 

Tem que haver entendimento e aprendizado da Palavra de Deus antes de ser batizado (verso 30).

2. O novo convertido deve ser discipulado por alguém experiente
Tem que haver alguém interessado em discipular o convertido, explicando-lhe a Bíblia (verso 31, 35).

Tem que haver espontaneidade do candidato, para ele mesmo pedir o Batismo (verso 36).

3. O novo convertido tem que tornar pública sua fé em Cristo 
Tem que haver confissão de fé decidida em Jesus (verso 37). 


Tem que haver gesto de obediência (verso 38). 
Geralmente, esses “Antecedentes” acompanham todo o batismo.


EXIGÊNCIA PARA ALGUEM SER BATIZADO:

João Batista recebia o povo que vinha para ser batizado. 

Ao pregar o arrependimento, vinha em seguida à confissão dos pecados, uma exigência divina: 

“E saíam a ter com ele toda a terra da Judéia, e todos os moradores de Jerusalém; e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados”. (Marcos 1. 5). 

Conforme Atos 18. 8; Crispo e sua família ao crer no Senhor Jesus Cristo foram batizados, muitos dos coríntios ao ouvirem da conversão de Crispo também creram e foram batizados.

1. Os frutos do arrependimento – Ao analisar as exigências de Mateus 3. 8, 

Dada por João Batista aos que vinham ao Batismo, encontramos o seguinte mandamento: “Produzir”. 

O Candidato ao Batismo tem que estar consciente do que está fazendo, pois a partir de agora ele precisa produzir na obra de Deus. 


O batismo consciente produz no crente um desejo pela Obra de Deus, e leva-o a uma vida de testemunho.


2. Produzindo esses frutos – A mudança de vida é obra do Espírito Santo em nós, que passa a produzir 

“frutos do Espírito” (Gálatas 5. 22) Em nosso coração. 

“Portanto, pelos seus frutos os conhecereis” (Mateus 7.20). 

Arrependimento é a versão ao pecado e mudança de vida; e essa mudança tem que ocorrer antes do batismo: “... Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” (Tiago 4. 4b). 

O candidato ao Batismo deve estar disposto a viver uma vida “digna” de cristão: 

“Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados” (Efésios 4.1).

3. Crer em Jesus é a exigência principal para o batismo 

Quando em Atos 8.36, o eunuco perguntou: 

“Eis aqui água; que impede que eu seja batizado?”, “Filipe respondeu: É lícito, se crês de todo o coração”! 

Observemos que crer em Jesus é a exigência principal. 

Por isso a Bíblia não autoriza batizar crianças, pois ainda não podem crer. 

“Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa”.(Atos 16. 31). 

Mas é crer de coração ( Marcos 7.6). 

Pois Deus não aceita coração dividido: 

“Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração”. (Jeremias 29.13)


IV A FORMA DO BATISMO

Qualquer bom dicionário da língua portuguesa vai dizer que, Batismo significa imersão, imergir, mergulho.

O que for diferente disso, não é batismo. Mesmo que leve o nome “batismo”, não é batismo, se não houver imersão, mergulho total na água.

Exemplos Bíblicos - Em Marcos 1. 5 “e eram por ele batizado no rio Jordão, confessando os seus pecados.” 

Em marcos 1. 9: “... Jesus de Nazaré da Galiléia, foi batizado por João no Jordão.”. 

Que “significa “no”? Significa dizer “dentro “ do rio Jordão, João Batista batizava dentro do ” rio Jordão. 

Para que isso, se não fosse mergulho? Em Marcos 1.10: 

“E logo, quando saía da água...”. 

Em Atos 8. 39: “E quando saíram da água...” 

Ninguém sai da água se não tiver entrado dentro da água”. 
Isto é imersão. Em João 3. 23: 

"João batizava também em Enom, junto a Salim, porque havia ali muitas águas”. 

Não fosse mergulho, bastaria uma bacia apenas para batizar. 

Em Romanos 6. 4: “De sorte que fomos sepultados em Cristo através do Batismo...” Em Colossenses 2.12 : “ Sepultados com Ele no Batismo...” 

Não há sepultamento jogando um pouquinho de terra no defunto. 
Sepulta-se em baixo da terra, bem coberto mesmo.

2. Na inauguração da Igreja – (Em Atos 2.14-36) 

Houve um poderoso sermão, e foram batizados aproximadamente 3000 novos crentes: 

“De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas”. (Atos 2. 41).


CONCLUSÃO

Você já faz parte da Igreja de Jesus cristo.

Quando éramos pecadores sem Deus, vivíamos “perdidos”, mas agora que aceitamos Jesus, o que nos impede de entrar para a família de Deus? “Do qual toda a família nos céus e na terra toma nome” (Efésios 3.15)


ORAÇÃO DE ENTREGA

Senhor eu rogo, que me perdoe, e entre em meu coração, e seja Senhor da minha  vida.  

Eu entrego minha vida a Ti, e suplico que faça da minha vida morada do Espírito Santo, agradeço por me amar  dessa  forma  incomparável,  decido  conhecê-lo  mais  aqui  na  Terra,  e  viver  a  eternidade  com  o Senhor meu Deus. 

E nome de Jesus, Amém.

Um Forte Abraço! Nos laços do Calvário que nos une......A serviço do Rei, PR João Nunes Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário